É curioso o desplante e desfaçatez com que a classe politica trata os assuntos de estado. Demonstrando um total desrespeito pelos eleitores que os elegeram para servirem o país

.posts recentes

. Uma desparasitação delici...

. Oh Pedrinho, é feio andar...

. É curioso a frase.

. Para que serve um Ministr...

. Qual é imagem de marca de...

. Mário Viegas Manifesto An...

. O pior presidente de semp...

. Vale a pena ir votar?

. Um presidente um governo.

. O fulano Decidiu que não ...

. Porque se fazem eleições ...

. Porque incomoda a tanta g...

. Pergunta do dia

. Anda por ai uma direita d...

. Olha como está irritada

. Andam todos por ai assust...

. Afinal o ps não aprendeu ...

. Que democracia é esta

. Diz o povo na sua sabedor...

. Existe gente com uma pret...

. “Ajudemos o presidente a ...

. O governo não sabia da li...

. Tiques de ditador.

. Porque razão apresentou a...

. O homem ainda não morreu ...

. Ulrich: "Troika mandou-me...

. Tanto ruido.

. 'Swissleaks' e a xariá

. O EMIGRANTE

. Quando se entra em campan...

. O alarve

. É um conto de crianças.

. Quando os valores morais ...

. Os nossos amigos de turba...

. 10 minutos da vida dum tr...

. Uma ideia, um terrorismo....

. O Mário e gafes

. Mais uma aventura que vai...

. O ambiente cheira mal

. Quando a saúde não tem me...

. Ilhas selvagens portugues...

. Estou farto dos que dizem...

. Quantos pobres recebem “9...

. Grande golpe publicitário...

. Muito se tem falado e esc...

. Visita Guiada ao Museu Mi...

. Como lida a polícia no br...

. A TAP, e os palermas

. BEM-HAJA, Senhor Almirant...

. São noticias deste calibr...

.tags

. “É para inglês ver”; insustentável; list

. “falta de carácter”

. “OBVIAMENTE

. "a voz do dono"

. "Não tenho andado por aqui"

. "o baqueiro do regime"

. "O insólito acontece "

. "reduzir salários"

. 10.8%;erro;grave;desemprego

. 14%; desemprego

. 150 bombeiros

. 150.000 entalhes.

. 25 abril

. 27º

. 4 Milhões

. «por que no te callas»

. a aldeia dos trafulhas.

. a arte de bem mentir.

. a culpa morre solteira

. a força

. a gamar é que esta o ganho

. A ministra? E os exames…

. a primeira baixa colateral

. a velha

. abertura

. acabou

. acepipe

. agentes políticos

. agressões

. aguenta

. ai

. ajuda

. al-zarqawi

. alcachofra

. alcatrão

. alemao

. alguem diferente

. alimentar

. almeida ao poder.

. amnistia

. amo-te

. ana politkovskaia

. anjos caídos

. aprender

. armadilha mortal

. arquivamento

. arredondamento; banco; roubo; arrogante

. Arriba Fóssil

. asneira; nuclear; falências; electricida

. asno

. asnos; governam

. assalto; banco

. assaltos

. assaltos violentos

. assistência

. avô cantigas

. azar; vai-te satanás

. balbúrdia

. baldas

. bancarrota; guerra-civíl

. bancos; depositos

. bancos; lucros

. bandeira

. bando de bestas

. banha da cobra

. bárbaros; império; reformas

. bes

. besta; muro

. bestas

. bestiais

. bicha popular

. bilderberg; foleiro

. bisonte;

. bloco central

. BMW; sumptuárias; encantar; défice

. bobo

. brasil

. briosa de luto

. bronco; sporting

. Buracos negros; pensões douradas; vidas

. burlesco; revolta; fora-da-lei

. burro

. burros e jumentos.

. c.g.d.

. cacto

. cada cavadela

. corrupção

. corruptos

. demagogia

. economia da ruína

. estupidez

. grécia

. incompetente

. militares

. oportunismo

. pedofilia

. ridículo

. roubo

. socialismo

. sons of anarchy

. todas as tags

.arquivos

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Outubro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

Quarta-feira, 5 de Abril de 2006

A imagem do estado novo.

Agora como no antigamente o fantoche esta na moda.


Lembro-me de ouvir falar na fantochada que no antigamente acontecia. A justiça andava a reboque do humor de quem estava no governo e as policias faziam e investigavam o que era autorizado. Falava-se em surdina na corrupção dos tipos de fatos azuis-escuros e cinzentos, falava-se na exploração dos bancos, do grande capital. “Dizia-se que mais depressa ia um pobre para a cadeia por roubar um pão para matar a fome a seus filhos, do que um senhor de fato e gravata por desviar milhões”. Foram tempos difíceis para quem não pertencia a uma elite foram tempos escuros e sombrios onde o lápis azul imperava e os jornais publicavam o que fora anteriormente revisto e censurado. Assim era o Portugal do antigamente. E nesse tempo as pessoas viviam – bem, sobrevivam com a sombra do bufo qual abutre que se projectava sobre elas. A sobrevivência das pessoas passava pelos baixos salários, pela precariedade, por uma rede escolar deficiente, pelo abandono escolar precoce, onde a criança era vista como mais uma receita para o orçamento familiar. Onde o serviço de saúde era precário e nalguns casos inexistentes. Tempos que, todo o tempo era pouco para encher a barriga e nada sobrava para encher o cérebro. Foram tempos, que o tempo tinha orgulho de ser rico. Tempos que se dizia como hoje o Sr. De tal é o mais rico de… o Sr. De tal é muito inteligente, rouba que se farta mas nunca é apanhado… A preocupação com o vizinho, invejando-lhe a gaiola dourada insurgindo-se contra o fecho banhado a latão e encolhendo os ombros quando via na televisão a opulência da classe dirigente. Quantas vezes não ouvi e não oiço criticas aos que emigram na busca de uma vida melhor. E sinto no timbre aquele gosto a inveja tão peculiar de uma sociedade de fracos recursos educacionais. É esta a sociedade que não busca o melhor para si nem para os seus. Mas sim o pior para os outros que também sobrevivem do mesmo modo. São o mesmo grupo que idolatra políticos, banqueiros e não conseguem descortinar os sinais de aviso, vindos da satisfação dos poderosos. “As hienas rejubilam quando o festim é grande”.


Segundo o barómetro marktest 54,1% dos portugueses não têm condições financeiras para poupar dinheiro, o rendimento é igual aos encargos. Esta situação é alarmante, por mais pequeno que seja o aumento, no, encargo, será a mais que previsível falência de metade das famílias.

Com os tempos fui crescendo e me fiz homem, sempre escutei os mais velhos e deles ouvi, entre muito saber a frase “no meu tempo era assim, ainda bem que esta melhor” hoje tenho para passar aos meus filhos “no meu tempo era assim, mas infelizmente esta pior”.
publicado por carlocos às 21:52
link do post | Arrifem comentários | favorito
4 comentários:
De Anónimo a 13 de Abril de 2006 às 17:46
Olá é saudavel denumciar o que não está bem,mesmo quando pensamos nós que ninguem nos houve,,,parabens
Doces olhares
Collybryfer
(http://olharindiscreto.blogs.sapo.pt)
(mailto:fer-fontes@sapo.pt)
De Anónimo a 12 de Abril de 2006 às 23:43
Os portugueses têm o péssimo vício de viver acima da média. Quando não há...não há! Não caiem os parentes na lama.padeiradealjubarrota
(http://www.padeitradealjubarrota.blogs.sapo.pt)
(mailto:www.padeiradealjubarrota@sapo.pt)
De Anónimo a 7 de Abril de 2006 às 12:29
Os portugueses também não sabem poupar. Gostam de pequenos luxos, endividam-se e depois...Elise
(http://lettersfromelise.blogspot.com)
(mailto:letterstoelise@gmail.com)
De Anónimo a 5 de Abril de 2006 às 22:29
em março comprei um X5, custou-me 72423 euros e nao vem nessa lista!?! se calhar nao é de luxo. joao
</a>
(mailto:)

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.links

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds