É curioso o desplante e desfaçatez com que a classe politica trata os assuntos de estado. Demonstrando um total desrespeito pelos eleitores que os elegeram para servirem o país

.UTILIDADES


ARTE
Aguarelas de Turner
Elfwood
Fantasy art
Boris Vallejo
Gorodin
Imagenetion
Luis Royo
Soanala
Tendreams
Zindy

ROTEIROS e MAPAS
Atlas local
Autour du Monde
Rotas e Viagens
Maporama.com
Mapas.clix
Mapa Michelin
Planta lisboa

AMBIENTE
Fauna Ibérica
Quercus
Geota
Portal Ambiente Online

COISAS INTERESSANTES
"> Dicas
Portal Europeu da Mobilidade
Expresso Emprego
Lado Negro da WEB
O Império Romano
Revelar Lisboa
Portal da história
Covers
Clube internet
Terramoto 1755
Lyrics
Museu das mentiras
Todays front pages
Realidade oculta
Vatican the Holy See

METEOROLOGIA
Geocid
Instituto de Meteorologia
Previsão do Estado do Tempo
Weather.co.uk

RECEITAS de CULINÁRIA
Culinarias.NET
Gastronomia de Portugal
Gastronomia Tradicional Portuguesa
Petiscos
Receitas de Culinária Online
Receitas e menus
Receitas macrobiótica
Receitas, Refeições e Comida É aqui!
Serviço Português de Gastronomia e Hotelaria

INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA
Atlas Geográfico
Centro de Estudos Geográficos
Earth google
Guia Geográfico
Instituto Geo do Exército
Instituto Geo Português

INVESTIGAÇÃO ESPACIAL
Agencia espacial europeia
SPACE.com
Portal do astrónomo

TEMPLATES
^.^ COYSITAS II ^.^
Mudar o template
Templates by Maximus
Portal By Marina

WALLPAPER
Dave's Scenic Nature
Deviantart
Desktopia
Digital Blasphemy
PCparadise
SPACE
Webshots

CASAS ENGRAÇADAS
Cavalheiros do Apocalipse Diz Que Disse
Esta barra é azul!
Estranho mas verdade
O coiso
Frente de Libertação Caramela
História em Disparates
Macacos sem galho
O Bobo
O MANGALHO ANTÍ-STRESS
vitominas

MOTORES DE BUSCA
Clix
Descobre
Google
Guia gratis
Iol
O leme
O Mocho
Sapo
Tendencia.cc

ENCICLOPÉDIAS E DICIONÁRIOS
Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
corrector On-line
Dicionários
Tradutor
Wikipedia

JORNAIS DE PORTUGAL
Agencia financeira
Correio da Manhã
Diário digital
Diário económico
Diario de notícias
Expresso
Lusa
Jornal digital
Jornal de negócios
Jornal de notícias
Jornalismo & Comunicação
Mundo.pt
Sol
Publico
O 1º de Janeiro
Semanário

REVISTAS
Nova Vaga
Visão
Finisterra
National Geographic
Atlântico
Sabado

TV
TVI

Rádio

Telefonia do Alentejo
RR

JORNAIS REGIONAIS
ALGARVE

Jornal do Algarve
Jornal do sotavento
Região sul

ALTO ALENTEJO
Diário do Alentejo

BAIXO ALENTEJO
Moura digital

BEIRA ALTA
Diário regional Viseu
Nova Guarda

BEIRA BAIXA
Jornal do fundão
Reconquista
Gazeta do interior

BEIRA LITORAL
As Beiras
Diário de Coimbra
Diário de Aveiro
Diário de Leiria

DOURO LITORAL
Imediato

ESTREMADURA
Jornal da praceta
Região de Setubal
Voz do campo
O Setubalense

MINHO
Diário do Minho
Antena Minho-106.0 FM

RIBATEJO
O Mirante
O Ribatejo
Vida Ribatejana

TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO
Mensageiro de Bragança
Voz do nordeste

AÇORES
Azores.gov
Azores digital
Açoriano Oriental
A união

MADEIRA
Madeira.gov
DN da Madeira
Jornal da Madeira

COMUNIDADES PORTUGUESAS
Lusoamericano
Gazeta Lusófona
Jornal Portugal Ilustrado
Mundo-Luso
Portuguese times
Sol Português

ESTRANJA
ANGOLA
Angola Press

ARGENTINA
Clarin Digital
Pagina12

BRASIL
Correio da Bahia
Diario do Nordeste
Globo
News yahoo
Midia sem mascara
Gazeta online

CHILE
El Mercurio
El diario

ESPANHA
El País
El Mundo
abc
Andalucia
El Periodico
Minuto Digital

FRANÇA
Le Monde
Le Figaro

INGLESES
Guardian
The Herald
Financial Times

ITALIANOS
Corriere della Sera
La Repubblica

PORTO RICO
El Nuevo Día

USA
The New York Times
The Washington Post

Islão
Webislam

.posts recentes

. É curioso a frase.

. Para que serve um Ministr...

. Qual é imagem de marca de...

. Mário Viegas Manifesto An...

. O pior presidente de semp...

. Vale a pena ir votar?

. Um presidente um governo.

. O fulano Decidiu que não ...

. Porque se fazem eleições ...

. Porque incomoda a tanta g...

. Pergunta do dia

. Anda por ai uma direita d...

. Olha como está irritada

. Andam todos por ai assust...

. Afinal o ps não aprendeu ...

. Que democracia é esta

. Diz o povo na sua sabedor...

. Existe gente com uma pret...

. “Ajudemos o presidente a ...

. O governo não sabia da li...

. Tiques de ditador.

. Porque razão apresentou a...

. O homem ainda não morreu ...

. Ulrich: "Troika mandou-me...

. Tanto ruido.

. 'Swissleaks' e a xariá

. O EMIGRANTE

. Quando se entra em campan...

. O alarve

. É um conto de crianças.

. Quando os valores morais ...

. Os nossos amigos de turba...

. 10 minutos da vida dum tr...

. Uma ideia, um terrorismo....

. O Mário e gafes

. Mais uma aventura que vai...

. O ambiente cheira mal

. Quando a saúde não tem me...

. Ilhas selvagens portugues...

. Estou farto dos que dizem...

. Quantos pobres recebem “9...

. Grande golpe publicitário...

. Muito se tem falado e esc...

. Visita Guiada ao Museu Mi...

. Como lida a polícia no br...

. A TAP, e os palermas

. BEM-HAJA, Senhor Almirant...

. São noticias deste calibr...

. Não podia estar mais de a...

. Luvas milionárias no caso...

.tags

. “É para inglês ver”; insustentável; list

. “falta de carácter”

. “OBVIAMENTE

. "a voz do dono"

. "Não tenho andado por aqui"

. "o baqueiro do regime"

. "O insólito acontece "

. "reduzir salários"

. 10.8%;erro;grave;desemprego

. 14%; desemprego

. 150 bombeiros

. 150.000 entalhes.

. 25 abril

. 27º

. 4 Milhões

. «por que no te callas»

. a aldeia dos trafulhas.

. a arte de bem mentir.

. a culpa morre solteira

. a força

. a gamar é que esta o ganho

. A ministra? E os exames…

. a primeira baixa colateral

. a velha

. abertura

. acabou

. acepipe

. agentes políticos

. agressões

. aguenta

. ai

. ajuda

. al-zarqawi

. alcachofra

. alcatrão

. alemao

. alguem diferente

. alimentar

. almeida ao poder.

. amnistia

. amo-te

. ana politkovskaia

. anjos caídos

. aprender

. armadilha mortal

. arquivamento

. arredondamento; banco; roubo; arrogante

. Arriba Fóssil

. asneira; nuclear; falências; electricida

. asno

. asnos; governam

. assalto; banco

. assaltos

. assaltos violentos

. assistência

. avô cantigas

. azar; vai-te satanás

. balbúrdia

. baldas

. bancarrota; guerra-civíl

. bancos; depositos

. bancos; lucros

. bandeira

. bando de bestas

. banha da cobra

. bárbaros; império; reformas

. bes

. besta; muro

. bestas

. bestiais

. bicha popular

. bilderberg; foleiro

. bisonte;

. bloco central

. BMW; sumptuárias; encantar; défice

. bobo

. brasil

. briosa de luto

. bronco; sporting

. Buracos negros; pensões douradas; vidas

. burlesco; revolta; fora-da-lei

. burro

. burros e jumentos.

. c.g.d.

. cacto

. cada cavadela

. corrupção

. corruptos

. demagogia

. economia da ruína

. estupidez

. grécia

. incompetente

. militares

. oportunismo

. pedofilia

. ridículo

. roubo

. socialismo

. sons of anarchy

. todas as tags

.arquivos

. Outubro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Contadores

Sábado, 31 de Agosto de 2013

Casal normal

Via, Aventar

 

publicado por carlocos às 13:00
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

É urgente moralizar a política.

Multiplicam-se pelo país fora casos de candidatos com sérios problemas com a justiça. Há para todos os gostos e feitios, incluindo condenados por irregularidades cometidas durante a actividade pública e autárquica. Os casos são vários desde a fuga ao fisco ao compadrio e favorecimento ilícito. Há de tudo e o que mais de destrutivo existe para a saúde financeira do país e das autarquias. Estes sim, são os graves problemas do país. Enquanto estivermos sujeitos a candidatos e eleitos deste calibre nenhum plano resultará. Nem nenhuma medida de austeridade dará frutos positivos, porque tudo se esvanecerá num meio propício a corrupção.

   

Por uma moralização da política e dos seus intervenientes é incompreensível que existam candidatos desta qualidade. Para bem da própria gestão da coisa pública esta situação é de grande relevância. Pode alguma vez os eleitores estarem descansados e elegerem alguém com esses pergaminhos? Como se deve sentir o funcionário público que entrou para os quadros do estado por concurso público, que teve que apresentar registo criminal limpo e um seu chefe político possa ser um condenado? Como se deve sentir aquele funcionário que pautou toda uma vida pela dedicação a causa pública e ao seu lado tem um parasita que entrou por carreira politica em nada recomendável e com práticas abusivas.  


São estes, e estas situações que levaram a degradação de todo o aparelho do estado. A máxima de que “os exemplos vêm de cima” é nestes casos muito funesta. Quando as chefias não têm a mínima qualidade, tudo se reflecte dai para baixo. E o grande problema e onde é urgente actuar. É na qualidade dos candidatos que por sua vez vão dar em eleitos. São eles os gestores da coisa pública e se não tiverem qualidade a coisa pública não pode ter aquilo as chefias não estão preparadas. Mas mesmo que essas carreiras politicas tivessem alguma competência, estão inibidas. Porque estão na mão dos verdadeiros poderes que os controlam.

publicado por carlocos às 12:52
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Quarta-feira, 28 de Agosto de 2013

E se fosse no Meco?

tags:
publicado por carlocos às 02:40
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Terça-feira, 27 de Agosto de 2013

A campanha para desarmar os cidadãos esta a dar frutos

As estatísticas globais da Direcção-geral de Política de Justiça mostram, de resto, que o grau de violência associado a estes crimes está a aumentar. No ano passado, 139 roubos foram consumados com recurso a arma de fogo (método mais usado a seguir à força física), mais 23 do que em 2011. As agressões são ainda mais alarmantes: em 2012, 524 assaltos foram realizados com recurso ao espancamento das vítimas, mais 89% do que em 2011.

 

Quando se faz uma lei idiota o resultado é inverso do pretendido. Com a nova lei das armas até os escuteiros ficaram sem a faca de mato. Foram recolhidas tudo e mais alguma coisa inclusive pressões de ar como se de uma perigosa arma se tratasse. Pretendiam os obreiros de tamanho dislate passar a ideia que a medida era importante para a segurança dos cidadãos.  


Os sinais não podiam ser mais elucidativos dando aos criminosos a segurança de podiam actuar na maior das impunidades, as vitimas mesmo dentro das suas casas estariam indefesas.  

publicado por carlocos às 21:11
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

A realidade supera a ficção

A história dá muitas voltas, quando o PS de António José Seguro se propõe fazer o balanço do socratismo. No site do PS, onde em tempos a herança de José Sócrates tinha sido apagada, agora aparece glorificada. O primeiro-ministro que deixou o país em resgate financeiro torna-se, no registo actual, campeão da consolidação orçamental.

Esta gente não tem o mínimo senso de vergonha na cara e nunca perde a oportunidade de demonstrar que não são de confiança. Tivesse o exemplo da Islândia trazido algum proveito a este povo. Tivesse a justiça funcionado e eles neste momento estariam a lamber as feridas numa qualquer prisão.  


Ainda a memória esta fresca e sofremos na pele o desbulho que eles fizeram. Ainda uma larga parte dos portugueses estão a pagar as ilegalidades que cometeram. Estamos no pior momento da vida desta secular nação. E eles fazem o branqueamento do nojento governo que se governou deixando o país no fundo do fosso.


A culpa é nossa que devíamos de exigir a uma só voz que eles pagassem os anos em que destruíram o país e a esperança de tantos milhares. Mas quando deixamos o galinheiro aberto sabendo que as raposas andam soltas e a espreita sujeitamo-nos a que nem os ovos escapem. A eles já cheira a carne fresca e sabem que a estupidez os levará de novo a ter o pote a disposição. Eles sabem que o assalto se perpétua com intervalos esporádicos. É só uma questão de tempo. Eles sabem que, uns não votam e outros ora votam neles ora votam nos outros iguais. Eles sabem que a felicidade deles e a miséria dum povo esta ali ao virar das urnas.      

publicado por carlocos às 20:37
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Domingo, 25 de Agosto de 2013

Não consigo disfarçar a sensação de alívio

Não sou suficientemente hipócrita para lamentar o desaparecimento de alguém que tem no seu currículo a vice-presidente da Goldman Sachs International, um banco na linha da frente da crise financeira que abalou o mundo e que tanto lucrou com a criação de milhares de pobres. Uma organização que se aproveitou das parcas economias de milhares e milhares de pobres. E não ficando satisfeito com as malfeitorias ainda produziu mais uns quantos milhares por esse mundo fora. Uma organização que condenou centenas de pessoas ao suicídio. Também não é muito abonatório o facto de ser dado como braço direito de um violador.


Era uma criatura que me trazia desconfiança e o seu desígnio para Portugal e os portugueses era o regresso a uma forma de escravatura dos tempos modernos. Alguém que defende trabalho versos renumeração abaixo da sobrevivência, não me parece que seja necessária a este mundo. Podem os vencedores desta trama lamentar e elogiar. Alguém que protagoniza para uma sociedade uma linha divisória em, dum lado se encontram ricos e da outra pobres é um retrocesso civilizacional. 

publicado por carlocos às 21:47
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Sábado, 24 de Agosto de 2013

Os professores vão ter que fazer exame

Excelente medida, finalmente o Ministro da Educação tem uma medida da “maior importância”. Esta sim é uma medida que faz todo o sentido e que vem valorizar a carreira de docente. Vou-me sentir muito feliz e vou andar nos píncaros das nuvens sabendo que uma percentagem x de professores não teve qualificação positiva na prova de avaliação.


Isto só vai servir para nivelar por baixo os docentes, pois todos vão ser confundidos e postos em causa por um qualquer resultado menos positiva. Estou a prever, uma outra ou qualquer situação em que o professor independentemente da qualificação, um qualquer analfabeto vai-se insurgir contra o professor, pondo em causa a competência do mesmo para avaliar o seu pirralho justificando-se com a qualificação indeterminada.


Mais, não vejo porque razão os professores serão avaliados e os outros profissionais não. Temos profissões muito mais exigentes que a de professor. Mais e menos. Na avaliação não pode haver descriminação. É muito mais exigente o cargo de juiz que o de professor. Ou o de médico. Por isso não percebo porque não se deverá estender as provas de avaliação às outras profissões. Com as alterações constantes na legislação e nos códigos em Portugal. A ideia que fica é que não se passa dia que alguma coisa mude. É no código da estrada é no código penal, é no código fiscal, tudo é um cilindro de mudanças. Quem me garante que o advogado de ontem, esta preparado para advogar hoje ou amanhã. Quem me garante que o arquitecto esta apto a desempenhar a sua função, ou o médico, o juiz saberá ajuizar? E o condutor do autocarro que tirou a carta em 1009 e troca o passo…


Muitas interrogações agora se põem sobre a competência dos profissionais. Se de alguns a gente dúvida da sua competência, outros há que não existe a mínima razão para duvidar da sua incompetência. É neste pé em que a coisa esta, que percebemos a necessidade dos políticos prestarem provas da capacidade para gerirem os tachos que ocupam. Não se pode exigir exigência aos professores e aos políticos qualquer imbecil ou impreparado pode ser dirigente de qualquer coisa. Inclusive primeiro-ministro ou ministro da educação.   

publicado por carlocos às 18:56
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Alicerces do Desenho


A prática do desenho começa em primeiro lugar com os fundamentos que o sustentam. Neste programa de 4 sessões, o aluno poderá experimentar os exercícios que desenvolvem a compreensão do Desenho com foco na tridimensionalidade e no entendimento espacial através de exercícios que mantêm o contacto com qualidades mais subtis que a nossa percepção pode captar para além da visão.

publicado por carlocos às 00:07
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Sexta-feira, 23 de Agosto de 2013

Biblioteca Digital Mundial

publicado por carlocos às 17:43
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Por cá, e com este governo já nada é de estranhar

Os cidadãos e as empresas estão obrigados a guardar documentos o mínimo de cinco anos e nalguns casos 10 anos. Mas a inspecção-geral das finanças decide destruir documentos importantes ao fim de três anos. Mas, e logo uns documento referentes as tão famigeradas swap. Parece uma operação cirúrgica e sem efeitos colaterais.


Já estamos habituados a que não apareçam determinados papéis nestes organismos estatais com ligação às finanças. Quem ainda esta recordado das recentes polemicas com o imposto de circulação? Muitos dos impostos abusivamente reclamados eram de viaturas de empresas e constavam nos ficheiros da contabilidade. Como então, as finanças obrigaram os contribuintes a fazer prova de tinham pago só têm que proceder do mesmo modo e obrigarem os bancos a apresentar os contratos e então não pagam o desbulho.         

tags:
publicado por carlocos às 17:19
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Existe alguma confusão sobre o adjectivo idiota

É curioso, há por ai muita boa gente que orgulhosamente afirma que idiota é uma pessoa cheia de ideias. É assim como uma enxurrada de disparates, alguns são assim-assim outros nem por isso. É assim que no dia 25, o Chiado vai ser aprimorado, com as comemorações do incêndio que o destruiu. Sim, vai ter direito a simulacro e tudo. Tudo a primor, fanfarra, discurso, salgadinhos e palanque para que se bote opinião de poleiro.

 

Tenho algum receio que a ideia resvale e se lembrem de comemorar o massacre dos judeus, em Lisboa em 1506, ou o sismo de 1755.

publicado por carlocos às 01:48
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Agosto de 2013

A F.A.P comprometeu-se a vender 12 aparelhos à Roménia? Como é?...

É curioso, a F.A.P comprometeu-se a vender o que não tinha? Mas alguém no seu perfeito juízo a credita nisto? O negócio não foi feito pelos políticos? Mas que raio de trapalhada é esta? Agora os militares andam a vender o seu material, o que têm e o que não Têm ao desbarato? Mais uma negociata ruinosa da classe politiqueira e um descarado passa culpa sem o mínimo pudor.


É até quando vamos aguentar esta situação?


De acordo com a resolução do Conselho de Ministros publicada hoje em Diário da República, a Força Aérea não dispõe das 12 aeronaves que se comprometeu a vender à Roménia e, por isso, o Governo teve de dar luz verde para aquela compra extra. Estes três aviões "serão posteriormente modernizados, usando a capacidade da indústria aeronáutica nacional", de modo a estarem em iguais condições aos nove que já estão prontos para a venda e que foram actualizados com um Mid Life Update, feito nas OGMA.

publicado por carlocos às 12:32
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Sábado, 17 de Agosto de 2013

A realidade e a travessura

É curioso, enquanto o partido do governo esta em festa e os discursos inflamados de vitória da austeridade, as ameaças aos juízes e as aclamações de agradecimento se eternizam a favor do querido líder. Em Lisboa segue a realidade na montra dum país cada vez mais desigual.

 

 

 

tags:
publicado por carlocos às 17:50
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Agosto de 2013

Basilica di San Giovanni in Laterano

 

Clik na imagem para activar utilize o rato para rodar a imagem.

publicado por carlocos às 22:05
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

...

publicado por carlocos às 21:47
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Uma classe privilegiada

A restauração é uma das classes privilegiadas a nível nacional. São os que mais falam contra o funcionalismo público e os que mais lucram com a incompetência e mandriagem dos funcionários públicos. Estas criaturas durante anos fugiram ao fisco e continuam a fugir de pagar impostos. Mesmo agora com a obrigatoriedade da entrega dos ficheiros saft continuam aparecer disparidades brutais entre compras e vendas. Alguns pequenos comerciantes pelas estimativas têm armazéns do tamanho do estádio do Spot Lisboa e Benfica. Muitos são os empresários que declaram ao fisco que nem ganham para pagar a renda do estabelecimento mas têm o melhor plafonamento da Medis ou os filhos a estudar em colégios privados. Outros, os mais oportunistas ainda têm assistência para estudos dos filhos, abono de família e passeiam-se em mercedes Classe S. Quando são informados que aquela situação é insustentável, a resposta é “Quem é você para me dizer isso se nunca fui fiscalizado”. Criaturas que apesar de terem segundas e mais habitações, viaturas top de gama e empregados que obrigam a trabalhar 12 e mais horas por dia 6 dias por semana, pagam de IRS 200€ por ano e em muitos casos vociferam contar os funcionários públicos que são uns malandros que lhes chupam o sangue.


No fim acabam por ter razão. Se os FP fossem diligentes e proactivos, eles estariam mais felizes, compreensivos, pagariam o justo e todos pagaríamos mais impostos e o PIB teria outro resultado.


Se um qualquer boneco das finanças controlasse os comensais e as vendas declaradas em determinado dia numa qualquer casa de envenenamento lento da cidade, constataria que a disparidade de receitas entradas e declaradas é absurda. Um exemplo flagrante é o tabaco, temos comerciantes a comprar 4.000€ mensais em tabaco e a vender menos de 2.000€, a discrepância nalguns caso chega a ser superior a 50%. Se alguém os alerta para o disparate, ainda é tido como atrevido e abusador. Porque eles durante 10; 15 e mais anos nunca foram fiscalizados. 

publicado por carlocos às 15:36
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

"um resultado que compara bem com a recuperação a nível europeu"

O ano tem sido muito favorável ao turismo no Algarve. Melhor que todas as campanhas promocionais efectuadas por diligentes e pouco inteligentes agentes políticos, os conflitos do mundo a sul do mediterrânio deslocaram o turismo para o Algarve e Lisboa.  


Como sempre a crise pode ser uma oportunidade para uns e um flagelo para outros se a isso juntamos uma instabilidade política armada exemplos Egipto, Tunísia, Líbia, Síria para só referirmos os mais importantes, temos uma melhor campanha que todas as ideias peregrinas como a dos Allgarves. Ideia que de tinha tudo para não resultar inclusive a possibilidade de confusão com territórios em convulsão. Ideia de um inepto que julgava promover turisticamente pela negativa uma região. O crescimento das exportações para fora da europa isso sim é uma vitória e que poderá ser sustentável caso não se criem barreiras proteccionistas nos países importadores.  


Tudo isto leva a conclusão de que o improvável crescimento de 1,1% do PIB neste curto período é pode ser um fogo-fátuo que ainda vai queimar quem nisto vê a saída da crise, tantas vezes anunciada e tantas vezes desmentidas.  

publicado por carlocos às 15:04
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Inactivação de mina de fundear





 

 







Segundo a japantoday, a Força de Auto-Defesa Marítima Japonesa na passada terça-feira detonou uma mina da Segunda Guerra Mundial, que tinha sido abandonada por os EUA no Estreito Kanmon.


Era uma mina de fundear, com 2 metros de comprimento e pesava 900 kg, A mina tinha sido encontrada em Junho a uma profundidade de 11 metros a cerca de 200 metros da costa de Shimonoseki.


A MSDF deslocou a mina para águas mais profundas, para cerca de 2 milhas náuticas da costa, efectuando os procedimentos de destruição por detonação controlada. A mina foi detonada às 10:30 de terça-feira. A onda de choque provocou uma coluna de água de 100 metros,


Presume-se que cerca de 4.500 minas tenham sido lançadas no estreito durante a guerra. O MSDF diz que o movimento naquele local é superior a 500 embarcações por dia. É neste momento uma das mais movimentadas vias do Japão.

publicado por carlocos às 13:06
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Terça-feira, 13 de Agosto de 2013

Esta demo-cracia esta podre

A lei da limitação de mandatos é um dos muitos exemplos que os políticos estão acima da lei. Os exemplo de que eles vivem num mundo a parte e que não comungam das condições que impõem ao resto do país são várias. Chegam a criar leis que não pretendem respeitar. Dando uma vergonhosa imagem de si mesmos. Quando deveriam dar exemplos positivos são os primeiros a demonstrar que o país os serve e não são eles a servir o país. Criam exclusividades para eles quando exigem aos outros sacrifícios. Se por alguma inoperância a lei os atinge directamente simplesmente ignoram-na e avançam.

publicado por carlocos às 19:06
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Democracias e Demo-cracias

Se John F. Kennedy, fosse um político português nunca Prenunciaria a frase “Não perguntes o que o teu país pode fazer por ti. Pergunta o que podes fazer pelo teu país. Mas sim «não perguntes o que podes fazer pelo teu país, mas sim o que podes fazer por nós».

publicado por carlocos às 19:04
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

referer referrer referers referrers http_referer

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.links

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds