É curioso o desplante e desfaçatez com que a classe politica trata os assuntos de estado. Demonstrando um total desrespeito pelos eleitores que os elegeram para servirem o país

.UTILIDADES


ARTE
Aguarelas de Turner
Elfwood
Fantasy art
Boris Vallejo
Gorodin
Imagenetion
Luis Royo
Soanala
Tendreams
Zindy

ROTEIROS e MAPAS
Atlas local
Autour du Monde
Rotas e Viagens
Maporama.com
Mapas.clix
Mapa Michelin
Planta lisboa

AMBIENTE
Fauna Ibérica
Quercus
Geota
Portal Ambiente Online

COISAS INTERESSANTES
"> Dicas
Portal Europeu da Mobilidade
Expresso Emprego
Lado Negro da WEB
O Império Romano
Revelar Lisboa
Portal da história
Covers
Clube internet
Terramoto 1755
Lyrics
Museu das mentiras
Todays front pages
Realidade oculta
Vatican the Holy See

METEOROLOGIA
Geocid
Instituto de Meteorologia
Previsão do Estado do Tempo
Weather.co.uk

RECEITAS de CULINÁRIA
Culinarias.NET
Gastronomia de Portugal
Gastronomia Tradicional Portuguesa
Petiscos
Receitas de Culinária Online
Receitas e menus
Receitas macrobiótica
Receitas, Refeições e Comida É aqui!
Serviço Português de Gastronomia e Hotelaria

INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA
Atlas Geográfico
Centro de Estudos Geográficos
Earth google
Guia Geográfico
Instituto Geo do Exército
Instituto Geo Português

INVESTIGAÇÃO ESPACIAL
Agencia espacial europeia
SPACE.com
Portal do astrónomo

TEMPLATES
^.^ COYSITAS II ^.^
Mudar o template
Templates by Maximus
Portal By Marina

WALLPAPER
Dave's Scenic Nature
Deviantart
Desktopia
Digital Blasphemy
PCparadise
SPACE
Webshots

CASAS ENGRAÇADAS
Cavalheiros do Apocalipse Diz Que Disse
Esta barra é azul!
Estranho mas verdade
O coiso
Frente de Libertação Caramela
História em Disparates
Macacos sem galho
O Bobo
O MANGALHO ANTÍ-STRESS
vitominas

MOTORES DE BUSCA
Clix
Descobre
Google
Guia gratis
Iol
O leme
O Mocho
Sapo
Tendencia.cc

ENCICLOPÉDIAS E DICIONÁRIOS
Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
corrector On-line
Dicionários
Tradutor
Wikipedia

JORNAIS DE PORTUGAL
Agencia financeira
Correio da Manhã
Diário digital
Diário económico
Diario de notícias
Expresso
Lusa
Jornal digital
Jornal de negócios
Jornal de notícias
Jornalismo & Comunicação
Mundo.pt
Sol
Publico
O 1º de Janeiro
Semanário

REVISTAS
Nova Vaga
Visão
Finisterra
National Geographic
Atlântico
Sabado

TV
TVI

Rádio

Telefonia do Alentejo
RR

JORNAIS REGIONAIS
ALGARVE

Jornal do Algarve
Jornal do sotavento
Região sul

ALTO ALENTEJO
Diário do Alentejo

BAIXO ALENTEJO
Moura digital

BEIRA ALTA
Diário regional Viseu
Nova Guarda

BEIRA BAIXA
Jornal do fundão
Reconquista
Gazeta do interior

BEIRA LITORAL
As Beiras
Diário de Coimbra
Diário de Aveiro
Diário de Leiria

DOURO LITORAL
Imediato

ESTREMADURA
Jornal da praceta
Região de Setubal
Voz do campo
O Setubalense

MINHO
Diário do Minho
Antena Minho-106.0 FM

RIBATEJO
O Mirante
O Ribatejo
Vida Ribatejana

TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO
Mensageiro de Bragança
Voz do nordeste

AÇORES
Azores.gov
Azores digital
Açoriano Oriental
A união

MADEIRA
Madeira.gov
DN da Madeira
Jornal da Madeira

COMUNIDADES PORTUGUESAS
Lusoamericano
Gazeta Lusófona
Jornal Portugal Ilustrado
Mundo-Luso
Portuguese times
Sol Português

ESTRANJA
ANGOLA
Angola Press

ARGENTINA
Clarin Digital
Pagina12

BRASIL
Correio da Bahia
Diario do Nordeste
Globo
News yahoo
Midia sem mascara
Gazeta online

CHILE
El Mercurio
El diario

ESPANHA
El País
El Mundo
abc
Andalucia
El Periodico
Minuto Digital

FRANÇA
Le Monde
Le Figaro

INGLESES
Guardian
The Herald
Financial Times

ITALIANOS
Corriere della Sera
La Repubblica

PORTO RICO
El Nuevo Día

USA
The New York Times
The Washington Post

Islão
Webislam

.posts recentes

. Oh Pedrinho, é feio andar...

. É curioso a frase.

. Para que serve um Ministr...

. Qual é imagem de marca de...

. Mário Viegas Manifesto An...

. O pior presidente de semp...

. Vale a pena ir votar?

. Um presidente um governo.

. O fulano Decidiu que não ...

. Porque se fazem eleições ...

. Porque incomoda a tanta g...

. Pergunta do dia

. Anda por ai uma direita d...

. Olha como está irritada

. Andam todos por ai assust...

. Afinal o ps não aprendeu ...

. Que democracia é esta

. Diz o povo na sua sabedor...

. Existe gente com uma pret...

. “Ajudemos o presidente a ...

. O governo não sabia da li...

. Tiques de ditador.

. Porque razão apresentou a...

. O homem ainda não morreu ...

. Ulrich: "Troika mandou-me...

. Tanto ruido.

. 'Swissleaks' e a xariá

. O EMIGRANTE

. Quando se entra em campan...

. O alarve

. É um conto de crianças.

. Quando os valores morais ...

. Os nossos amigos de turba...

. 10 minutos da vida dum tr...

. Uma ideia, um terrorismo....

. O Mário e gafes

. Mais uma aventura que vai...

. O ambiente cheira mal

. Quando a saúde não tem me...

. Ilhas selvagens portugues...

. Estou farto dos que dizem...

. Quantos pobres recebem “9...

. Grande golpe publicitário...

. Muito se tem falado e esc...

. Visita Guiada ao Museu Mi...

. Como lida a polícia no br...

. A TAP, e os palermas

. BEM-HAJA, Senhor Almirant...

. São noticias deste calibr...

. Não podia estar mais de a...

.tags

. “É para inglês ver”; insustentável; list

. “falta de carácter”

. “OBVIAMENTE

. "a voz do dono"

. "Não tenho andado por aqui"

. "o baqueiro do regime"

. "O insólito acontece "

. "reduzir salários"

. 10.8%;erro;grave;desemprego

. 14%; desemprego

. 150 bombeiros

. 150.000 entalhes.

. 25 abril

. 27º

. 4 Milhões

. «por que no te callas»

. a aldeia dos trafulhas.

. a arte de bem mentir.

. a culpa morre solteira

. a força

. a gamar é que esta o ganho

. A ministra? E os exames…

. a primeira baixa colateral

. a velha

. abertura

. acabou

. acepipe

. agentes políticos

. agressões

. aguenta

. ai

. ajuda

. al-zarqawi

. alcachofra

. alcatrão

. alemao

. alguem diferente

. alimentar

. almeida ao poder.

. amnistia

. amo-te

. ana politkovskaia

. anjos caídos

. aprender

. armadilha mortal

. arquivamento

. arredondamento; banco; roubo; arrogante

. Arriba Fóssil

. asneira; nuclear; falências; electricida

. asno

. asnos; governam

. assalto; banco

. assaltos

. assaltos violentos

. assistência

. avô cantigas

. azar; vai-te satanás

. balbúrdia

. baldas

. bancarrota; guerra-civíl

. bancos; depositos

. bancos; lucros

. bandeira

. bando de bestas

. banha da cobra

. bárbaros; império; reformas

. bes

. besta; muro

. bestas

. bestiais

. bicha popular

. bilderberg; foleiro

. bisonte;

. bloco central

. BMW; sumptuárias; encantar; défice

. bobo

. brasil

. briosa de luto

. bronco; sporting

. Buracos negros; pensões douradas; vidas

. burlesco; revolta; fora-da-lei

. burro

. burros e jumentos.

. c.g.d.

. cacto

. cada cavadela

. corrupção

. corruptos

. demagogia

. economia da ruína

. estupidez

. grécia

. incompetente

. militares

. oportunismo

. pedofilia

. ridículo

. roubo

. socialismo

. sons of anarchy

. todas as tags

.arquivos

. Junho 2017

. Outubro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Contadores

Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2012

Ai burguesia, burguesia

Olhando a 1ª página do Semanário Sol, salta a vista uma frase. Parece que é atribuída ao Secretario Geral da UGT.

 

U.G.T, há quem afirme tratar-se da União de Sindicatos da Troika.

 

Mas voltando a dita frase “Uma Greve Geral não faz sentido nenhum” além disso uma greve geral não faz sentido porque ela deveria de ser multiplicada pelos números necessários.

 

Sempre tive a noção que a UGT não fazia sentido e se duvidas houvessem…   

 

As lutas dos trabalhadores sempre foram desgastantes. Por um lado temos um grupo que necessita do trabalho diário para poder comer e do outro o poder financeiro que não vê pessoas, vê números insignificantes. São eles os senhores do poder e nalguns países governados por frouxos que deveriam ser o fiel da balança, ainda somam ao seu o poder de empregar esses mesmos frouxos. Para contrariar essa desigualdade de poderes o outro prato deveria de ser representado por quem estivesse disposto a ir a luta. Já noutras ocasiões ouve a preocupação de insinuar que lutar não compensa. O mais recente exemplo foi a manifestação dos professores convocada a revelia dos sindicatos. Que depois acabaram por ir no embalo. Nessa altura sobressaiu o mesmo de sempre. O subordinado politico do governo de então. Quem esta habituado a mordomias, aburguesado não é fácil entrar em luta. Isso é bom para os outros.

 

Hoje com estes burgueses é difícil fazer uma greve com alguma duração. É difícil, senão impossível aguentar 33 dias em greve como na Bélgica que terminou em 23 Janeiro de 1961. Mesmo assim 50 anos depois caminham, e porque talvez os belgas sejam menos burgueses ou mais ciosos dos seus direitos. Sim direitos! Porque quem tem deveres também tem direitos. Ou melhor os direitos adquiridos não são da exclusividade do Ângelo Correia. Porque se ele tem direito à pensão e aos subsídios os outros também.

publicado por carlocos às 23:04
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Liga dos Amigos dos Sindicatos da Troika

A esta hora esta a decorrer uma entrevista na RTP2 e estou completamente enojado. Tive que mudar de canal.

Sim, não penso fazer queixa ao provedor do ouvinte. Decidisse-me pela liberdade de mudar de canal. Tudo é preferível incluindo os Morangos a ouvir aquela criatura Da União do Sindicatos da Troika.

publicado por carlocos às 19:46
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2012

Parabéns João Proença

Nem sempre temos a oportunidade de ficarmos inseridos na história dum povo.

Foi com grande oportunidade que o secretário-geral duma organização pseudo-sindicalista assinou o melhor acordo de progresso para um estado esclavagista.

É digno de nota o apoio aos escravocratas que em nome duma melhor sociedade de emprego promovem a baixa de salários e o aumento das horas de trabalho.

É uma forma excelente de promover a dependência e adormecer ao ponto de tornar uns perfeitos zombies sociais as populações trabalhadoras. De uns anos a este acordo, temos assistido a acordos atrás de acordos sempre agravando a relação empregado/empregador. Todo em nome duma melhor competitividade e a redução do desemprego. E de 6,4% então a data a vergonha nacional, nas palavras de quem mais promoveu o desemprego nas políticas disparatadas aplicadas e na forma de fazer essa politica. Ao recorde absoluto 13,2 confirmados pela OCDE. Como não podia deixar de ser o ónus da prova está na vítima. e são os trabalhadores os responsáveis pela incompetência dos nossos gestores. De excelência no publico ou nas parcerias com os resultados que tão bem conhecemos. Se duvidas houvesse, estamos debaixo de uma acção de resgate financeiro.

E quem é penalizado? Mais uma vez a massa que diariamente tem que se deslocar para um posto onde fingem que lhes pagam e eles sem motivação têm que produzir. Essa mesma massa que sai dum emprego, para entrar noutro de modo a poder fazer face a um cabaz em euros ao preço dos países ricos num país de salários pobres.

Serão eles os culpados? Sem dúvida! Durante anos deixaram e mantêm a bandalheira política a funcionar. As trocas da política pelas empresas de topo são comentário de transporte público e café. Mas nada mais que isso. Exemplos da sua segeira são comuns. E são eles os maiores inimigos deles mesmos. Como exemplo podemos pegar na divida dos transportes atribuída aos funcionários e suas regalias. A discussão dessa parvoíce a nível governamental não inibiu que as administrações adquirissem viaturas novas. E de quem é a culpa da gestão? Claro dos trabalhadores essa massa de parasitas. Isto na maneira de ver de outros trabalhadores.

 

"a administração da Carris recebeu um total de 420.556 euros em 2010, traduzindo-se num aumento nos vencimentos dos cargos de topo de quase 33 mil euros em comparação a 2009, apesar dos cortes salariais decididos na administração pública. O presidente da Carris aufere mensalmente 6577 euros brutos. Cada vogal da administração 5727 euros." Retirado do expresso.pt.

 

Qual a resposta?... Chega-se ao ponto de artificialmente reduzir a linha do rendimento que define o limiar de pobreza.

O disparate é enorme e salta aos olhos mas parece que ninguém quer ver. Hoje olhamos para um cabaz de compras e vemos o valor semelhante em todos os países do euro. Mas olhamos por sua vez para o valor do salário mínimo e médio e a disparidade salta aberrantemente como coisa disforme e destorcida da realidade. É este o estado em que isto chegou. Temos gestores a sacar salários astronómicos, prémios fabulosos. Então, nessas empresas de parcerias com o nosso dinheiro. O dinheiro dos contribuintes o risco e as quebras são absorvidas sempre pelo mesmo.

Não sr. Proença a culpa da baixa produtividade não é dos trabalhadores. Não sr.s do governo não são os trabalhadores os culpados do estado a isto chegou. São vocês. Não sr.s escravocratas nem da falta do chicote. Que é só o que falta.

O problema esta nas chefias na sua falta de competência. Na classe politica na sua irresponsabilidade. Quer-me parecer que mesmo munido de chicote a produtividade não aumentaria. Como também no tempo da escravatura existiam aqueles que matavam os escravos a porrada e não enriqueciam.  

Mas no fim. O verdadeiro culpado é a vítima. Ela que faz para sair debaixo do tapete? Acusa o vizinho de trapaceiro de calão. Ela luta pelos seus direitos? Não, o outro que o faça. Se o outro o faz é calão, devia era de estar a trabalhar.

Fazer greve? Isso é bom para a função pública. Eu se fizer não me pagam. Na função pública descontam-se os dias de greve também. E eles ainda estrebucham.

E você o que diz e o que faz? Eles deviam era estar como eu, nem estrebuchar podiam.

Não! Você devia era vir para a rua e gritar. Fazer-se ouvir. Mas não, você que vai engrossar a lista dos desempregados ou na melhor das hipóteses dos que vão ver o salário reduzido. Afunda-se no lamaçal silenciosamente como os outros. Os da diferença, da vergonha nacional 6,4%, para o recorde de 13,2%.

É isso estupidamente silenciosos, mas invejosos quanto baste.

publicado por carlocos às 12:32
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2012

De reforma em reforma

Não sei o que vem ai desta reunião de patrões e seus subalternos. A que o governo teima em chamar de “concertação social”.

Alguns dos disparates que são, seriam ou eram para ser falados e a aprovados pelos subordinados e que vieram ao conhecimento geral. São a possibilidade de despedir por falta de produtividade. Não sei o que foi discutido quando existe uma lei de 1975 que permite o despedimento por falta de produtividade. Lei essa que nunca foi exequível pela estupidez dos patrões por não serem capazes de definirem esse conceito de produtividade. Outra idiotice ali discutida é as pontes serem descontadas em dias de férias. Pergunto eu que proposta é esta se sempre assim se procedeu. Ou o empregado não ia simplesmente trabalhar e fazia ponte quando queria? Será que alguém comeu esta parvoíce como legitima? Parece que sim. Pelo menos pelo que veio a lume o governo assim procedeu. Interrogo-me, se ainda existe alguém minimamente inteligente para perceber a cretinice…

Mais uma vez o ataque aos trabalhadores e suas poucas compensações pela exploração a que são sujeitos diariamente. Nalguns casos inclusive a pressão psicológica por parte do patrão. Que na generalidade vê o trabalhador como um parasita e não como um colaborador.

Quantos trabalhadores é que ao fim de vários anos de colaboração com o patronato no crescimento da empresa constatam que a empresa, esta boa de boa saúde e que o patronato e mais família gozam de regalias. Que acha de sua exclusividade e que ele o patrão, e só ele é que produziu aquela riqueza. Olha agora para o empregado como um alvo a abater sabendo que naquela esquina existe um desempregado livre pronto a receber metade do que ele paga aquele que o ajudou a crescer.

Ainda à dias fui a um armazém de materiais comprar um produto e porque me alonguei na conversa com o funcionário na busca de informação. E estando eu naquele momento no armazém como único cliente pensei que poderia ser um pouco mais picuinhas e sair melhor informado. Foi um erro que cometi. Porque ainda não tinha saído já a besta do patrão estava a passar um raspanete ao empregado porque ele no ver dele, tinha dado conversa ao cliente. Não resisti e voltei para traz e mesmo correndo o risco de ser enxovalhado pela besta perguntei-lhe se ele preferia um cliente satisfeito ou para ele um bom funcionário tinha que ser uma besta incapaz de informar correctamente os clientes.

Espero – só depois me ocorreu – que não tenha trazido mais dissabores ao colaborador.  

Num programa da RTP, falava-se de emprego e dos malandros que não queriam trabalhar. Um senhor industrial, eng por sinal mostrava-se indignado pela simples razão que tinha mandado uns trabalhadores para o fundo de desemprego e que ele magnanimamente queria voltar a empregar. E eles, os malandros não aceitaram porque no fundo de desemprego ganhavam mais.

Ora se o subsídio de desemprego é 60% do salário. Quer dizer que o Sr empresário eng tinha arranjado maneira de reduzir os salários dos trabalhadores para menos de metade. Ele não tinha despedido porque… ele na realidade tinha era arranjado maneira de reduzir os salários de pessoas que pasmem-se, até eram da sua confiança. No dizer da criatura.

São estes príncipes da empregabilidade que ditam as regras e têm o governo na mão.    

publicado por carlocos às 22:19
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

A criatura dos pastéis de Belém

A criatura, quando era menino a mãe o chamava de Alvarinho. Nome importante e conhecido em todo o Portugal. Era inclusive, orgulho desta lusa terra, que tão ilustres pessoas viu nascer.

 

Logo cedo pela manhã dum dia triste o menino se lembrou que tinha um nome – o que a mãe o chamava – tão importante e conhecido também, e seria conhecido e mais que não fosse, ministro seria, para seu prazer. Ele que de ideias brilhantes fervilhava. Algumas, para não dizer todas. Mesmo aquelas que lhe vinham aos olhos quando no vaso branco defecava.

 

E foi num belo dia de aperto de alguém também fecundo em ideias. Tantas que até as anteriores eram esquecidas, quando ainda nem sequer as tinha completado. Se lembrou.

 

- Se no outro havia um, santos silva e era péssimo. Eu também tenho que ter um, santos silva.

 

E foi assim que as ideias dos pastéis de Belém foram às conferências ministeriais para gládio de uns tantos. Pessoas de parcos recursos intelectuais, que bota baixistas - como diria o outro - acharam a ideia, o exemplo ridículo. Vá lá saber porque. Tão brilhante ideia. E a forma, como foi apresentada… fazia denotar a intensidade, a excelência da ideia. Ideia digna dum génio. De, tratado em tempos de menino por nome importante.

publicado por carlocos às 16:43
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2012

É o Limbo

Tenho alguma dificuldade em entender estes políticos – cá para nós que ninguém nos ouve entendo-os bem – o secretário-geral do ps, pôs-se em bicos dos pés e comentou que o grupo Jerónimo Martins veio-lhe dar razão.

Então quando o grupo sonae - só como exemplo que muitos mais há - seguiu o mesmo caminho ele não tinha razão ou estava distraído?  

publicado por carlocos às 22:54
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Olha Mais um Jota

Não precisa de conquistar nenhum coração, a estupidez dos outros tem por desnorte sujeitar o país à continuidade da estupidez.

Como o outro dizia – de memória - não sei quando mas sei que serei 1 ministro. É uma verdade sem sofismas. Como dizia o falinhas mansas “é a vida”.  

publicado por carlocos às 22:36
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Ter ideias não é ser imbecil

É curioso, diz o povo que “palavras deva-os o vento” o problema é que as parvoíces ficam e fazem mossa.

Os nossos políticos são todos cheios de ideias e quem não os conhecesse até que iria na sua conversa – ou ainda alguns vão – isto a propósito da última ideia brilhante de mais um político de charneira do momento.

Vem o ministro adepto da vespa que evolui-o para um meio de transporte mais carote, à conta do orçamento. Que é como quem diz a conta do teu e do meu subsidio. Sugerir que a gestão das finanças familiares deve começar nos bancos da escola. Deveria no entender da criatura que para combater a pobreza deveria de ser administrada como disciplina curricular a gestão das finanças familiares.

Presumo que para elaboração tão importante disciplina, seria escolhido um qualquer político. Desses que tão bem nos tem governado.

A criatura esquece que foi por forma do endividamento das famílias que a economia nacional evoluiu aos valores do PIB anteriores aos disparates desses tais génios da política. Esquece ainda a criatura, que se não destruíssem a economia como o fizeram. Essas famílias conseguiriam manter a riqueza adquirida. Pela simples razão que na maioria as famílias envidaram-se para adquirir habitação. Raras excepções, ainda maior que a de político honesto.   

publicado por carlocos às 22:09
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

referer referrer referers referrers http_referer

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.links

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds