É curioso o desplante e desfaçatez com que a classe politica trata os assuntos de estado. Demonstrando um total desrespeito pelos eleitores que os elegeram para servirem o país

.posts recentes

. Uma desparasitação delici...

. Oh Pedrinho, é feio andar...

. É curioso a frase.

. Para que serve um Ministr...

. Qual é imagem de marca de...

. Mário Viegas Manifesto An...

. O pior presidente de semp...

. Vale a pena ir votar?

. Um presidente um governo.

. O fulano Decidiu que não ...

. Porque se fazem eleições ...

. Porque incomoda a tanta g...

. Pergunta do dia

. Anda por ai uma direita d...

. Olha como está irritada

. Andam todos por ai assust...

. Afinal o ps não aprendeu ...

. Que democracia é esta

. Diz o povo na sua sabedor...

. Existe gente com uma pret...

. “Ajudemos o presidente a ...

. O governo não sabia da li...

. Tiques de ditador.

. Porque razão apresentou a...

. O homem ainda não morreu ...

. Ulrich: "Troika mandou-me...

. Tanto ruido.

. 'Swissleaks' e a xariá

. O EMIGRANTE

. Quando se entra em campan...

. O alarve

. É um conto de crianças.

. Quando os valores morais ...

. Os nossos amigos de turba...

. 10 minutos da vida dum tr...

. Uma ideia, um terrorismo....

. O Mário e gafes

. Mais uma aventura que vai...

. O ambiente cheira mal

. Quando a saúde não tem me...

. Ilhas selvagens portugues...

. Estou farto dos que dizem...

. Quantos pobres recebem “9...

. Grande golpe publicitário...

. Muito se tem falado e esc...

. Visita Guiada ao Museu Mi...

. Como lida a polícia no br...

. A TAP, e os palermas

. BEM-HAJA, Senhor Almirant...

. São noticias deste calibr...

.tags

. “É para inglês ver”; insustentável; list

. “falta de carácter”

. “OBVIAMENTE

. "a voz do dono"

. "Não tenho andado por aqui"

. "o baqueiro do regime"

. "O insólito acontece "

. "reduzir salários"

. 10.8%;erro;grave;desemprego

. 14%; desemprego

. 150 bombeiros

. 150.000 entalhes.

. 25 abril

. 27º

. 4 Milhões

. «por que no te callas»

. a aldeia dos trafulhas.

. a arte de bem mentir.

. a culpa morre solteira

. a força

. a gamar é que esta o ganho

. A ministra? E os exames…

. a primeira baixa colateral

. a velha

. abertura

. acabou

. acepipe

. agentes políticos

. agressões

. aguenta

. ai

. ajuda

. al-zarqawi

. alcachofra

. alcatrão

. alemao

. alguem diferente

. alimentar

. almeida ao poder.

. amnistia

. amo-te

. ana politkovskaia

. anjos caídos

. aprender

. armadilha mortal

. arquivamento

. arredondamento; banco; roubo; arrogante

. Arriba Fóssil

. asneira; nuclear; falências; electricida

. asno

. asnos; governam

. assalto; banco

. assaltos

. assaltos violentos

. assistência

. avô cantigas

. azar; vai-te satanás

. balbúrdia

. baldas

. bancarrota; guerra-civíl

. bancos; depositos

. bancos; lucros

. bandeira

. bando de bestas

. banha da cobra

. bárbaros; império; reformas

. bes

. besta; muro

. bestas

. bestiais

. bicha popular

. bilderberg; foleiro

. bisonte;

. bloco central

. BMW; sumptuárias; encantar; défice

. bobo

. brasil

. briosa de luto

. bronco; sporting

. Buracos negros; pensões douradas; vidas

. burlesco; revolta; fora-da-lei

. burro

. burros e jumentos.

. c.g.d.

. cacto

. cada cavadela

. corrupção

. corruptos

. demagogia

. economia da ruína

. estupidez

. grécia

. incompetente

. militares

. oportunismo

. pedofilia

. ridículo

. roubo

. socialismo

. sons of anarchy

. todas as tags

.arquivos

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Outubro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

Sábado, 18 de Fevereiro de 2012

Políticos a crédito

É curioso, que comentem esta notícia do Correio da Manhã, com uma frase “esta situação é inaceitável”.

Não é esta a situação inaceitável.

 

Quando lidamos com pessoas pouco serias. Sabendo nós a o baixo nível da classe política que temos o prazer de sustentar com os nossos devaneios partidários. Deveríamos estar à espera destas miudezas.

 

Digo miudezas com a perfeita convicção de que estou a ser o mais serio possível. Porque isto é só uma ponta do que na realidade se passa. Porque mesmo o orçamentado se for rigorosamente escrutinado – e não é preciso muitos pormenores – encontramos rubricas sobre-orçamentadas e outras impossíveis de passar num crivo com as malhas maiores que as autorizadas para a pesca do tubarão. Basta uma consulta aos orçamentos para gastos correntes dos gabinetes dos ministros. Se dermos uma pequena passagem por algumas dessas rubricas vemos gastos impossíveis de serem concretizados por seres normais e sem a faculdade de um qualquer alienígena possuído duma voraz condição sobre-humana despesista.

 

Só para finalizar aconselho uma visita ao orçamento para despesas de telemóvel e arranjos florais do gabinete do anterior 1º ministro. Para melhor entender o que lá se encontra impresso é comparar a despesa entre anos diferentes.

 

E entrando na razão do inaceitável. O inaceitável na verdade é ninguém ser responsabilizado por esses… e quando se chega ao fundo do taxo entrasse nos vencimentos das pessoas e na sua dignidade. Isso sim é inaceitável a desresponsabilização e o gamanço posterior nos subsídios, reformas e ordenados para repor um fundo a ser lapidado por vorazes políticos. É ainda inaceitável que esses nunca ou quase nunca cheguem à barra dos tribunais e recebam penalizações pelos seus actos. E quando esporadicamente algum puxão de orelha acontece. Não é mais que uma simples repreensão em forma de pena suspensa e um siga lá airosamente com as suas actividades em prole do empobrecimento do país.  

 

São estas as situações que afastam o investimento estrangeiro e mesmo nacional. E mesmo com a redução dos salários por intermédio dos despedimentos e após um acordo altamente nocivo para os trabalhadores onde se inclui trabalho escravo, que um “sindicalista” tão solicitamente e orgulhosamente assinou. As empresas continuam a fechar e a rumar a outras paragens.

 

Que procurarão elas? Seriedade politica… talvez.

 

 

publicado por carlocos às 22:37
link do post | Arrifem comentários | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.links

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds