É curioso o desplante e desfaçatez com que a classe politica trata os assuntos de estado. Demonstrando um total desrespeito pelos eleitores que os elegeram para servirem o país

.UTILIDADES


ARTE
Aguarelas de Turner
Elfwood
Fantasy art
Boris Vallejo
Gorodin
Imagenetion
Luis Royo
Soanala
Tendreams
Zindy

ROTEIROS e MAPAS
Atlas local
Autour du Monde
Rotas e Viagens
Maporama.com
Mapas.clix
Mapa Michelin
Planta lisboa

AMBIENTE
Fauna Ibérica
Quercus
Geota
Portal Ambiente Online

COISAS INTERESSANTES
"> Dicas
Portal Europeu da Mobilidade
Expresso Emprego
Lado Negro da WEB
O Império Romano
Revelar Lisboa
Portal da história
Covers
Clube internet
Terramoto 1755
Lyrics
Museu das mentiras
Todays front pages
Realidade oculta
Vatican the Holy See

METEOROLOGIA
Geocid
Instituto de Meteorologia
Previsão do Estado do Tempo
Weather.co.uk

RECEITAS de CULINÁRIA
Culinarias.NET
Gastronomia de Portugal
Gastronomia Tradicional Portuguesa
Petiscos
Receitas de Culinária Online
Receitas e menus
Receitas macrobiótica
Receitas, Refeições e Comida É aqui!
Serviço Português de Gastronomia e Hotelaria

INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA
Atlas Geográfico
Centro de Estudos Geográficos
Earth google
Guia Geográfico
Instituto Geo do Exército
Instituto Geo Português

INVESTIGAÇÃO ESPACIAL
Agencia espacial europeia
SPACE.com
Portal do astrónomo

TEMPLATES
^.^ COYSITAS II ^.^
Mudar o template
Templates by Maximus
Portal By Marina

WALLPAPER
Dave's Scenic Nature
Deviantart
Desktopia
Digital Blasphemy
PCparadise
SPACE
Webshots

CASAS ENGRAÇADAS
Cavalheiros do Apocalipse Diz Que Disse
Esta barra é azul!
Estranho mas verdade
O coiso
Frente de Libertação Caramela
História em Disparates
Macacos sem galho
O Bobo
O MANGALHO ANTÍ-STRESS
vitominas

MOTORES DE BUSCA
Clix
Descobre
Google
Guia gratis
Iol
O leme
O Mocho
Sapo
Tendencia.cc

ENCICLOPÉDIAS E DICIONÁRIOS
Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
corrector On-line
Dicionários
Tradutor
Wikipedia

JORNAIS DE PORTUGAL
Agencia financeira
Correio da Manhã
Diário digital
Diário económico
Diario de notícias
Expresso
Lusa
Jornal digital
Jornal de negócios
Jornal de notícias
Jornalismo & Comunicação
Mundo.pt
Sol
Publico
O 1º de Janeiro
Semanário

REVISTAS
Nova Vaga
Visão
Finisterra
National Geographic
Atlântico
Sabado

TV
TVI

Rádio

Telefonia do Alentejo
RR

JORNAIS REGIONAIS
ALGARVE

Jornal do Algarve
Jornal do sotavento
Região sul

ALTO ALENTEJO
Diário do Alentejo

BAIXO ALENTEJO
Moura digital

BEIRA ALTA
Diário regional Viseu
Nova Guarda

BEIRA BAIXA
Jornal do fundão
Reconquista
Gazeta do interior

BEIRA LITORAL
As Beiras
Diário de Coimbra
Diário de Aveiro
Diário de Leiria

DOURO LITORAL
Imediato

ESTREMADURA
Jornal da praceta
Região de Setubal
Voz do campo
O Setubalense

MINHO
Diário do Minho
Antena Minho-106.0 FM

RIBATEJO
O Mirante
O Ribatejo
Vida Ribatejana

TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO
Mensageiro de Bragança
Voz do nordeste

AÇORES
Azores.gov
Azores digital
Açoriano Oriental
A união

MADEIRA
Madeira.gov
DN da Madeira
Jornal da Madeira

COMUNIDADES PORTUGUESAS
Lusoamericano
Gazeta Lusófona
Jornal Portugal Ilustrado
Mundo-Luso
Portuguese times
Sol Português

ESTRANJA
ANGOLA
Angola Press

ARGENTINA
Clarin Digital
Pagina12

BRASIL
Correio da Bahia
Diario do Nordeste
Globo
News yahoo
Midia sem mascara
Gazeta online

CHILE
El Mercurio
El diario

ESPANHA
El País
El Mundo
abc
Andalucia
El Periodico
Minuto Digital

FRANÇA
Le Monde
Le Figaro

INGLESES
Guardian
The Herald
Financial Times

ITALIANOS
Corriere della Sera
La Repubblica

PORTO RICO
El Nuevo Día

USA
The New York Times
The Washington Post

Islão
Webislam

.posts recentes

. Oh Pedrinho, é feio andar...

. É curioso a frase.

. Para que serve um Ministr...

. Qual é imagem de marca de...

. Mário Viegas Manifesto An...

. O pior presidente de semp...

. Vale a pena ir votar?

. Um presidente um governo.

. O fulano Decidiu que não ...

. Porque se fazem eleições ...

. Porque incomoda a tanta g...

. Pergunta do dia

. Anda por ai uma direita d...

. Olha como está irritada

. Andam todos por ai assust...

. Afinal o ps não aprendeu ...

. Que democracia é esta

. Diz o povo na sua sabedor...

. Existe gente com uma pret...

. “Ajudemos o presidente a ...

. O governo não sabia da li...

. Tiques de ditador.

. Porque razão apresentou a...

. O homem ainda não morreu ...

. Ulrich: "Troika mandou-me...

. Tanto ruido.

. 'Swissleaks' e a xariá

. O EMIGRANTE

. Quando se entra em campan...

. O alarve

. É um conto de crianças.

. Quando os valores morais ...

. Os nossos amigos de turba...

. 10 minutos da vida dum tr...

. Uma ideia, um terrorismo....

. O Mário e gafes

. Mais uma aventura que vai...

. O ambiente cheira mal

. Quando a saúde não tem me...

. Ilhas selvagens portugues...

. Estou farto dos que dizem...

. Quantos pobres recebem “9...

. Grande golpe publicitário...

. Muito se tem falado e esc...

. Visita Guiada ao Museu Mi...

. Como lida a polícia no br...

. A TAP, e os palermas

. BEM-HAJA, Senhor Almirant...

. São noticias deste calibr...

. Não podia estar mais de a...

.tags

. “É para inglês ver”; insustentável; list

. “falta de carácter”

. “OBVIAMENTE

. "a voz do dono"

. "Não tenho andado por aqui"

. "o baqueiro do regime"

. "O insólito acontece "

. "reduzir salários"

. 10.8%;erro;grave;desemprego

. 14%; desemprego

. 150 bombeiros

. 150.000 entalhes.

. 25 abril

. 27º

. 4 Milhões

. «por que no te callas»

. a aldeia dos trafulhas.

. a arte de bem mentir.

. a culpa morre solteira

. a força

. a gamar é que esta o ganho

. A ministra? E os exames…

. a primeira baixa colateral

. a velha

. abertura

. acabou

. acepipe

. agentes políticos

. agressões

. aguenta

. ai

. ajuda

. al-zarqawi

. alcachofra

. alcatrão

. alemao

. alguem diferente

. alimentar

. almeida ao poder.

. amnistia

. amo-te

. ana politkovskaia

. anjos caídos

. aprender

. armadilha mortal

. arquivamento

. arredondamento; banco; roubo; arrogante

. Arriba Fóssil

. asneira; nuclear; falências; electricida

. asno

. asnos; governam

. assalto; banco

. assaltos

. assaltos violentos

. assistência

. avô cantigas

. azar; vai-te satanás

. balbúrdia

. baldas

. bancarrota; guerra-civíl

. bancos; depositos

. bancos; lucros

. bandeira

. bando de bestas

. banha da cobra

. bárbaros; império; reformas

. bes

. besta; muro

. bestas

. bestiais

. bicha popular

. bilderberg; foleiro

. bisonte;

. bloco central

. BMW; sumptuárias; encantar; défice

. bobo

. brasil

. briosa de luto

. bronco; sporting

. Buracos negros; pensões douradas; vidas

. burlesco; revolta; fora-da-lei

. burro

. burros e jumentos.

. c.g.d.

. cacto

. cada cavadela

. corrupção

. corruptos

. demagogia

. economia da ruína

. estupidez

. grécia

. incompetente

. militares

. oportunismo

. pedofilia

. ridículo

. roubo

. socialismo

. sons of anarchy

. todas as tags

.arquivos

. Junho 2017

. Outubro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Contadores

Quarta-feira, 21 de Julho de 2010

Os disparates não acabam

Não conheço governo algum que não tenha governado a seu belo prazer por causa da constituição.

 

Nos últimos anos os partidos que têm governado este triste pedaço da ibéria são países de caris de direita. Não se incomodando minimamente com o malfadado cariz de esquerda da constituição. Por isso e ninguém de boa fé vê razão desta preocupação com as “linhas orientadoras” da constituição.  

 

Mas vejo mais um ataque à classe média nestas revisões das normas inscritas na constituição. Mais uma vez quem vai sair penalizado nas alterações quer na saúde quer na educação é a classe pagante de impostos. O esforço desmedido destes partidos de cariz de direita e no caso do PS transvertido em socialista é declaradamente com o objectivo de criar dois grupos sociais; os ricos e os pobres. Assim tem caminhado nos últimos 5 anos o país e assim se avança na consolidação dos objectivos.  

 

Se a destruição do emprego é uma forma lenta o saque fiscal nem por isso. Então as duas em conjunto é a forma rápida e segura para cumprir com os objectivos pretendidos. Se por um lado destroem empregos, por outro reduzem-se os salários duma classe média sustentadora deste estado de partidocracia. Ainda destroem as oportunidades de criar novos empregos.

 

Não satisfeitos com os objectivos alcançados, aparece a proposta liberal de revisão da constituição do PSD. É ela só por si, mais um passo de gigante e objectivo no fim pretendido e iniciado pelo PS. Proposta que assenta como uma luva nas intenções e corrente de pensamento socretina. Evidentemente o alarido será muito e os gritos histéricos se farão ouvir. Tudo uma questão de propaganda que nos bastidores a aceitação negoceia-se e quem perde? Sempre os mesmo, desde 2004.     

 

Levará ela, a que quem paga impostos e suporta toda esta máquina fique de fora dos chamados benefícios. Benefícios criados com os impostos deles. Não será desta forma que se salva o estado social. Não é criando novos pobres e empurrado para as ONGs e misericórdias as responsabilidades como se tem vindo a fazer que se resolvem os problemas.

 

Conhecendo eu a maneira ridícula de pensar destes políticos e teremos agregados familiares com rendimentos de 1000 ou pouco mais, fora dos benefícios e a pagar os mesmos serviços duas vezes como já é situação corrente. Só que agora não será uma taxa moderadora, ou propina, será uma taxa de riqueza.  

 

Até quando estamos dispostos a suportar?

publicado por carlocos às 00:32
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Terça-feira, 20 de Julho de 2010

A revisão

Não me parece que o PSD vá no bom caminho com – a ser verdade – revisão da constituição nos moldes que se comenta.

 

Deve o estado providenciar a saúde, educação, defesa, segurança e justiça grátis e universal para todos os cidadãos? Sem dúvida isso é responsabilidade do estado e uma forma dos contribuintes sentirem algum retorno nos impostos que pagam.

 

O saque feito aos contribuintes já é mais que suportável. Ronda a imoralidade. Os políticos têm que perceber que os impostos não servem só para os sustentar e aos seus boys. Os impostos são também para melhorar as condições de vida das populações e nada como estar doente, vitima duma injustiça ou insegura para que seja uma pessoa necessitada independentemente dos seus rendimentos. Ou terá essa pessoa que cair na pobreza estrema para usufruir dos impostos que atempadamente pagou referente aos seus rendimentos?

 

Para isso não é necessário pagar impostos ou trabalhar – ter qualquer tipo de rendimentos – quererá o PSD através da revisão da constituição dizer que é legitimo sermos um povo de madraços e que todos devemos viver dos Rendimentos Mínimos (RM)? Quererá o PSD a boa maneira do PS mas sem subterfúgios dizer que os impostos são exclusivamente para sustentar parasitas e seus boys? Porque não começa o PSD por anunciar que se for governo acaba com as viaturas de luxo no governo limitando as viaturas para uso privado aos ministros. Porque não anuncia que se for governo acaba a desfaçatez de esbanjar milhares de euros dos contribuintes em flores, em telemóveis, fundações de uso privado, institutos e outras parvoíces. Essas sim, dignas dum PS e em nada consistentes com uma social-democracia.   

 

Para um acesso igual, impostos iguais. Sem direitos não temos que suportar o dever desta estúpida canga fiscal.

publicado por carlocos às 10:14
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Julho de 2010

A besta.

A canícula fazia-se sentir. A tarde já ia alta quando nos fizemos ao caminho, o sítio estava escolhido, iríamos passar o resto do domingo com sol, no Muro.  

 

Tinha ido beber um café a Castelo Branco com a esposa, o miúdo ficara em casa com o avô. Ambos escolheram ficar em casa á chatice das compras necessárias - a verdadeira razão da ida à cidade – um foi dormir, outro a jogar na PSP. Que na aldeia miúdos para o acompanhar numa brincadeira não havia. Não há miúdos na aldeia. Já há uns anos que é mesmo, esporadicamente, muito raramente se encontram.   

 

O caminho estava como sempre, poeirento. Nada tinha mudado nesses últimos dez anos tirando a esporádica passagem duma máquina para endireitar o caminho e o disfarçar das regueiras do inverno, o caminho era o mesmo de sempre. Em tempos tinha havido uma tentativa de dar vida e criar uma praia fluvial naquele sítio. Tinha sido uma fugaz tentativa que tinha ficado pelo recuperar do paredão do açude e pouco mais. O que foi uma pena. Porque em abono da verdade era um espaço excelente e merecedor de um melhor trato, quer dos utentes, quer do poder local. Mas mesmo assim sem infra-estruturas de apoio, ao fim-de-semana nos meses de verão o espaço é escolhido por famílias em férias nas redondezas para ali passarem o dia.

 

Montamos o arraial a sombra dos pinheiros junto a uns casais com crianças. O garoto foi para a água na companhia da mãe. Fiquei a conversar com o sogro sentado no paredão, vigilante. A água estava cálida e convidava a prolongado banho. Os garotos ali á volta pulavam e mandavam água uns aos outros era um dia como tantos outros naquele local, onde o riso das crianças e o ruído dos seus folguedos resumiam-se aos fins-de-semana dos meses de verão.   

 

Nada de invulgar estava a acontecer até que uma pancada se ouviu e um grito de excitação se fez ouvir sobre a pacatez do dia. Uma besta, um fulano com aproximadamente 30 anos tinha com o auxílio de uma pá de brincar - pertença da sua afilhada - morto uma rã. Tinha a pobre coitada, feito dum pequeno tufo de ervas o seu lar e assim ficado a mercê do selvagem.

 

Erguia a besta em apoteose acima da cabeça o troféu. A rã morta. Que a única culpa lhe pesava, era a de ter dividido o espaço maravilhoso para uma rã viver, com as pessoas que ali iam passar uns momentos agraváveis. E com tamanho imbecil.

publicado por carlocos às 15:15
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 13 de Julho de 2010

Lembro-me desta forma de governar.

Já não haverá cortes orçamentais no sector das artes.

 

No tempo do goterrismo era prática corrente do governo de então mandar para fora ideias sobre a forma de governar, se a ideia tivesse alguma aceitação iam em frente, se sofresse contestação arrepiavam logo caminho.

 

Assim esta o mistério da cultura. A ideia mandada para fora foi de cortes. Foram estudar o impacto da ideia. Como sofreu contestação. Voltaram a trás e a ideia não passou disso mesmo. Uma ideia sem rumo. Assim como o ministério que anda sem ideias úteis.

publicado por carlocos às 00:52
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Julho de 2010

O que tem em comum o governo com a Fundação António Sardinha?

Muita coisa e em pormenor o facto de não cumprir os objectivos. Se a Fundação António Sardinha, em 30 não cumpriu com os objectivos propostos. O governo em 6 anos não produziu nada de palpável e útil para os portugueses.

 

Alguns portugueses estão contentes com a actuação do governo, uma minoria de pedigree. Esses têm toda a razão para o apoio. Mas o mesmo não se passa com a maioria que vê ao fim do mês o valor impresso no recibo do vencimento cada vez menor. Em compensação o valor retido cada vez maior.

 

São várias as razões do "esforço patriótico dos contribuintes"

 

para pagarem cada vez mais impostos. Mas desenganem-se os que pensam que é em prole das melhorias de todos. Se fossem nunca haveria razão para notícias como a do Correio da Manhã de hoje. O governo compra 922 automóveis.

 

O governo pode-se dar ao luxo de gastar 7,7 milhões de euros em viaturas novas ou outro qualquer luxo. Para isso lá estão as retenções na fonte, os esforços patrióticos dos pagantes e a redução do poder de compra.

 

Nada disso é importante, desde que tenha ali o motorista de chapéu na mão e a porta do reluzente topo de Gama aberta, pago por quem tem dificuldade em meter comida nos pratos dos filhos.

 

São os filhos de um deus menor que sustentam a mesa do despesismo socialista.

publicado por carlocos às 17:50
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Domingo, 11 de Julho de 2010

Estou convencido que agora é que vai.

Depois do comunicado “com grande satisfação” da demissão do director-geral das Artes. Presumo que agora é que vai. Ou não, o que é mais certo. Aquilo da cultura não vai para lado nenhum. É que ninguém empurra nem agora nem antes um mistério sem solução a vista. Nos últimos anos tem sido um sítio estranho com “aparentemente” pessoas competentes demitidas. Parece que essas pessoas nos lugares certos provocam urticária nos outros.

 

Por isso devem sair a bem do embrutecimento das massas, maçãs ou o queiram chamar. Que isto da cultura também é para as que infestam os pomares.

 

É curioso, Sr.ª ministra Gabriela Canavilhas, como é difícil o dialogo com os agentes culturais. Fico felicíssimo com a grande satisfação e estou expectante com o que vai fazer com ela.  

publicado por carlocos às 22:48
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Parabéns Espanã

Uma final em que uma equipa, a Espanha jogou futebol e a outra finalista ficou em terceiro.

 

O jogo decorreu todo com uma equipa a procura da vitória e a outra a tentar segurar o resultado. A Holanda com o que demonstrou na final é uma equipa inferior, ao nível da nossa selecção. Também eles têm medo de arriscar e defendem não com 10 mas sempre que podem com 11. Foram longe demasiado longe, acabaram com indisciplina só faltou o soco no árbitro.

 

A final desta vez foi mesmo antecipada e ficou pelas meias-finais.

publicado por carlocos às 22:18
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Terça-feira, 6 de Julho de 2010

"Uma maçã podre contaminará o ambiente"

 

Pressupõe-se, que Alvalade é um pomar.

 

É curioso, mas não é a imagem que ficou na fotografia da época passada e anteriores. Aquilo mais parecia um campo de nabiças. Além que sempre é possível – com algum esforço – jogar a bola num nabiçal e nunca o será possível num bananal, ou inclusive num pomar por mais sãs que possam ser as macieiras.

 

Muito pouco gosto de falar ou inclusive pouco ligo às palermices futebolísticas. Assunto que tornam as pessoas mais inteligentes uns perfeitos cegos de visão curta e de palas.

 

Que bem que ficaria ao presidente do clube resolver – se é que havia alguma coisa para resolver – e calar-se. Manter a sã atmosfera ganha pela saída da sita maçã de um pomar tão mal tratado pelo rendeiro. Sempre lhe ficara ao “rendeiro” do pomar a alegria de observar longe os êxitos de tão reluzente maçã.

 

Que o Sporting conserve este presidente por muitos e longos anos que a curva nos êxitos no clube será igual ao êxito do governo.

 

Ambos estão bem servidos no cargo de chefias e companhias.   

publicado por carlocos às 09:45
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

referer referrer referers referrers http_referer

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.links

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds