É curioso o desplante e desfaçatez com que a classe politica trata os assuntos de estado. Demonstrando um total desrespeito pelos eleitores que os elegeram para servirem o país

.UTILIDADES


ARTE
Aguarelas de Turner
Elfwood
Fantasy art
Boris Vallejo
Gorodin
Imagenetion
Luis Royo
Soanala
Tendreams
Zindy

ROTEIROS e MAPAS
Atlas local
Autour du Monde
Rotas e Viagens
Maporama.com
Mapas.clix
Mapa Michelin
Planta lisboa

AMBIENTE
Fauna Ibérica
Quercus
Geota
Portal Ambiente Online

COISAS INTERESSANTES
"> Dicas
Portal Europeu da Mobilidade
Expresso Emprego
Lado Negro da WEB
O Império Romano
Revelar Lisboa
Portal da história
Covers
Clube internet
Terramoto 1755
Lyrics
Museu das mentiras
Todays front pages
Realidade oculta
Vatican the Holy See

METEOROLOGIA
Geocid
Instituto de Meteorologia
Previsão do Estado do Tempo
Weather.co.uk

RECEITAS de CULINÁRIA
Culinarias.NET
Gastronomia de Portugal
Gastronomia Tradicional Portuguesa
Petiscos
Receitas de Culinária Online
Receitas e menus
Receitas macrobiótica
Receitas, Refeições e Comida É aqui!
Serviço Português de Gastronomia e Hotelaria

INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA
Atlas Geográfico
Centro de Estudos Geográficos
Earth google
Guia Geográfico
Instituto Geo do Exército
Instituto Geo Português

INVESTIGAÇÃO ESPACIAL
Agencia espacial europeia
SPACE.com
Portal do astrónomo

TEMPLATES
^.^ COYSITAS II ^.^
Mudar o template
Templates by Maximus
Portal By Marina

WALLPAPER
Dave's Scenic Nature
Deviantart
Desktopia
Digital Blasphemy
PCparadise
SPACE
Webshots

CASAS ENGRAÇADAS
Cavalheiros do Apocalipse Diz Que Disse
Esta barra é azul!
Estranho mas verdade
O coiso
Frente de Libertação Caramela
História em Disparates
Macacos sem galho
O Bobo
O MANGALHO ANTÍ-STRESS
vitominas

MOTORES DE BUSCA
Clix
Descobre
Google
Guia gratis
Iol
O leme
O Mocho
Sapo
Tendencia.cc

ENCICLOPÉDIAS E DICIONÁRIOS
Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
corrector On-line
Dicionários
Tradutor
Wikipedia

JORNAIS DE PORTUGAL
Agencia financeira
Correio da Manhã
Diário digital
Diário económico
Diario de notícias
Expresso
Lusa
Jornal digital
Jornal de negócios
Jornal de notícias
Jornalismo & Comunicação
Mundo.pt
Sol
Publico
O 1º de Janeiro
Semanário

REVISTAS
Nova Vaga
Visão
Finisterra
National Geographic
Atlântico
Sabado

TV
TVI

Rádio

Telefonia do Alentejo
RR

JORNAIS REGIONAIS
ALGARVE

Jornal do Algarve
Jornal do sotavento
Região sul

ALTO ALENTEJO
Diário do Alentejo

BAIXO ALENTEJO
Moura digital

BEIRA ALTA
Diário regional Viseu
Nova Guarda

BEIRA BAIXA
Jornal do fundão
Reconquista
Gazeta do interior

BEIRA LITORAL
As Beiras
Diário de Coimbra
Diário de Aveiro
Diário de Leiria

DOURO LITORAL
Imediato

ESTREMADURA
Jornal da praceta
Região de Setubal
Voz do campo
O Setubalense

MINHO
Diário do Minho
Antena Minho-106.0 FM

RIBATEJO
O Mirante
O Ribatejo
Vida Ribatejana

TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO
Mensageiro de Bragança
Voz do nordeste

AÇORES
Azores.gov
Azores digital
Açoriano Oriental
A união

MADEIRA
Madeira.gov
DN da Madeira
Jornal da Madeira

COMUNIDADES PORTUGUESAS
Lusoamericano
Gazeta Lusófona
Jornal Portugal Ilustrado
Mundo-Luso
Portuguese times
Sol Português

ESTRANJA
ANGOLA
Angola Press

ARGENTINA
Clarin Digital
Pagina12

BRASIL
Correio da Bahia
Diario do Nordeste
Globo
News yahoo
Midia sem mascara
Gazeta online

CHILE
El Mercurio
El diario

ESPANHA
El País
El Mundo
abc
Andalucia
El Periodico
Minuto Digital

FRANÇA
Le Monde
Le Figaro

INGLESES
Guardian
The Herald
Financial Times

ITALIANOS
Corriere della Sera
La Repubblica

PORTO RICO
El Nuevo Día

USA
The New York Times
The Washington Post

Islão
Webislam

.posts recentes

. É curioso a frase.

. Para que serve um Ministr...

. Qual é imagem de marca de...

. Mário Viegas Manifesto An...

. O pior presidente de semp...

. Vale a pena ir votar?

. Um presidente um governo.

. O fulano Decidiu que não ...

. Porque se fazem eleições ...

. Porque incomoda a tanta g...

. Pergunta do dia

. Anda por ai uma direita d...

. Olha como está irritada

. Andam todos por ai assust...

. Afinal o ps não aprendeu ...

. Que democracia é esta

. Diz o povo na sua sabedor...

. Existe gente com uma pret...

. “Ajudemos o presidente a ...

. O governo não sabia da li...

. Tiques de ditador.

. Porque razão apresentou a...

. O homem ainda não morreu ...

. Ulrich: "Troika mandou-me...

. Tanto ruido.

. 'Swissleaks' e a xariá

. O EMIGRANTE

. Quando se entra em campan...

. O alarve

. É um conto de crianças.

. Quando os valores morais ...

. Os nossos amigos de turba...

. 10 minutos da vida dum tr...

. Uma ideia, um terrorismo....

. O Mário e gafes

. Mais uma aventura que vai...

. O ambiente cheira mal

. Quando a saúde não tem me...

. Ilhas selvagens portugues...

. Estou farto dos que dizem...

. Quantos pobres recebem “9...

. Grande golpe publicitário...

. Muito se tem falado e esc...

. Visita Guiada ao Museu Mi...

. Como lida a polícia no br...

. A TAP, e os palermas

. BEM-HAJA, Senhor Almirant...

. São noticias deste calibr...

. Não podia estar mais de a...

. Luvas milionárias no caso...

.tags

. “É para inglês ver”; insustentável; list

. “falta de carácter”

. “OBVIAMENTE

. "a voz do dono"

. "Não tenho andado por aqui"

. "o baqueiro do regime"

. "O insólito acontece "

. "reduzir salários"

. 10.8%;erro;grave;desemprego

. 14%; desemprego

. 150 bombeiros

. 150.000 entalhes.

. 25 abril

. 27º

. 4 Milhões

. «por que no te callas»

. a aldeia dos trafulhas.

. a arte de bem mentir.

. a culpa morre solteira

. a força

. a gamar é que esta o ganho

. A ministra? E os exames…

. a primeira baixa colateral

. a velha

. abertura

. acabou

. acepipe

. agentes políticos

. agressões

. aguenta

. ai

. ajuda

. al-zarqawi

. alcachofra

. alcatrão

. alemao

. alguem diferente

. alimentar

. almeida ao poder.

. amnistia

. amo-te

. ana politkovskaia

. anjos caídos

. aprender

. armadilha mortal

. arquivamento

. arredondamento; banco; roubo; arrogante

. Arriba Fóssil

. asneira; nuclear; falências; electricida

. asno

. asnos; governam

. assalto; banco

. assaltos

. assaltos violentos

. assistência

. avô cantigas

. azar; vai-te satanás

. balbúrdia

. baldas

. bancarrota; guerra-civíl

. bancos; depositos

. bancos; lucros

. bandeira

. bando de bestas

. banha da cobra

. bárbaros; império; reformas

. bes

. besta; muro

. bestas

. bestiais

. bicha popular

. bilderberg; foleiro

. bisonte;

. bloco central

. BMW; sumptuárias; encantar; défice

. bobo

. brasil

. briosa de luto

. bronco; sporting

. Buracos negros; pensões douradas; vidas

. burlesco; revolta; fora-da-lei

. burro

. burros e jumentos.

. c.g.d.

. cacto

. cada cavadela

. corrupção

. corruptos

. demagogia

. economia da ruína

. estupidez

. grécia

. incompetente

. militares

. oportunismo

. pedofilia

. ridículo

. roubo

. socialismo

. sons of anarchy

. todas as tags

.arquivos

. Outubro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Contadores

Domingo, 2 de Fevereiro de 2014

Hoje tive curiosidade em ouvir o que socrates tinha a dizer do regresso das obras faraónicas do tempo dele.

Muito a contra gosto mudei para a RTP, o canal que produz um péssimo serviço mas que sai uns milhões de euros mais caro que qualquer outro canal televisivo. E, lá estava a criatura a comentar que as obras que no tempo dele eram faraónicas hoje são investimentos relevantes. Desta vez esta cheio de razão. Não que as obras não sejam o que antes apelidavam. Elas não mudaram, nem dum momento para o outro passaram a ser uteis. Algumas já o eram outras continuam a ser um esbanjamento de dinheiros e um sinal evidente que não se aprendeu nada. Ou que tudo esta bem se continuar a jorrar dinheiro para os mesmos de sempre. Nem que isso seja em intervalos da disponibilidade do saque das reformas e dos salários.

 

É esse o problema, não interessa o que se faz ou como se faz. Interessa é continuar a esbanjar o dinheiro dos impostos nos mesmos de sempre. E se os impostos não chegarem sempre esta ali a mão de semear a reserva de reformados. Que isto só mediante benefícios fiscais não vai lá. Afinal eles já contribuem com tão pouco por cá. Se fugiram para a holanda e é lá que pagam os impostos o que cá fica são migalhas. E dar migalhas em benefícios fiscais não fica bem.

 

Mesmo que seja com orgulho que é feito o saque no IRS, para distribuir solidariamente em benefícios fiscais às grandes empresas isso não chega já que fugiram com as sedes para a holanda e outros países.  

 

Nada como continuar com a política do alcatrão para ajudar alguns empresários amigos do regime. E quando isto estiver coberto de alcatrão de norte a sul, de este a oeste, sempre se pode colocar umas floreiras com umas malva-rosa ou sardinheiras a beira das autoestradas sem serventia.

tags:
publicado por carlocos às 23:25
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Sábado, 1 de Fevereiro de 2014

A árvore das patacas ou a falta de bom-senso

No antigamente - não antes troika, mais antes ainda – falava-se na árvore das patacas. Era assim uma espécie de planta que dava moedas, que existia lá para os lados do oriente e havia quem afirmasse que também as havia lá p’ras terras de Vera cruz.  

 

Foi planta que nunca vi. Mas sei que existe por cá.

 

Senão veja-mos. Andamos estes anos a apertar o cinto para pagar uns devaneios de um governante em PPPs. Os reformados e pensionistas foram espoliados em nome dessa divida. Os funcionários do estado viram os seus salários reduzidos em nome desse Deus. Falências de empresas, desemprego, migração, famílias que perderam as suas habitações e não as suas dívidas - essas são sagradas. Em compensação são dados milhões em benefício a grupos económicos que lucraram com o estado a que as contas públicas chegaram. Foram os directos beneficiados.

 

Existe uma transferência directa dos rendimentos dos reformados, pensionistas e funcionários públicos para estas empresas. Cada português deve ter presente que quem construiu aquela auto-estrada sem trânsito, aquela PPP sem préstimo foi e é beneficiado pelo estado. O mesmo que estado que desbulha reformados alegando dificuldades financeira é o mesmo que entrega benefícios a quem lucrou com a situação. 

  

Este é o governo que já fala no regresso das PPPs, o governo que já tem planos para esbanjar milhões. O mesmo que já esta disposto a renegociar a divida da Madeira.  

 

Dinheiro não é problema… Ali esta, disponível a árvore das patacas. Só que em vez duma planta são pessoas. São reformados e pensionistas.

publicado por carlocos às 23:11
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Tenho muita dificuldade em entender esta polémica das praxes, imbecilidade ou o que quer que isso seja.

Há vários dias que não se fala noutro assunto. Toda a gente, quer sejam reitores, professores, alunos, políticos oportunistas e outros, abusados ou abusadores e o pagode em geral comenta este assunto com uma paixão desmedida.

 

As universidades e o ensino em geral padecem de outros problemas bem mais graves e com maior impacto no bom funcionamento dessas instituições do que essa temática. Nesses assuntos não encontro tanto empenho nas suas resoluções da parte dos intervenientes. Aparentemente é mais fácil as associações se revoltarem se lhes criarem entraves na brincadeira do que no estudo e formação. Para esta gente os problemas de fundo não são importantes a importância esta nas brincadeiras e palermices. Como em tudo na vida deste país o importante é o enfeite e a maquilhagem. O corpo pode apodrecer desde que tenha boa aparência.

 

As universidades debatem-se com dificuldades financeiras e com a renovação dos quadros docentes. Alguns alunos pertencentes à classe media, debatem-se com dificuldades económicas para continuar a sua progressão escolar. Mas o assunto apaixonante do momento é se devem as praxes ser proibidas ou não. Tivessem todos os intervenientes neste assunto preocupados com o regular funcionamento e empenhassem-se de igual modo nesse assunto. Teríamos uma universidade melhor, mais democrática e casos como o do Relvas nunca existiriam.

tags:
publicado por carlocos às 23:09
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

referer referrer referers referrers http_referer

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.links

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds