É curioso o desplante e desfaçatez com que a classe politica trata os assuntos de estado. Demonstrando um total desrespeito pelos eleitores que os elegeram para servirem o país

.UTILIDADES


ARTE
Aguarelas de Turner
Elfwood
Fantasy art
Boris Vallejo
Gorodin
Imagenetion
Luis Royo
Soanala
Tendreams
Zindy

ROTEIROS e MAPAS
Atlas local
Autour du Monde
Rotas e Viagens
Maporama.com
Mapas.clix
Mapa Michelin
Planta lisboa

AMBIENTE
Fauna Ibérica
Quercus
Geota
Portal Ambiente Online

COISAS INTERESSANTES
"> Dicas
Portal Europeu da Mobilidade
Expresso Emprego
Lado Negro da WEB
O Império Romano
Revelar Lisboa
Portal da história
Covers
Clube internet
Terramoto 1755
Lyrics
Museu das mentiras
Todays front pages
Realidade oculta
Vatican the Holy See

METEOROLOGIA
Geocid
Instituto de Meteorologia
Previsão do Estado do Tempo
Weather.co.uk

RECEITAS de CULINÁRIA
Culinarias.NET
Gastronomia de Portugal
Gastronomia Tradicional Portuguesa
Petiscos
Receitas de Culinária Online
Receitas e menus
Receitas macrobiótica
Receitas, Refeições e Comida É aqui!
Serviço Português de Gastronomia e Hotelaria

INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA
Atlas Geográfico
Centro de Estudos Geográficos
Earth google
Guia Geográfico
Instituto Geo do Exército
Instituto Geo Português

INVESTIGAÇÃO ESPACIAL
Agencia espacial europeia
SPACE.com
Portal do astrónomo

TEMPLATES
^.^ COYSITAS II ^.^
Mudar o template
Templates by Maximus
Portal By Marina

WALLPAPER
Dave's Scenic Nature
Deviantart
Desktopia
Digital Blasphemy
PCparadise
SPACE
Webshots

CASAS ENGRAÇADAS
Cavalheiros do Apocalipse Diz Que Disse
Esta barra é azul!
Estranho mas verdade
O coiso
Frente de Libertação Caramela
História em Disparates
Macacos sem galho
O Bobo
O MANGALHO ANTÍ-STRESS
vitominas

MOTORES DE BUSCA
Clix
Descobre
Google
Guia gratis
Iol
O leme
O Mocho
Sapo
Tendencia.cc

ENCICLOPÉDIAS E DICIONÁRIOS
Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
corrector On-line
Dicionários
Tradutor
Wikipedia

JORNAIS DE PORTUGAL
Agencia financeira
Correio da Manhã
Diário digital
Diário económico
Diario de notícias
Expresso
Lusa
Jornal digital
Jornal de negócios
Jornal de notícias
Jornalismo & Comunicação
Mundo.pt
Sol
Publico
O 1º de Janeiro
Semanário

REVISTAS
Nova Vaga
Visão
Finisterra
National Geographic
Atlântico
Sabado

TV
TVI

Rádio

Telefonia do Alentejo
RR

JORNAIS REGIONAIS
ALGARVE

Jornal do Algarve
Jornal do sotavento
Região sul

ALTO ALENTEJO
Diário do Alentejo

BAIXO ALENTEJO
Moura digital

BEIRA ALTA
Diário regional Viseu
Nova Guarda

BEIRA BAIXA
Jornal do fundão
Reconquista
Gazeta do interior

BEIRA LITORAL
As Beiras
Diário de Coimbra
Diário de Aveiro
Diário de Leiria

DOURO LITORAL
Imediato

ESTREMADURA
Jornal da praceta
Região de Setubal
Voz do campo
O Setubalense

MINHO
Diário do Minho
Antena Minho-106.0 FM

RIBATEJO
O Mirante
O Ribatejo
Vida Ribatejana

TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO
Mensageiro de Bragança
Voz do nordeste

AÇORES
Azores.gov
Azores digital
Açoriano Oriental
A união

MADEIRA
Madeira.gov
DN da Madeira
Jornal da Madeira

COMUNIDADES PORTUGUESAS
Lusoamericano
Gazeta Lusófona
Jornal Portugal Ilustrado
Mundo-Luso
Portuguese times
Sol Português

ESTRANJA
ANGOLA
Angola Press

ARGENTINA
Clarin Digital
Pagina12

BRASIL
Correio da Bahia
Diario do Nordeste
Globo
News yahoo
Midia sem mascara
Gazeta online

CHILE
El Mercurio
El diario

ESPANHA
El País
El Mundo
abc
Andalucia
El Periodico
Minuto Digital

FRANÇA
Le Monde
Le Figaro

INGLESES
Guardian
The Herald
Financial Times

ITALIANOS
Corriere della Sera
La Repubblica

PORTO RICO
El Nuevo Día

USA
The New York Times
The Washington Post

Islão
Webislam

.posts recentes

. Oh Pedrinho, é feio andar...

. É curioso a frase.

. Para que serve um Ministr...

. Qual é imagem de marca de...

. Mário Viegas Manifesto An...

. O pior presidente de semp...

. Vale a pena ir votar?

. Um presidente um governo.

. O fulano Decidiu que não ...

. Porque se fazem eleições ...

. Porque incomoda a tanta g...

. Pergunta do dia

. Anda por ai uma direita d...

. Olha como está irritada

. Andam todos por ai assust...

. Afinal o ps não aprendeu ...

. Que democracia é esta

. Diz o povo na sua sabedor...

. Existe gente com uma pret...

. “Ajudemos o presidente a ...

. O governo não sabia da li...

. Tiques de ditador.

. Porque razão apresentou a...

. O homem ainda não morreu ...

. Ulrich: "Troika mandou-me...

. Tanto ruido.

. 'Swissleaks' e a xariá

. O EMIGRANTE

. Quando se entra em campan...

. O alarve

. É um conto de crianças.

. Quando os valores morais ...

. Os nossos amigos de turba...

. 10 minutos da vida dum tr...

. Uma ideia, um terrorismo....

. O Mário e gafes

. Mais uma aventura que vai...

. O ambiente cheira mal

. Quando a saúde não tem me...

. Ilhas selvagens portugues...

. Estou farto dos que dizem...

. Quantos pobres recebem “9...

. Grande golpe publicitário...

. Muito se tem falado e esc...

. Visita Guiada ao Museu Mi...

. Como lida a polícia no br...

. A TAP, e os palermas

. BEM-HAJA, Senhor Almirant...

. São noticias deste calibr...

. Não podia estar mais de a...

.tags

. “É para inglês ver”; insustentável; list

. “falta de carácter”

. “OBVIAMENTE

. "a voz do dono"

. "Não tenho andado por aqui"

. "o baqueiro do regime"

. "O insólito acontece "

. "reduzir salários"

. 10.8%;erro;grave;desemprego

. 14%; desemprego

. 150 bombeiros

. 150.000 entalhes.

. 25 abril

. 27º

. 4 Milhões

. «por que no te callas»

. a aldeia dos trafulhas.

. a arte de bem mentir.

. a culpa morre solteira

. a força

. a gamar é que esta o ganho

. A ministra? E os exames…

. a primeira baixa colateral

. a velha

. abertura

. acabou

. acepipe

. agentes políticos

. agressões

. aguenta

. ai

. ajuda

. al-zarqawi

. alcachofra

. alcatrão

. alemao

. alguem diferente

. alimentar

. almeida ao poder.

. amnistia

. amo-te

. ana politkovskaia

. anjos caídos

. aprender

. armadilha mortal

. arquivamento

. arredondamento; banco; roubo; arrogante

. Arriba Fóssil

. asneira; nuclear; falências; electricida

. asno

. asnos; governam

. assalto; banco

. assaltos

. assaltos violentos

. assistência

. avô cantigas

. azar; vai-te satanás

. balbúrdia

. baldas

. bancarrota; guerra-civíl

. bancos; depositos

. bancos; lucros

. bandeira

. bando de bestas

. banha da cobra

. bárbaros; império; reformas

. bes

. besta; muro

. bestas

. bestiais

. bicha popular

. bilderberg; foleiro

. bisonte;

. bloco central

. BMW; sumptuárias; encantar; défice

. bobo

. brasil

. briosa de luto

. bronco; sporting

. Buracos negros; pensões douradas; vidas

. burlesco; revolta; fora-da-lei

. burro

. burros e jumentos.

. c.g.d.

. cacto

. cada cavadela

. corrupção

. corruptos

. demagogia

. economia da ruína

. estupidez

. grécia

. incompetente

. militares

. oportunismo

. pedofilia

. ridículo

. roubo

. socialismo

. sons of anarchy

. todas as tags

.arquivos

. Junho 2017

. Outubro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Contadores

Segunda-feira, 23 de Julho de 2012

O que estas bestas ainda não perceberam?

As receitas fiscais do Estado caíram 3,1% nos primeiros seis meses do ano em relação ao primeiro semestre de 2011, revela a DGO.

Se estivéssemos a ser governados por pessoas sérias e inteligentes estes números provocariam pânico e serviriam para que fossem tomadas mediadas de modo a contrariar estes resultados.

Estes dados ao contrário do que estas bestas apregoam não são sinais. São resultados duma gestão ruinosa.

Utilizando uma expressão de Cavaco Silva, Portugal é um caminhão desgovernado por uma ladeira a baixo a procura da parede onde se vai espatifar.

Esta espécie de imbecis continuam a dizer que isto esta no bom caminho. Tentam passar uma imagem de aceitação e confiança do exterior.

Como se não conhecêssemos a conversa. Quando o anterior governo estava a destruir o país a conversa era a mesma. Estamos bem e recomendasse. A nazi elogiava os corruptos anteriores. Eram só elogios e quem falava contra o que se estava a passar eram os botabaixistas. Aqueles perversos dos velhos do Restelo. Tudo era um mar de rosas. Ao ponto de haver bestas que os defendem. Bestas com a mínima capacidade de aprender. Clientelas partidárias subservientes.

Elas existem e sustêm esta cambada de doutores da mula russa, que servem-se do governo para se governarem e encher os bolsos dos bem farsantes que berram contra as compensações dos trabalhadores pela sua disponibilidade para serem escravos. Dessa cambada de parasitas nunca se ouve falar no escândalo das PPP ou das rendas ilegítimas das elétricas. Para eles isso é direitos legítimos. Um salário digno, o direito a uma reforma paga com 1/3 do salário de uma vida contributiva é ilegítimo.

É, assim e duma desfaçatez apoiada por um bando de imbecis subservientes incapazes de distinguir uma compensação dum direito ilegítimo.

publicado por carlocos às 20:55
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Sexta-feira, 13 de Julho de 2012

Para ajudar o magnifico líder

Para ajudar o magnifico líder, a compensar as receitas perdidas com o fim da possibilidade de roubar os subsídios aos funcionários públicos e aos reformados Aqui vai uma lista de alguns observatórios onde deveriam começar por cortar.

Essa sim era redução de despesa efectiva.

 

Observatório do
medicamentos e dos produtos da saúde

 Observatório nacional de saúde

 Observatório português dos sistemas de saúde

 Observatório vida

 Observatório do ordenamento do território

 Observatório do comércio

 Observatório da imigração

 Observatório para os assuntos da família

 Observatório permanente da juventude

 Observatório nacional da droga e
toxicodependência

 Observatório europeu da droga e
toxicodependência

 Observatório geopolítico das drogas

 Observatório do ambiente

 Observatório das ciências e tecnologias

 Observatório do turismo

 Observatório para a igualdade de oportunidades

 Observatório da imprensa

 Observatório das ciências e do ensino superior

 Observatório dos estudantes do ensino superior

 Observatório da qualidade em serviços de
informação e conhecimento

 Observatório da comunicação

 Observatório das actividades culturais

 Observatório local da Guarda

 Observatório de inserção profissional

 Observatório do emprego e formação
profissional

 Observatório nacional dos recursos humanos

 Observatório regional de Leiria

 Observatório permanente do ensino secundário

 Observatório permanente da justiça

 Observatório estatístico de Oeiras

 Observatório da criação de empresas

 Observatório Mcom

 Observatório têxtil

 Observatório da neologia do português

 Observatório de segurança

 Observatório do desenvolvimento do Alentejo

 Observatório de cheias

 Observatório da sociedade de informação

 Observatório da inovação e conhecimento

 Observatório da qualidade em serviços de
informação e conhecimento

 Observatório das regiões em reestruturação

 Observatório das artes e tradições

 Observatório de festas e património

 Observatório dos apoios educativos

 Observatório da globalização

 Observatório do endividamento dos consumidores

 Observatório do sul Europeu

 Observatório europeu das relações
profissionais

 Observatório transfronteiriço Espanha-Portugal

 Observatório europeu do racismo e xenofobia

 Observatório dos territórios rurais

 Observatório dos mercados agrícolas

 Observatório virtual da astrofísica

 Observatório nacional dos sistemas
multimunicipais e municipais

 Observatório da segurança rodoviária

 Observatório das prisões portuguesas

 Observatório nacional dos diabetes

 Observatório de políticas de educação e de
contextos educativos

 Observatório ibérico do acompanhamento do
problema da degradação dos povoamentos de sobreiro e azinheira

 Observatório estatístico

 Observatório dos tarifários e das
telecomunicações

 Observatório da natureza

 Observatório qualidade

 Observatório da literatura e da literacia

 Observatório da inteligência económica

 Observatório para a integração de pessoas com
deficiência

 Observatório da competitividade e qualidade de
vida

 Observatório nacional das profissões de
desporto

 Observatório das ciências do 1º ciclo

 Observatório nacional da dança

 Observatório da língua portuguesa

 Observatório de entradas na vida activa

 Observatório europeu do sul

 Observatório de biologia e sociedade

 Observatório sobre o racismo e intolerância

 Observatório permanente das organizações
escolares

 Observatório médico

 Observatório solar e heliosférico

 Observatório do sistema de aviação civil

 Observatório da cidadania

 Observatório da segurança nas profissões

 Observatório da comunicação local

 Observatório jornalismo electrónico e
multimédia

 Observatório urbano do eixo atlântico

 Observatório robótico

 Observatório permanente da segurança do Porto

 Observatório do fogo

 Observatório da comunicação (Obercom)

 Observatório da qualidade do ar

 Observatório do centro de pensamento de
política internacional

 Observatório ambiental de teledetecção
atmosférica e comunicações aeroespaciais

 Observatório europeu das PME

 Observatório da restauração

 Observatório de Timor Leste

 Observatório de reumatologia

 Observatório da censura

 Observatório do design

 Observatório da economia mundial

 Observatório do mercado de arroz

 Observatório da DGV

 Observatório de neologismos do português
europeu

 Observatório para a educação sexual

 Observatório para a reabilitação urbana

 Observatório para a gestão de áreas protegidas

 Observatório europeu da sismologia

 Observatório nacional das doenças reumáticas

 Observatório da caça

 Observatório da habitação

 Observatório do emprego em portugal

 Observatório Alzheimer

 Observatório magnético de Coimbra

 

Rapidamente e sem muito trabalho salta a vista este;

Observatório da DGV.

Para que serve? A DGV já não existe porque ainda se mantem este sorvedouro de subsídios.

publicado por carlocos às 00:50
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Julho de 2012

O 31 da Armada tornou-se no blog dos Abrantes versão rasca

O 31 da Armada tornou-se no blog dos Abrantes versão rasca. 

  

Na defesa da actividade ilícita do governo tudo serve até mentir. Sim porque têm perfeito conhecimento das medidas a ser aprovadas em Espanha em concelho. Não serve alegar desconhecimento para justificar as mentiras colocadas nos postes.

 

Basta consultar o Diário Espanhol El País, para ver que as medidas em nada são parecidas do que se passa em Portugal. É por isso deselegante utilizar as mediadas em Espanha como se fossem as mesmas que em Portugal.

 

Em Espanha as subvenções dos partidos levam um corte de 20% e não um aumento como em Portugal. Troque implícito na nova lei das subvenções partidárias onde as multas são pagas pelos contribuintes.

 

E não mexem no IVA super-reduzido de 4%, o reduzido passa de 8% para 10% e não como por cá para 23%.  

Mas em atenção aos Abrantes de Passos Coelho deixo uma ajuda para que possam ser um pouco mais rigorosos.   

Rajoy ha anunciado que suprimirá la paga extraordinaria de Navidad para los funcionarios este año. “La medida se aplicará a los altos cargos de la Administración central, local y autonómica”. El presidente ha pedido que también sea aplicada a los senadores y diputados. La medida supondrá un ahorro de cerca de 5.000 millones de euros.

 

Los funcionarios podrán recuperar parte de esta paga a partir de 2015 pero no en metálico, sino a través de una aportación al fondo de pensiones. Está por determinar si esta medida de suspender la paga extra será aplicable también en los próximos dos años.

Muito diferente do que por aqui se passa.

publicado por carlocos às 20:45
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Crianças portuguesas emigram para trabalhar

Que as famílias estavam a retirar os idosos dos lares por não conseguirem suportar financeiramente os custos e porque as reformas são uma fonte importantíssima de rendimento para colmatar alguma carência financeira é assunto que não me surpreende. Também não me surpreende que os colégios privados tenham perdido alunos. Nem ainda é de surpreender alguém com bom senso que o abandono escolar tenha aumentado. Tudo isto é resultado da actividade dos criminosos que se governam e satisfazem os boys.

O que me deixa surpreso é estarem crianças portuguesas a emigrar para trabalhar.

O comissário do Conselho da Europa para os direitos humanos alerta para o facto de existirem crianças portuguesas a emigrar para trabalhar por causa da crise e famílias a retirar idosos das instituições para beneficiar das suas reformas.

publicado por carlocos às 00:28
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Filhos da Puta

Governo paga subsídio de férias a assessores de gabinetes

Excepção é justificada com o facto de a suspensão decretada no OE de 2012 “não ter efeitos retroactivos”.

publicado por carlocos às 00:06
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Julho de 2012

Os fundamentalistas do folclore

Os Abrantes batem-se pela defesa do relvas. Quais paladinos da insanidade.

publicado por carlocos às 20:40
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Julho de 2012

Que anda a fazer o governo?

Estado leva à classe media 79€ por cada 100€ em impostos diretos e indiretos.

O assunto do gamanço bem explicadinho todos entendem.

 

Falta saber qual é essa fundação pertença dum fundador partidário que serve para casamentos faustosos pagos a custa da pobreza.

publicado por carlocos às 17:29
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

A ordem do dia é a decisão do TC

Da direita trauliteira portuguesa elevam-se as vozes discordantes. Já não há maçon que não bote opinião contra o TC e a sua decisão. Já não existe pachorra para tanto disparate. Protestam as criaturas contra o acórdão esquecendo que a lei é para se cumprir. Por mais jeito que possa dar a essa gente uma suspensão. A constituição ainda esta em vigor e não foi suspensa. Não dá jeito. Compreendo. Aos pedófilos a merda da lei que proíbe actos sexuais com menores também não dá jeito. Esse tipo de canalha arrisca-se a ir bater com os custados na cadeia. Isto é se não pertencer a determinado partido. A lei que penaliza a corrupção também é chata. Mesmo apesar de não vermos os verdadeiros corruptos na cadeia. Isto das leis é coisa chata que o diga aquele sr. Que foi apanhado em excesso de velocidade que disse que o estado é que pagava a multa. Isto das leis é afinal coisa chata. Quem gosta delas?  

De certeza que não este governo, que quer governar a seu belo prazer mantendo tudo como antes. Tudo o que possa garantir uns taxos, nos intervalos políticos é para se manter.  Nem que para isso se tenha que esmagar os cidadãos em impostos.

Estamos garantidos que tudo será feito em prole da garantia das mordomias políticas e dos taxos dos boys. Não criaram eles nebulosas no próprio seio da função pública? Não foram eles a criar a seu belo prazer exceções. Não governaram desde o primeiro dia em mentira e contradição? Não iniciaram a governação a governar contra uns e a favor de outros?

De imposto em imposto até a ruina final. Este é o caminho preconizado por uma classe politica mal preparada e incompetente.

Repudio-me por pensar alguma vez que isto era gente seria.

publicado por carlocos às 15:10
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

A ainda quem esteja preocupado com a reputação

Os ex-alunos da Universidade Lusófona querem que a administração e a reitoria da instituição esclareçam as condições em que o ministro Miguel Relvas obteve uma licenciatura em um ano, alegando que a polémica põe em causa as suas reputações.

Não é caso para menos. Se estivermos recordados duns casos semelhantes que levou ao encerramento doutra universidade. É caso para que não só os anteriores, mas também os actuais fiquem preocupados.

publicado por carlocos às 14:47
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Até que no fundo estou de acordo com o disparate desta senhora

A ministra das Finanças finlandesa disse hoje que Helsínquia prefere preparar-se para sair do euro do que pagar as dívidas dos outros países.

Estaria ainda mais de acordo se esta senhora tivesse disto isto à uns anos atrás quando andávamos a pedir dinheiro para fazer obras faraónicas. Auto-estradas sem trânsito, aeroportos, TGV,s, Magalhães. Roubos e mais roubos, boys e mais boys. Já nessa altura se sabia que estávamos em rumo de colisão com a bancarrota. Mas nessa altura esta senhora estava calada. Emprestava mesmo sabendo que Gregos, Portugueses não tinham capacidade de pagar o endividamento. Foi esta e todos os seus outros pares europeus coniventes com o roubo. Foram cúmplices porque tinham dividendos a ganhar. Muito bem fez a Islândia em os mandar a todos para a puta que os pariu. Não pagou e não teve para sustentar esta canalha europeia de políticos corruptos e cúmplices de ladrões. E muito bem o fez porque de novo é um exemplo para todo o mundo.

publicado por carlocos às 14:44
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Constituição foi a banhos em 2012

O tribunal constitucional suspende a constituição por um ano. Não devem os portugueses de estar preocupados?

publicado por carlocos às 14:43
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Este 1º ministro e este governo envergonha-me

Este sr. Demonstra uma completa falta de sensibilidade e de pudor. Para ele vale tudo mesmo a destruição de famílias. O facto de estar a crescer desmesuradamente a insolvência quer de famílias como de empresas não é importante. O facto de famílias diariamente perderem a sua habitação é irrelevante. O facto de aumentarem os suicídios é coisa menor. Os doentes que são obrigados a optar entre medicamentos e o pão é insignificante. A fome que alastra é uma coisa sem importância. A consequência da sua incapacidade e dos seus pares para governar é irrelevante.

O que é importante é taxar, espoliar, de algum modo subir receitas nem que seja roubando uma fatia de pão com margarina. Todo é valido menos cortar nos boys e nas parcerias ruinosas feitas pelos outros mas com a garantia deste senhor da sua continuidade.

Podem vir todos os patifes que não respeitam os direitos humanos. Toda essa canalha humana elogiar. Que sabemos bem os amigos o os humores desses mesmos.

Como antes diziam alguns quando a outra criatura era vista junto de Kadhafi e Hugo Chaves “Diz-me com quem andas dir-te-ei quem és” que agora estão calados quando o ministro das finanças é elogiado pelo representante máximo dum regime que não respeita os direitos humanos. Só posso dizer a esses e ao elogiado – Diz-me quem te elogia, dir-te-ei quem és.

publicado por carlocos às 14:42
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

A decisão salomónica do tribunal constitucional não podia vir em melhor altura

Passo Coelho fica deste modo mandatado para cortar subsídios quer no privado quer no público e pensionistas. Só falta saber se na totalidade se em percentagem.

 

Agora para ser constitucional tem que ser mesmo aqueles que recebem a recibos verdes?

 

Mas esta decisão abre uma brecha irreparável. É no cargo de Presidente da República. Ele como garante da constituição. Nunca podia ter aprovado o orçamento de estado para 2012, ferido de inconstitucionalidade. Ele, o Presidente cometeu o mais grave acto que um Presidente pode cometer. Aprovar uma constitucionalidade. É ele o garante do bom funcionamento das instituições e é, era o único cargo que ainda o mantinha a tona.


Este governo construiu ele próprio ilegalidades sobre ilegalidades. As exceções são logo só por si inconstitucionalidades que este governo teve o cuidado de promover dentro da própria administração pública. E que o Sr. Presidente não teve o menor pudor em promulgar. Neste momento o actual presidente passou a ser um simples boneco decorativo. Vários foram os avisos e dos quadrantes, sobre a ilegalidade da medida que se fizeram ouvir. E todos Cavaco Silva desprezou. Poderia ter e tinha muitos mecanismos à sua disposição para tornar o OE, aprovável sem a ferida da inconstitucionalidade. Pede-se a um presidente que seja activo que pondere, que dialogue e traga consensos que faça o mínimo que seja o mínimo. Não que aprove tudo o que lhe ponham na frente. Nem que venha com justificações das suas aprovações. Se tiver que vetar que vete. Mas que funcione em consciência e que respeite.

publicado por carlocos às 01:22
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Decisão de pilatos

Ao ler a decisão do tribunal constitucional não resisti a esboçar um sorriso. A decisão parece de tal maneira sem nexo e estranha que de novo me salta a memória a minha frase preferida. Em Portugal por mais ridículo que pareça, já aconteceu ou está para acontecer. Desta vez temos uma lição salomónica. A coisa é ilegal mas nós fechamos os olhos. E lavamos dai as mãos à forma de Pilatos. Mas vocês vão aos bolsos dos outros para o ano. Que isto é para roubar a todos.  

 

Triste país este onde não se pode acreditar em nenhuma instituição.  

publicado por carlocos às 00:21
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Julho de 2012

Vale a pena ouvir até ao fim e tirar ilações

publicado por carlocos às 16:54
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Este é mais um exemplo do que querem transformar o mundo do trabalho

É curioso como não faz eco nem provoca ondas de choque este recuo civilizacional. é um exemplo do futuro da maioria dos trabalhadores nesta desorganização da sociedade que está em curso.

Para o patronato condição inferior a escravatura é o limite. Não lhe chega o céu querem também o inferno e para isso contam com a orgulhosa ajuda do governo e UGT e submissão cobarde dos trabalhadores.

 

Queixam-se os trabalhadores da perda dum dia de salário por uma greve, em defesa dos seus direitos. E depois são confrontados com situações como a dos Centros de Saúde de Lisboa que trocam contratados por recibos verdes.

Se já estavam a ser mal renumerados pois auferiam uma insignificância de aproximadamente 650€. Agora passam a 490€ e a recibos verdes. O que quer dizer que retirando o mínimo em imposto para a segurança social, na melhor das hipóteses levam para casa ao fim do mês 351€. Pergunto-me como querem que alguém sobreviva com esta esmola. Como querem que este país evolua. Como é possível existir uma massa trabalhadora que só sabe berrar contra os que ainda têm forças para lutar. Olha para os resistentes a esta chusma de esclavagistas que ainda consegue lutar pela dignidade como um inimigo. Não olha para o seu futuro negro de escravo e diz “BASTA”.

 

Interrogo-me se quem tanto fala nas pensões mínimas e tanto se orgulha do insignificante aumento dessas mesmas pensões. Se não se revolta nem se envergonha de pertencer a um governo que permite ter trabalhadores a viverem com um salário inferir a essas pensões mínimas.

publicado por carlocos às 16:34
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

O mérito nunca foi tão desprezado como agora

É curioso, costumo dizer que, Em Portugal por mais ridículo que pareça, já aconteceu ou está para acontecer.

 

Após a revolução de 74, entramos num período das passagens administrativas onde se formaram bacharéis e licenciados sem frequência universitária. Foi um período de oiro para os cábulas… Talvez não, porque recentemente os burros, sem a mínima habilidade para a escola, encontraram um jeito ainda mais fácil de adquirir um canudo para embelezar uma qualquer parede numa qualquer sala transformada em escritório.

 

É ver o desfilar de canudos sem mérito ou saber, por uma gentinha de intelectuais de pacotilha. Gente sem princípios que utilizam todos os meios por eles disponibilizados para comprar um qualquer certificado. É para isto que serve o dinheiro dos contribuintes para montar uma loja de vaidades. Onde pavões sem o menor escrúpulo se servem dos subsídios de quem trabalhou a seu belo proveito. Hoje comprasse um estatuto com a maior das facilidades. Pela simples razão que existem pessoas sem o mínimo de dignidade, disposta a escarrar na sua própria condição para satisfazer a vaidade de um qualquer farsola.  

 

São os tempos que correm é a sociedade em vivemos. Onde a corrupção e a sem vergonha tudo corrompe. Onde já nada surpreende. Onde nada é ilegítimo. Onde os padrões de exigência não existem tudo é valido.

 

É o Portugal de hoje, onde meia dúzia de ovos podres têm tanto valor que uma licenciatura.     

publicado por carlocos às 16:20
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Julho de 2012

Relvas e outras ervas daninhas

É curioso. Sem dúvida que temos uma capacidade extraordinária em formar génios. Eles aparecem do nada e sempre já em idade avançada. É uma das características dos portugueses deixar tudo para o fim. E como assim é, porque não também na componente académica.

Miguel Relvas é mais um brilhante génio recentemente licenciado em Portugal. Criatura de distinta índole, um orgulho para a universidade onde brilhante e fulgurantemente se licenciou ao abrigo das novas oportunidades. É um exemplo de orgulho para todos os portugueses.

Um aluno de tão brilhante que ao concluir uma cadeira com nota dez logo lhe permitiu frequentar o 2 ano de direito como é referido no Jornal público. “Como esta: no registo biográfico entregue no Parlamento quando foi eleito pela primeira vez deputado (na IV Legislatura, iniciada a 4 de Novembro de 1985), Miguel Relvas escreveu na alínea das habilitações literárias: “Estudante universitário, 2.º ano de Direito” – informação semelhante à do registo entregue na legislatura seguinte. Tendo Relvas feito apenas uma cadeira do 1.º ano de Direito, a que se deve a referência ao 2.º ano de Direito na informação que prestou à Assembleia? ” Será tudo o indica mais um brilhante estudante de filosofia em vias de emigrar para Paris.

Mas é um aluno agradecido ao seu professor. Inclusive teve o cuidado de o libertar da violência do ensino, colocando-o como seu assessor.  

Mal sabia aquele cidadão… Aquele que lhe caiu no colo o lugar de 1º ministro ao criticar as novas oportunidades. Que o seu mais brilhante ministro e o que melhor sabe se relacionar com a impressa, tinha recorrido ao processo das novas oportunidades.

Não consigo ao olhar para o elenco deste governo deixar de ver os actores do anterior.

publicado por carlocos às 02:14
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

“Beijar uma mulher que fuma é como lamber um cinzeiro”

Frase célebre dum então secretário de estado dum governo de Cavaco Silva.

 

Na mesma linha de pensamento e na sua originalidade Macário deveria de dizer; decisão do Supremo Tribunal Administrativo é como lamber um ramo de urtigas.

publicado por carlocos às 02:13
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

referer referrer referers referrers http_referer

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.links

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds