É curioso o desplante e desfaçatez com que a classe politica trata os assuntos de estado. Demonstrando um total desrespeito pelos eleitores que os elegeram para servirem o país

.UTILIDADES


ARTE
Aguarelas de Turner
Elfwood
Fantasy art
Boris Vallejo
Gorodin
Imagenetion
Luis Royo
Soanala
Tendreams
Zindy

ROTEIROS e MAPAS
Atlas local
Autour du Monde
Rotas e Viagens
Maporama.com
Mapas.clix
Mapa Michelin
Planta lisboa

AMBIENTE
Fauna Ibérica
Quercus
Geota
Portal Ambiente Online

COISAS INTERESSANTES
"> Dicas
Portal Europeu da Mobilidade
Expresso Emprego
Lado Negro da WEB
O Império Romano
Revelar Lisboa
Portal da história
Covers
Clube internet
Terramoto 1755
Lyrics
Museu das mentiras
Todays front pages
Realidade oculta
Vatican the Holy See

METEOROLOGIA
Geocid
Instituto de Meteorologia
Previsão do Estado do Tempo
Weather.co.uk

RECEITAS de CULINÁRIA
Culinarias.NET
Gastronomia de Portugal
Gastronomia Tradicional Portuguesa
Petiscos
Receitas de Culinária Online
Receitas e menus
Receitas macrobiótica
Receitas, Refeições e Comida É aqui!
Serviço Português de Gastronomia e Hotelaria

INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA
Atlas Geográfico
Centro de Estudos Geográficos
Earth google
Guia Geográfico
Instituto Geo do Exército
Instituto Geo Português

INVESTIGAÇÃO ESPACIAL
Agencia espacial europeia
SPACE.com
Portal do astrónomo

TEMPLATES
^.^ COYSITAS II ^.^
Mudar o template
Templates by Maximus
Portal By Marina

WALLPAPER
Dave's Scenic Nature
Deviantart
Desktopia
Digital Blasphemy
PCparadise
SPACE
Webshots

CASAS ENGRAÇADAS
Cavalheiros do Apocalipse Diz Que Disse
Esta barra é azul!
Estranho mas verdade
O coiso
Frente de Libertação Caramela
História em Disparates
Macacos sem galho
O Bobo
O MANGALHO ANTÍ-STRESS
vitominas

MOTORES DE BUSCA
Clix
Descobre
Google
Guia gratis
Iol
O leme
O Mocho
Sapo
Tendencia.cc

ENCICLOPÉDIAS E DICIONÁRIOS
Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
corrector On-line
Dicionários
Tradutor
Wikipedia

JORNAIS DE PORTUGAL
Agencia financeira
Correio da Manhã
Diário digital
Diário económico
Diario de notícias
Expresso
Lusa
Jornal digital
Jornal de negócios
Jornal de notícias
Jornalismo & Comunicação
Mundo.pt
Sol
Publico
O 1º de Janeiro
Semanário

REVISTAS
Nova Vaga
Visão
Finisterra
National Geographic
Atlântico
Sabado

TV
TVI

Rádio

Telefonia do Alentejo
RR

JORNAIS REGIONAIS
ALGARVE

Jornal do Algarve
Jornal do sotavento
Região sul

ALTO ALENTEJO
Diário do Alentejo

BAIXO ALENTEJO
Moura digital

BEIRA ALTA
Diário regional Viseu
Nova Guarda

BEIRA BAIXA
Jornal do fundão
Reconquista
Gazeta do interior

BEIRA LITORAL
As Beiras
Diário de Coimbra
Diário de Aveiro
Diário de Leiria

DOURO LITORAL
Imediato

ESTREMADURA
Jornal da praceta
Região de Setubal
Voz do campo
O Setubalense

MINHO
Diário do Minho
Antena Minho-106.0 FM

RIBATEJO
O Mirante
O Ribatejo
Vida Ribatejana

TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO
Mensageiro de Bragança
Voz do nordeste

AÇORES
Azores.gov
Azores digital
Açoriano Oriental
A união

MADEIRA
Madeira.gov
DN da Madeira
Jornal da Madeira

COMUNIDADES PORTUGUESAS
Lusoamericano
Gazeta Lusófona
Jornal Portugal Ilustrado
Mundo-Luso
Portuguese times
Sol Português

ESTRANJA
ANGOLA
Angola Press

ARGENTINA
Clarin Digital
Pagina12

BRASIL
Correio da Bahia
Diario do Nordeste
Globo
News yahoo
Midia sem mascara
Gazeta online

CHILE
El Mercurio
El diario

ESPANHA
El País
El Mundo
abc
Andalucia
El Periodico
Minuto Digital

FRANÇA
Le Monde
Le Figaro

INGLESES
Guardian
The Herald
Financial Times

ITALIANOS
Corriere della Sera
La Repubblica

PORTO RICO
El Nuevo Día

USA
The New York Times
The Washington Post

Islão
Webislam

.posts recentes

. É curioso a frase.

. Para que serve um Ministr...

. Qual é imagem de marca de...

. Mário Viegas Manifesto An...

. O pior presidente de semp...

. Vale a pena ir votar?

. Um presidente um governo.

. O fulano Decidiu que não ...

. Porque se fazem eleições ...

. Porque incomoda a tanta g...

. Pergunta do dia

. Anda por ai uma direita d...

. Olha como está irritada

. Andam todos por ai assust...

. Afinal o ps não aprendeu ...

. Que democracia é esta

. Diz o povo na sua sabedor...

. Existe gente com uma pret...

. “Ajudemos o presidente a ...

. O governo não sabia da li...

. Tiques de ditador.

. Porque razão apresentou a...

. O homem ainda não morreu ...

. Ulrich: "Troika mandou-me...

. Tanto ruido.

. 'Swissleaks' e a xariá

. O EMIGRANTE

. Quando se entra em campan...

. O alarve

. É um conto de crianças.

. Quando os valores morais ...

. Os nossos amigos de turba...

. 10 minutos da vida dum tr...

. Uma ideia, um terrorismo....

. O Mário e gafes

. Mais uma aventura que vai...

. O ambiente cheira mal

. Quando a saúde não tem me...

. Ilhas selvagens portugues...

. Estou farto dos que dizem...

. Quantos pobres recebem “9...

. Grande golpe publicitário...

. Muito se tem falado e esc...

. Visita Guiada ao Museu Mi...

. Como lida a polícia no br...

. A TAP, e os palermas

. BEM-HAJA, Senhor Almirant...

. São noticias deste calibr...

. Não podia estar mais de a...

. Luvas milionárias no caso...

.tags

. “É para inglês ver”; insustentável; list

. “falta de carácter”

. “OBVIAMENTE

. "a voz do dono"

. "Não tenho andado por aqui"

. "o baqueiro do regime"

. "O insólito acontece "

. "reduzir salários"

. 10.8%;erro;grave;desemprego

. 14%; desemprego

. 150 bombeiros

. 150.000 entalhes.

. 25 abril

. 27º

. 4 Milhões

. «por que no te callas»

. a aldeia dos trafulhas.

. a arte de bem mentir.

. a culpa morre solteira

. a força

. a gamar é que esta o ganho

. A ministra? E os exames…

. a primeira baixa colateral

. a velha

. abertura

. acabou

. acepipe

. agentes políticos

. agressões

. aguenta

. ai

. ajuda

. al-zarqawi

. alcachofra

. alcatrão

. alemao

. alguem diferente

. alimentar

. almeida ao poder.

. amnistia

. amo-te

. ana politkovskaia

. anjos caídos

. aprender

. armadilha mortal

. arquivamento

. arredondamento; banco; roubo; arrogante

. Arriba Fóssil

. asneira; nuclear; falências; electricida

. asno

. asnos; governam

. assalto; banco

. assaltos

. assaltos violentos

. assistência

. avô cantigas

. azar; vai-te satanás

. balbúrdia

. baldas

. bancarrota; guerra-civíl

. bancos; depositos

. bancos; lucros

. bandeira

. bando de bestas

. banha da cobra

. bárbaros; império; reformas

. bes

. besta; muro

. bestas

. bestiais

. bicha popular

. bilderberg; foleiro

. bisonte;

. bloco central

. BMW; sumptuárias; encantar; défice

. bobo

. brasil

. briosa de luto

. bronco; sporting

. Buracos negros; pensões douradas; vidas

. burlesco; revolta; fora-da-lei

. burro

. burros e jumentos.

. c.g.d.

. cacto

. cada cavadela

. corrupção

. corruptos

. demagogia

. economia da ruína

. estupidez

. grécia

. incompetente

. militares

. oportunismo

. pedofilia

. ridículo

. roubo

. socialismo

. sons of anarchy

. todas as tags

.arquivos

. Outubro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Contadores

Quinta-feira, 16 de Novembro de 2006

"Um serviço consular decente".

Finalmente! O cônsul de Portugal em Roterdão, Óscar Ribeiro Filipe, vai ser substituído. De longa data alvo de críticas dos dirigentes da comunidade portuguesa. Ainda esta semana foi pedido pela presidente da Federação das Associações da Comunidade Portuguesa na Holanda, Teresa Heimans, "um serviço consular decente".

Provavelmente não lhe será apresentada a porta da rua e até certamente terá já à sua espera um lugar onde poderá passear a sua excelente “capacidade e interesse”.

publicado por carlocos às 19:33
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (5) | favorito
|

É urgente reduzir salários.

Segundo um estudo divulgado no boletim económico do Banco de Portugal “Os salários em Portugal não são baixos e não existe nenhum indício de que a economia esteja a caminhar no sentido de remunerar melhor o factor trabalho”. É rejeitada a ideia de que o actual modelo de desenvolvimento económico baseado em salários baixos se tenha esgotado.

"Um caso extremo de rigidez nominal dos salários", em grande parte devido à impossibilidade legal de redução destes.

O facto do Poder de compra do salário mínimo ser em 2006 inferior ao de 2001 nada diz? Isso é uma questão de somenos importância.

Estou convencido que ainda verei o valor dos salários reduzidos. É factor de discussão cada vez mais visível. E já há por ai quem o tenha como ponto assente na sua agenda.

Mas tenho a certeza que não verei o custo de vida reduzir para acompanhar a redução de salários.

Salários baixos e os artigos caros (custo de vida), não se vive e nalguns casos nem se sobrevive.

publicado por carlocos às 19:07
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (8) | favorito
|

Poço

Com o abandono e envelhecimento das zonas rurais seguiu-se o inevitável abandono das hortas e por lá foram ficando os antigos poços. Alguns destes poços não têm a mais pequena protecção. Chegam a estar bem junto a caminhos. Verdadeiras armadilhas mortais à espreita de animais e de uma qualquer criança de visita à aldeia que dê largas à sua curiosidade.

publicado por carlocos às 18:49
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|

Poço

Armadilha mortal

publicado por carlocos às 18:45
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (1) | favorito
|

Lisboa de mal a pior.

Depois da palhaçada da proibição de entrada no gabinete a Nuno Gaioso por parte dos “socialistas” agora este caso de Maria José Nogueira Pinto.

Onde é que isto vai parar? Ainda entregam a câmara ao primeiro que aparecer.

A câmara de Lisboa ainda vai acabar como os governos. A saltitar dum para o outro à procura do menos mau. Saindo sempre a fava.

Por este andar ainda vou ver o pior de todos na Presidência da Câmara, aquele casado com a senhora bonita.

publicado por carlocos às 16:48
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (1) | favorito
|

A frase.

"O panorama que o Partido Socialista ofereceu no seu último Congresso indica o acomodamento acrítico e a rarefacção do debate democrático, favorecendo o autismo e a arrogância de um poder excessivamente personalizado."

Vicente Jorge Silva, Diário de Notícias, 15-11-2006

publicado por carlocos às 16:14
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (1) | favorito
|

Muro - Represa

tags:
publicado por carlocos às 15:55
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Muro - Espelho D'água

publicado por carlocos às 15:27
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Qual corrupção!...

Os 5 milhões de euros inscritos no (OE de 2005) destinados ao combate a corrupção não foram utilizados pela simples razão de que em Portugal não há corrupção.

Caramba, mas quantos conhecem presos por corrupção? Até parece que isto por cá é Itália que volta e meia está um politico preso.

Então já somos o 27º menos corrupto. A traz de nós ainda estão países africanos e sul-americanos. Quando invertermos a lista logo falamos.

Queriam investigações sobre corrupção. Ainda invertíamos a lista.

tags:
publicado por carlocos às 15:23
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

O milagre do perdão.

O perdão das coimas aos bancos e seguradoras é mais um exemplo da excelente actuação da (DGCI) do Mistério das Finanças.  

Os portugueses devem estar orgulhosos deste comportamento caridoso. É assim, só a um fervoroso crente é permitido o júbilo do perdão.

Bem-haja, senhores do Mistério divino das Finanças que tão grande capacidade de perdão têm.

Fará parte das reformas tão anunciadas pelo governo? Ou afinal as questões reformistas só se aplicam aos outros?

publicado por carlocos às 11:24
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|

Orçamento de rigor e verdade?

Afinal a despesa pública de 2005 no tal “orçamento de rigor e verdadeestá subavaliada em 374,6 milhões de euros. Mas isto não acaba por aqui, ainda foi “encontrada” uma despesa no valor de 113,4 milhões de euros que o Tribunal de contas (TC) não consegue “identificar”!...

publicado por carlocos às 10:56
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Quarta-feira, 15 de Novembro de 2006

De um ao outro.

A “Jangada de pedra” a dado momento partiu-se em duas partes e separou-se. Uma continuou o seu rumo em frente, a caminho do progresso. É ela já parceira dos ricos. A ela, o povo atrelou animal competente e sagaz. A outra cumpre o seu designo. Com asno à frente de rocinantes ali vai correndo a desfilada perdendo a carga de mato que tanta falta faz para a cama do presidente.

publicado por carlocos às 22:21
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 12 de Novembro de 2006

Coutada do faltoso socialista.

Nuno Gaioso acusou o cabeça de lista do PS, Manuel Maria Carrilho de ter um "comportamento político irresponsável e ausente" na autarquia, devido ao elevado número de faltas nas reuniões de câmara. Essa acusação custou a retirada da confiança política pela concelhia lisboeta do PS e ainda o impedimento do acesso ao seu gabinete. Toda esta parvoíce terá envolvido a polícia municipal. Nuno Gaioso foi eleito por sufrágio, foi a segunda escolha do eleitorado em Lisboa afecto ao PS. Terá sido um erro, não a sua eleição aparentemente tem tempo para a causa pública em Lisboa ao contrário de outros.

Neste caso mais uma vez a democracia – o respeito pelo eleitorado – aparentemente não funciona. Quando é que estes “pseudo socialistas se convencem que o eleitorado é soberano. E ainda em campanha o que é dito é o que é referendado. Este canto não é uma coutada privativa é um país que se quer livre e democrático e onde estes indevidos não têm lugar.

publicado por carlocos às 16:28
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (3) | favorito
|

Megalomania de Alta Velocidade. (MAV)

O custo disto leva entre outras ao aumento disto.

A atracção dos políticos por projectos megalómanos só é comparada com a atracção que sofre a traça pela luz. A pobre da traça esvoaça em redor das lâmpadas acabando por queimar as suas frágeis asas de intrincados cruzamentos de seda e morrer.  

As asas dos políticos são compostas por verbas, dinheiro que é queimado e ele ao contrário da traça sobrevive cada vez mais voraz. E a vitima é quem o provê dessa capacidade.

tags:
publicado por carlocos às 16:00
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|

“Hipocrisia absoluta”.

É desta forma que o secretário-geral da CGTP caracteriza as declarações do ministro das contas e dos orçamentos de rigor com erros.

O ministro exige “maior abertura, maior capacidade de diálogo e de entendimento”. Afirmando “contrariamente ao que acontece em muitos países que se têm defrontado com a necessidade de fazerem reformas profundas” os sindicatos não tenham tido “maior abertura, maior capacidade de diálogo e de entendimento”.

Caramba, Sr. ministro vamos falar das condições dos outros países? É do seu conhecimento que os demais cidadãos não têm as benesses dos políticos portugueses? – Nem todos os portugueses têm pensões do extinto I.P.E – Sabia que o Portugal da EU não é igual para todos? Para alguns a igualdade traduz-se em pagar para outros em receber. Aqueles que o Sr. ataca só fazem parte do euro para pagar as contas, para receber ainda estão no tempo do escudo. Estes trabalhadores não viram o seu salário aumentado no triplo em 2001. Nem tão pouco têm direito ao subsídio de residência. Como alguém que bem conhecemos finalmente o aufere ao fim de 10 anos de desenvolver a sua actividade em Lisboa.

E ainda serão os trabalhadores culpados da actividade daqueles que entram na causa pública por cima por escolha partidária. Aqueles que não se sujeitam a concurso os mesmos que não são sujeitos a uma selecção dos mais aptos. Serão esses – os trabalhadores que tão bem ataca – os culpados da incompetência e irresponsabilidade daqueles que levaram ao descalabro em que nós “encontramos”. “Olhe que não”; não são esses que se passeiam a alta velocidade em carros pagos pelos contribuintes.

Já se debruçou sobre a qualidade de vida dos trabalhadores dos outros países que tão bem refere? Olhe que quero as condições dos suecos, alemães, franceses, italianos, dinamarqueses, irlandeses, gregos. Eu mesmo me contento com as condições dos espanhóis. Mas, porem não as condições dos sul-americanos. Nem quero um estado, cada vez mais africa. É isto cada vez se parece mais. É como a corrupção afinal aparentemente e contrariamente a todos os dados oficiais estrangeiros não deve haver corrupção… ninguém é condenado!... É como africa! Isto é um país de sobas.  

Alguém ainda tem duvidas que a culpa do estado deste estado é dos dirigentes?

O combate é na economia paralela no sub-mundo da corrupção. Não os trabalhadores – mesmo os funcionários públicos – esses sim e também vitimas da actuação.

O combate é contra aqueles necessitados por decreto “IRS” – os que pouco declaram e muito recebem e ainda recebem dos que pouco recebem mas muito declaram.

Existe uma classe média! Apesar de em pouco tempo deixar de saber o que é isso. O salto foi grande!... Há quem tenha sido mais lento a transpor o fosso. Afinal ser socialista ainda é melhor que capitalista a destruição da classe media nunca foi pensada pelos capitalistas. Um mundo entre ricos e pobres, a preto e cinzento é menos cromático e reivindicativo. De barriga e cérebro vazio não se é criativo nem exigente. Dum lado os apoiantes. Do outro, aqueles.

 

E não são os sindicatos que bloquearam as negociações? Foi a arrogância e a pouca vergonha do desconhecimento da relação entre pares os governantes e os governados foi o desprezo pela verdade e pela palavra dada durante as eleições. Que negociações podem haver entre quem não sabe honrar a palavra da campanha?
tags:
publicado por carlocos às 15:40
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 6 de Novembro de 2006

Salário aquém da sobrevivência.

Parabéns! Mais uma vitória no combate aos interesses instalados. Poder de compra do salário mínimo é inferior ao de 2001. É esta a forma corajosa que o governo deve seguir, mantendo a redução destes salários obscenos. É assim que caminhamos para um Portugal mais solidário. Razão tem o patronato em recusar as propostas dos sindicatos sobre os aumentos para o salário mínimo.

É um escândalo que uma parte significativa da população seja beneficiada pelo indecoroso salário mínimo. Deste modo nunca será possível a recuperação económica de Portugal.

Os exemplos de actuação preocupada e responsável vêm de todos os lados e são mais que muitos. Mas basta referir dois pela excelência: As pensões vitalícias de políticos, atribuída aos deputados que completem 12 anos de funções até ao final da actual legislatura. em conjunto com alguns salários na RTP são o paradigma da excelência no controle financeiro em Portugal.  

Caso seja verdade que estes senhores da RTP sofram a humilhação de auferir estes míseros salários – com as suas fantásticas habilitações –. Situação que só por si não permite acreditar nas dúvidas de isenção politica por parte da RTP. Que ultimamente têm vindo a ser suscitadas pelo PSD; AQUI e AQUI. Só posso ter para com eles um sentimento de solidariedade. E que, quando a CGTP (controlada pelos comunas) pensar em greves e em reclamar melhorias financeiras para os parasitas dos trabalhadores. Que pensem nestes senhores. Os que fazem o verdadeiro sacrifício de suportar a crise. Que esses oportunista da CGTP nunca se esqueça dos mais desfavorecidos; dos pobres políticos e trabalhadores da RTP.

publicado por carlocos às 21:55
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (4) | favorito
|
Domingo, 5 de Novembro de 2006

Meia dúzia foi o bastante.

     

Pinheirinhas                

Tive que me contentar. Só encontrei meia dúzia e a dividir por quatro. Foram os suficientes por agora. Para o ano talvez hajam mais.

Depois das primeiras chuvas de Outono aparecem entre os pinheiros nas zonas sombrias e húmidas. São uma delícia grelhados, fritos no azeite – das oliveiras suas vizinhas – com um dentinho de alho ou ainda um excelente complemento para carnes. 

                                  
publicado por carlocos às 00:52
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 2 de Novembro de 2006

Insultar tem os seus custos.

Que o diga Jonh Kerry depois de admitir ter proferido uma "piada falhada".

Na passada segunda feira durante uma acção de campanha perante estudantes o eterno candidato a presidência dos USA afirmou; "É fundamental tirarem o maior proveito possível dos estudos. Se não o fizerem, podem acabar encurralados no Iraque."

Kerry ainda afirmou que não ia "pedir desculpas por ter criticado o Presidente e o fracasso da sua política no Iraque”. Mas acabou por lamentar ter proferido uma "piada falhada" ofendendo os americanos combatentes no Iraque e as suas famílias.

Os americanos têm orgulho dos seus combatentes. O sentimento de orgulho nas vítimas dos devaneios belicistas dos políticos é enorme. Os combatentes e os ex-combatentes são respeitados eles são filhos da nação. Assim como cá!...

Nos USA é assim, insultar tem custos, perde-se o respeito dos seus pares e a consideração dos eleitores.

Por cá é permitido insultar, aldrabar. É aceite o espectáculo, festas, comezainas e as palhaçadas propagandistas do êxito do salto a caminho do abismo. Uma larga franja da sociedade está já no abismo. Mas as hienas riem, riem e vão insultando quem os sustenta. Ninguém esta imune a essa actividade governativa. Somos “todos” vítimas deles e dos namorados deles. As vítimas de ontem esquecem o insulto de hoje e ficam felizes amanhã ao ouvir o insulto noutras.

E assim a trupe vai rindo e gozando à grande e a francesa. Até quando?...

publicado por carlocos às 23:36
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 1 de Novembro de 2006

Acidente laboral.

Um elemento da quadrilha do cobre sofreu um acidente durante a actividade laboral (praticas de gamanço).

A cidade da Trofa e a sua zona industrial ficaram sem corrente eléctrica devido ao acidente que sofreu o Noé durante a sua actividade de poupança que nesse dia incidia sobre os fios de um poste de electricidade. 

publicado por carlocos às 22:53
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (3) | favorito
|

Gamanço ou poupança?

Sinal evidente da excelência da actuação deste governo e em sua representação o Mistério da Administração Interna (MAI) está nos “baixos” índices de criminalidade em Portugal.

Como uma das referências temos a linha de Sintra que só por si é uma aventura percorrera. De modo que vai sair em breve um jogo para a nova PlayStation 3, baseada na aventura durante uma viagem de comboio. A sequela ocorre durante um dos frequentes momentos lúdicos que é a confrontação entre um indevido e um gang de assaltantes.

Por todo o país, por enquanto – que no fim do ano os dados são martelados – as notícias da criminalidade dão a entender que é uma actividade em franco crescimento. No distrito de Faro em que a criminalidade cresceu 4,6% no ultimo semestre. Também em outras regiões do país – que isto da criminalidade não é coisa única – a actividade dos amigos do alheio esta de vento em pouca. Nem os cemitérios escapam, no Porto e em Maia as visitas aos cemitérios pelos amigos do alheio são frequentes.

Com os incentivos dados pelo Mistério da Educação a estudar de modo a adquirir outras valências, também as escolas foram visitadas pelos profissionais desta profissão. É assim que em Santa Comba Dão foram assaltadas as escolas do primeiro ciclo do ensino básico de Vila Pouca, Treixedo e do Vimieiro e, em Carregal do Sal, a de Cabanas de Viriato.

No concelho de Tondela, os ladrões passaram pelas escolas de Molelos, Adiça e também pela Junta de Freguesia de Nandufe, onde funciona um jardim-de-infância, foram contempladas pela actividade dos amigos da poupança. É desta forma que os amigos do alheio se podem juntar aos outros que quando nós roubam dizem que poupam nas despesas.

publicado por carlocos às 20:27
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

referer referrer referers referrers http_referer

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.links

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds