É curioso o desplante e desfaçatez com que a classe politica trata os assuntos de estado. Demonstrando um total desrespeito pelos eleitores que os elegeram para servirem o país

.UTILIDADES


ARTE
Aguarelas de Turner
Elfwood
Fantasy art
Boris Vallejo
Gorodin
Imagenetion
Luis Royo
Soanala
Tendreams
Zindy

ROTEIROS e MAPAS
Atlas local
Autour du Monde
Rotas e Viagens
Maporama.com
Mapas.clix
Mapa Michelin
Planta lisboa

AMBIENTE
Fauna Ibérica
Quercus
Geota
Portal Ambiente Online

COISAS INTERESSANTES
"> Dicas
Portal Europeu da Mobilidade
Expresso Emprego
Lado Negro da WEB
O Império Romano
Revelar Lisboa
Portal da história
Covers
Clube internet
Terramoto 1755
Lyrics
Museu das mentiras
Todays front pages
Realidade oculta
Vatican the Holy See

METEOROLOGIA
Geocid
Instituto de Meteorologia
Previsão do Estado do Tempo
Weather.co.uk

RECEITAS de CULINÁRIA
Culinarias.NET
Gastronomia de Portugal
Gastronomia Tradicional Portuguesa
Petiscos
Receitas de Culinária Online
Receitas e menus
Receitas macrobiótica
Receitas, Refeições e Comida É aqui!
Serviço Português de Gastronomia e Hotelaria

INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA
Atlas Geográfico
Centro de Estudos Geográficos
Earth google
Guia Geográfico
Instituto Geo do Exército
Instituto Geo Português

INVESTIGAÇÃO ESPACIAL
Agencia espacial europeia
SPACE.com
Portal do astrónomo

TEMPLATES
^.^ COYSITAS II ^.^
Mudar o template
Templates by Maximus
Portal By Marina

WALLPAPER
Dave's Scenic Nature
Deviantart
Desktopia
Digital Blasphemy
PCparadise
SPACE
Webshots

CASAS ENGRAÇADAS
Cavalheiros do Apocalipse Diz Que Disse
Esta barra é azul!
Estranho mas verdade
O coiso
Frente de Libertação Caramela
História em Disparates
Macacos sem galho
O Bobo
O MANGALHO ANTÍ-STRESS
vitominas

MOTORES DE BUSCA
Clix
Descobre
Google
Guia gratis
Iol
O leme
O Mocho
Sapo
Tendencia.cc

ENCICLOPÉDIAS E DICIONÁRIOS
Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
corrector On-line
Dicionários
Tradutor
Wikipedia

JORNAIS DE PORTUGAL
Agencia financeira
Correio da Manhã
Diário digital
Diário económico
Diario de notícias
Expresso
Lusa
Jornal digital
Jornal de negócios
Jornal de notícias
Jornalismo & Comunicação
Mundo.pt
Sol
Publico
O 1º de Janeiro
Semanário

REVISTAS
Nova Vaga
Visão
Finisterra
National Geographic
Atlântico
Sabado

TV
TVI

Rádio

Telefonia do Alentejo
RR

JORNAIS REGIONAIS
ALGARVE

Jornal do Algarve
Jornal do sotavento
Região sul

ALTO ALENTEJO
Diário do Alentejo

BAIXO ALENTEJO
Moura digital

BEIRA ALTA
Diário regional Viseu
Nova Guarda

BEIRA BAIXA
Jornal do fundão
Reconquista
Gazeta do interior

BEIRA LITORAL
As Beiras
Diário de Coimbra
Diário de Aveiro
Diário de Leiria

DOURO LITORAL
Imediato

ESTREMADURA
Jornal da praceta
Região de Setubal
Voz do campo
O Setubalense

MINHO
Diário do Minho
Antena Minho-106.0 FM

RIBATEJO
O Mirante
O Ribatejo
Vida Ribatejana

TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO
Mensageiro de Bragança
Voz do nordeste

AÇORES
Azores.gov
Azores digital
Açoriano Oriental
A união

MADEIRA
Madeira.gov
DN da Madeira
Jornal da Madeira

COMUNIDADES PORTUGUESAS
Lusoamericano
Gazeta Lusófona
Jornal Portugal Ilustrado
Mundo-Luso
Portuguese times
Sol Português

ESTRANJA
ANGOLA
Angola Press

ARGENTINA
Clarin Digital
Pagina12

BRASIL
Correio da Bahia
Diario do Nordeste
Globo
News yahoo
Midia sem mascara
Gazeta online

CHILE
El Mercurio
El diario

ESPANHA
El País
El Mundo
abc
Andalucia
El Periodico
Minuto Digital

FRANÇA
Le Monde
Le Figaro

INGLESES
Guardian
The Herald
Financial Times

ITALIANOS
Corriere della Sera
La Repubblica

PORTO RICO
El Nuevo Día

USA
The New York Times
The Washington Post

Islão
Webislam

.posts recentes

. É curioso a frase.

. Para que serve um Ministr...

. Qual é imagem de marca de...

. Mário Viegas Manifesto An...

. O pior presidente de semp...

. Vale a pena ir votar?

. Um presidente um governo.

. O fulano Decidiu que não ...

. Porque se fazem eleições ...

. Porque incomoda a tanta g...

. Pergunta do dia

. Anda por ai uma direita d...

. Olha como está irritada

. Andam todos por ai assust...

. Afinal o ps não aprendeu ...

. Que democracia é esta

. Diz o povo na sua sabedor...

. Existe gente com uma pret...

. “Ajudemos o presidente a ...

. O governo não sabia da li...

. Tiques de ditador.

. Porque razão apresentou a...

. O homem ainda não morreu ...

. Ulrich: "Troika mandou-me...

. Tanto ruido.

. 'Swissleaks' e a xariá

. O EMIGRANTE

. Quando se entra em campan...

. O alarve

. É um conto de crianças.

. Quando os valores morais ...

. Os nossos amigos de turba...

. 10 minutos da vida dum tr...

. Uma ideia, um terrorismo....

. O Mário e gafes

. Mais uma aventura que vai...

. O ambiente cheira mal

. Quando a saúde não tem me...

. Ilhas selvagens portugues...

. Estou farto dos que dizem...

. Quantos pobres recebem “9...

. Grande golpe publicitário...

. Muito se tem falado e esc...

. Visita Guiada ao Museu Mi...

. Como lida a polícia no br...

. A TAP, e os palermas

. BEM-HAJA, Senhor Almirant...

. São noticias deste calibr...

. Não podia estar mais de a...

. Luvas milionárias no caso...

.tags

. “É para inglês ver”; insustentável; list

. “falta de carácter”

. “OBVIAMENTE

. "a voz do dono"

. "Não tenho andado por aqui"

. "o baqueiro do regime"

. "O insólito acontece "

. "reduzir salários"

. 10.8%;erro;grave;desemprego

. 14%; desemprego

. 150 bombeiros

. 150.000 entalhes.

. 25 abril

. 27º

. 4 Milhões

. «por que no te callas»

. a aldeia dos trafulhas.

. a arte de bem mentir.

. a culpa morre solteira

. a força

. a gamar é que esta o ganho

. A ministra? E os exames…

. a primeira baixa colateral

. a velha

. abertura

. acabou

. acepipe

. agentes políticos

. agressões

. aguenta

. ai

. ajuda

. al-zarqawi

. alcachofra

. alcatrão

. alemao

. alguem diferente

. alimentar

. almeida ao poder.

. amnistia

. amo-te

. ana politkovskaia

. anjos caídos

. aprender

. armadilha mortal

. arquivamento

. arredondamento; banco; roubo; arrogante

. Arriba Fóssil

. asneira; nuclear; falências; electricida

. asno

. asnos; governam

. assalto; banco

. assaltos

. assaltos violentos

. assistência

. avô cantigas

. azar; vai-te satanás

. balbúrdia

. baldas

. bancarrota; guerra-civíl

. bancos; depositos

. bancos; lucros

. bandeira

. bando de bestas

. banha da cobra

. bárbaros; império; reformas

. bes

. besta; muro

. bestas

. bestiais

. bicha popular

. bilderberg; foleiro

. bisonte;

. bloco central

. BMW; sumptuárias; encantar; défice

. bobo

. brasil

. briosa de luto

. bronco; sporting

. Buracos negros; pensões douradas; vidas

. burlesco; revolta; fora-da-lei

. burro

. burros e jumentos.

. c.g.d.

. cacto

. cada cavadela

. corrupção

. corruptos

. demagogia

. economia da ruína

. estupidez

. grécia

. incompetente

. militares

. oportunismo

. pedofilia

. ridículo

. roubo

. socialismo

. sons of anarchy

. todas as tags

.arquivos

. Outubro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Contadores

Quinta-feira, 26 de Outubro de 2006

Paralelismo.

A tragédia de Entre-os-rios é exemplar na desresponsabilização da incompetência e neste caso criminosa do estado.

Quando ao fim destes anos em que 59 pessoas perderam a vida enlutando uma comunidade inteira, por utilizarem uma via publica da responsabilidade do estado. E ainda não foram encontrados os responsáveis pelo homicídio. Quando ainda não se sabe quem é responsável pela não realização das obras necessárias que teriam evitado a destruição da ponte.

 

Não gosto de falar neste caso celebremente trágico e horrível, quer pelo choque da tragédia como por outras razões. Mas porém, depois dos resultados, a garantia de que nunca mais tal voltará acontecer. Não parece ponto assente.

 

Mais uma vez e aparentemente a culpa é duma actividade politica negligente e pouco preocupada com a segurança e bem-estar da comunidade. À qual, ele não faça parte directamente.

Naquele dia 5 de Março de 2001 em que o politico J. Coelho se demitia afirmando que o fazia «para que a culpa não morra solteira». Fiquei desde logo com a ideia que a culpa não era casada com nenhum qualquer engenheiro da então recentemente extinta JAE. Que a culta se não casada pelo menos tinha uma relação marital com alguém do topo e que dormia nalguma cama politica.

 

Talvez avançando no tempo e olhando para a luz que se não vê ao fundo túnel, encontremos na atitude de encerramento para obras a responsabilidade politica que então não foi encontrada em vésperas da tragédia.

publicado por carlocos às 23:28
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (5) | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Outubro de 2006

Alcachofra.

Cynara cardunculus

publicado por carlocos às 23:30
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|

Na Pinocolandia

"As justificações 'técnicas' para introduzir portagens nalgumas Scut são mentirosas e desonestas"
José Manuel Fernandes, PÚBLICO, 25-10-2006
publicado por carlocos às 22:16
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 24 de Outubro de 2006

O governo não merece perdão.

Não é perdão de impostos com que o governo brindou os bancos. É afinal uma coisa dúbia inventada agora de momento pelo governo. E que o nome não se pode pronunciar. Não por ser proibido – como o daquele mil e uma vezes arrolado pelas vitimas da Casa Pia como abusador sexual. – É que ainda não foi encontrado o nome certo para mais esta desfaçatez.

Pois é! É fácil falar-se em coragem, igualdade de direitos espoliar os cidadãos que em nada contribuíram para este estado da coisa.

Que corajoso sou, por roubar um chupa a uma criança parti-lo em quatro ficar com dois e dar os outros dois bocados a outras três crianças. É belo, é enobrecedor vê-las lutar por migalhas. Agora perante os bancos ajoelho e presto vassalagem.

Será esta, mais uma ponta da concertação social que uniões de empresários, governo e UGT apressaram-se a assinar.

tags:
publicado por carlocos às 16:21
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (3) | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Outubro de 2006

Os exames do 12º ainda mexem.

Notícia do JN.

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Coimbra, decidiu que uma aluna deve realizar um segundo exame de química e "admitirem a requerente no ingresso do curso de Medicina, na Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, no presente ano lectivo, desde que obtenha média de classificação final igual ou superior ao último candidato admitido a este curso, neste ano lectivo".

"Ainda vale a pena acreditar na justiça", diz. Porém, expressa o seu incómodo por ela dizer apenas respeito à sua filha. "Aflige-me saber que existem milhares de jovens afectados por estas medidas e que têm o seu futuro hipotecado", lamenta, aludindo ainda à capacidade financeira que é necessário dispor para avançar com um processo deste género, que não está ao alcance de todos os pais cujos filhos foram afectados. Nesse sentido, Joaquim Lopes promete continuar a promover o movimento Pais em Luta, disponível em http://www.paisemluta.com/.

Tem também consciência de que a sua filha já não beneficiará do anonimato aquando da avaliação do exame decretado pelo tribunal, mas quer crer que tudo correrá pelo melhor. "Confiamos na idoneidade, justiça e imparcialidade de todas as pessoas que vão participar no processo de exame e que este tenha um nível de dificuldade e extensão igual aos que foram realizados em Julho".

publicado por carlocos às 23:34
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (3) | favorito
|

Nobel da benevolência.

Esta sim é uma notícia digna de um paladino da igualdade entre os contribuintes. Nada mais justo que perdoar aos bancos o IRC e o IRS.

Sabemos que o fisco tem ao seu dispor uns perfeitos idiotas dispostos a pagar a crise e estes perdões. Basta berrar aos quatro ventos que vão acabar com uns privilégios duma qualquer cambada de privilegiados. Mesmo que sejam deficientes ou um qualquer abusador do SNS que pretendeu ser esquartejado por um qualquer carniceiro num miserável hospital público. A uns retiram-se compensações pela sua diferença, outros cobram-se taxas e outros mais, são ainda também roubados. Aqueles que vivem do nosso dinheiro perdoam-se impostos. Ainda bem que o governo da robinolándia é solidário com os mais desfavorecidos. É assim a arte de bem governar, uns afogam-se em impostos e outros perdoa-se.  

publicado por carlocos às 23:16
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (1) | favorito
|

A aldeia dos trafulhas.

Santana Lopes acusa Sócrates de «batota política»

 

Trapaça.

Burla.

Fraude.

Logro.

Engano.

Embuste.

Vigarice.

Dolo.

 

Santana sabe que a mentira foi o alicerce da maioria. É assim a Politica à portuguesa.
publicado por carlocos às 22:50
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 15 de Outubro de 2006

Privilégios?

Agente da PSP como muitos outros pais deste país enfrentou uma situação recorrente da opção de ser pai. Ele e a esposa também agente da PSP estavam de serviço e não tinham onde deixar os filhos. E assim ele apresentou-se ao serviço acompanhado dos filhos.

Não pretendo critica-lo pela sua iniciativa, mas sim louva-lo pela mesma. Aproveito para recordar que esse não é um problema exclusivo dos agentes da PSP. Existem outros profissionais que trabalham para o estado e enfrentam situações iguais. – Os privilegiados – São vários os profissionais que têm noites perdidas em prole do bem comum. Médicos, enfermeiros, bombeiros, militares, agentes das forças de segurança e até juízes que muitas vezes trabalham fora de horas em alturas que outros se divertem. – Que me desculpem os que esqueci – Que dizer, do Marujo embarcado num navio em Missão de S.A.R. ou em comissão nas ilhas por quatro meses ou ainda numa missão da Nato. É um pouco a história da vida dos militares envolvidos na aventura belicista deste e doutros governos. Que apoios têm as suas esposas ou esposos que pertençam também a um destes grupos profissionais, ou que trabalhem numa das lojas do Belmiro.

Esta situação não é exclusiva de profissionais do estado também no regime profissional civil situações destas podem acontecer. – Só como exemplo; os piquetes da EDP os funcionários dos hipermercados – São estes pequenos exemplos que demonstram que o sistema de apoio de retaguarda não funciona ou melhor não existe e são eles causadores de uma grande parte da abstenção e dos baixos níveis de produtividade.

Em Agosto quase tudo fecha… inclusive os infantários e os pais, têm sempre férias em Agosto?

Gostaria de ser elucidado quais as empresas portuguesas privadas que têm creches para os funcionários. E qual a percentagem coberta dos profissionais.

E também, as colónias de férias dos Serviços Sociais que permitem a frequência de crianças custam dinheiro é como com os outros profissionais o dinheiro não chega para tudo. Será por isso que “são poucos os polícias que aderem”.
publicado por carlocos às 20:07
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (5) | favorito
|

Actividade governamental.

A actividade do governo está imparável Manuel Pinho decreta o fim da crise e a sua continuidade no mesmo dia.

Portugal sempre foi um país de cómicos e o ministro demonstrou que é um diamante em bruto disposto a ser lapidado.

publicado por carlocos às 14:53
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (5) | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Outubro de 2006

A verdadeira sondagem.

A arrogância, incompetência e o roubo descarado conseguiram organizar a maior manifestação de que tenho memoria.

Podem vir com mais uma sondagem favorável e apoiante deste governo que esta empurrando o país para o abismo quer cultural como financeiro. Sob a capa do combate aos privilégios e a sustentação da garantia da aposentação esta a ser destruído todo um miserável tecido de contrapartidas que os cidadãos auferiam em troca dos impostos que religiosamente pagam. Eram pequenos os benefícios resultantes do sacrifício de grande parte da população; os trabalhadores por conta de outrem. Mas até esses pequenos benefícios estão a desaparecer e em nome de algum intangível. A melhoria da condição da qualidade de vida das populações. Quem pode negar que hoje se esta pior que a bem pouco tempo? Quem pode como exemplo, dizer que se o serviço nacional de saúde não servia, hoje ainda e depois do ataque de um ministro da morte serve ainda menos. Quem pode ter esperança que o ensino mude para melhor? Quem de boa fé pode olhar o horizonte e ver algum de positivo? A esperança é a ultima a morrer e a fé move montanhas. Mas, a fé aliada a arrogância, estupidez e vontade de destruir, destrói nações.

Sim, sempre há quem beneficie com esquemas obscuros. E não estou esquecendo as classes que lucram. Essas mesmas os políticos desonestos, patronato, os grandes, os mesmos que assinam concertações sociais, os parceiros. Os que vão lucrar com as OTAS e os TGVs. É em nome e a garantia financeira dessas obras, os chamados desígnios nacionais que é feito o roubo descarado.

“Grão a grão enche a galinha o papo”. Mudam-se os governos e mudam-se os provérbios. Medida a medida, vamos sendo roubados.

Alguém também culpado deste estado de coisas disse um dia “Existe o direito a indignação”. Hoje é cada vez mais o tempo de dizer pelas vítimas da situação; Existe um tempo para dizer basta.

publicado por carlocos às 21:57
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (9) | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Outubro de 2006

Canalha à solta.

Filho da puta do paneleiro não para de roubar!

publicado por carlocos às 15:55
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (4) | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Outubro de 2006

Exposição de escultura no Castelo de Sesimbra

  

  

Exposição de esculturas no castelo de Sesimbra entregada na 3ª Exposição Internacional de Artes Plásticas de Sesimbra.

Perdoe-me os artistas mas perdi os meus apontamentos e por busca na net só encontrei o site de uma das escultoras, da Beatriz Cunha. Peço perdão a quem legitimamente se sinta ofendido pela minha ignorância. Mas, prometo referir quem de direito. Para isso solicito ajuda.

Carregue nas imagens para visualizar.

tags:
publicado por carlocos às 23:07
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 8 de Outubro de 2006

Nova Iorque 1958 Ana PolitkovskaIa Moscovo 2006

O assassínio de Ana PolitkovskaIa em Moscovo chocou o mundo civilizado. No mundo cresce um sentimento de repulsa pelo brutal acto criminoso. Junto com a jornalista também a liberdade de informação e os direitos humanos sofrem um rude golpe.

A Rússia sociedade violenta assassina fisicamente os jornalistas incómodos. Portugal opta pela dispensa de serviços quando são incómodos.

Felícia Cabrita foi dispensada, após denunciar o envolvimento político no caso, Casa Pia.  

publicado por carlocos às 15:11
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (8) | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Outubro de 2006

Arriba Fóssil Lagoa de Albufeira

publicado por carlocos às 22:26
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|

Palavras e títulos com algum humor.

“Políticos e justiça unidos no combate à corrupção ”tulo de notícia no Diário de Notícias.
Chefe do Estado considerou a corrupção "claramente um comportamento de excepção" no mesmo jornal na mesma notícia.
tags:
publicado por carlocos às 13:46
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (3) | favorito
|

“Batalha da moralização da vida pública”.

“Olhando para a República Portuguesa, prestes a comemorar cem anos de existência, não poderemos deixar de notar que o comportamento ético de muitos dos nossos concidadãos, incluindo alguns daqueles que são chamados a desempenhar cargos de relevo, nem sempre tem correspondido ao modelo ideal de civismo republicano”,

“Olhando para a República Portuguesa, prestes a comemorar cem anos de existência, não poderemos deixar de notar que o comportamento ético de muitos dos nossos concidadãos, incluindo alguns daqueles que são chamados a desempenhar cargos de relevo, nem sempre tem correspondido ao modelo ideal de civismo republicano”

“Um potencial corrosivo para a qualidade da democracia”.

“Tarefa que compete em primeira linha aos titulares de cargos públicos”. “Trata-se de uma interpelação que percorre todos os níveis do Estado, do poder central às autarquias locais”

“A transparência da vida pública deve começar precisamente onde o poder do Estado se encontra mais próximo dos cidadãos”: os autarcas. “É necessário chamar a atenção, de uma forma particularmente incisiva, para as especiais responsabilidades que todos os autarcas detêm nesta batalha”

Existem sinais que nos obrigam a reflectir seriamente sobre se o combate a esse fenómeno [corrupção] tem sido travado de forma eficaz e satisfatória, seja no plano preventivo da instauração de dever e responsabilidade, seja no plano repressivo da perseguição criminal.

Excertos do discurso do Sr. Presidente da República Portuguesa nas comemorações dos 96 anos da proclamação da República.

Por momentos pensei estar noutro país, num país com os indicadores de corrupção idênticos aos locais, mas que os corruptos conhecessem o resultado da repressão. Pensei estar, talvez em Itália – onde clubes se envolvem em actividades ilícitas e em resultado disso descem de divisão. Onde a justiça não é compadeceste nem com presidentes. Onde a máfia enfrentou um processo “mãos limpas”. Por momentos pensei estar num país faz de conta. Mas depressa cai na realidade e fui acordado com o estampido dos processos – Casa Pia, Felgueiras, Freeport, eurominas, UGT, Morais, judas, sobrinhos, sobrinhas e enteados, cartolas, bancos, apitos dourados, financiamento dos partidos, financiamento dos clubes, fogos florestais, sobreiros, Partex, aterros, fundos sociais europeus, aeroporto, portos, pilotos, Sines e etc – um findar de situações dos chamados “colarinhos brancos” que nunca viram resultado ou sem resultado à vista. 

No fim o resultado é só um, o empobrecimento de quase todos e o enriquecimento de alguns. Os quase todos são mantidos em fatias discutindo as invejas entre eles e os alguns, sorriem enquanto os roubam.

publicado por carlocos às 13:41
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|

Advinha-se uma amnistia.

Nos meios forenses começa a ganhar forma a convicção que existe a intenção de apagar o passado amnistiando muitos dos processos que estão pendentes na justiça. Sendo verdade o que notícia o Semanário vamos ser confrontados com a limpeza da corrupção em Portugal. O estado mais uma vez vai-se comportar como uma sopeira porca, varrer para debaixo do tapete a podridão que sagra neste país.

Não é por qualquer razão que estamos classificados como dos países mais corruptos. Esse estatuto é inteiramente merecido e só é lamentável não existir uma classificação para o dos arquivadores que nesse merecemos o 1º lugar.

tags:
publicado por carlocos às 11:16
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|

referer referrer referers referrers http_referer

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.links

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds