É curioso o desplante e desfaçatez com que a classe politica trata os assuntos de estado. Demonstrando um total desrespeito pelos eleitores que os elegeram para servirem o país

.UTILIDADES


ARTE
Aguarelas de Turner
Elfwood
Fantasy art
Boris Vallejo
Gorodin
Imagenetion
Luis Royo
Soanala
Tendreams
Zindy

ROTEIROS e MAPAS
Atlas local
Autour du Monde
Rotas e Viagens
Maporama.com
Mapas.clix
Mapa Michelin
Planta lisboa

AMBIENTE
Fauna Ibérica
Quercus
Geota
Portal Ambiente Online

COISAS INTERESSANTES
"> Dicas
Portal Europeu da Mobilidade
Expresso Emprego
Lado Negro da WEB
O Império Romano
Revelar Lisboa
Portal da história
Covers
Clube internet
Terramoto 1755
Lyrics
Museu das mentiras
Todays front pages
Realidade oculta
Vatican the Holy See

METEOROLOGIA
Geocid
Instituto de Meteorologia
Previsão do Estado do Tempo
Weather.co.uk

RECEITAS de CULINÁRIA
Culinarias.NET
Gastronomia de Portugal
Gastronomia Tradicional Portuguesa
Petiscos
Receitas de Culinária Online
Receitas e menus
Receitas macrobiótica
Receitas, Refeições e Comida É aqui!
Serviço Português de Gastronomia e Hotelaria

INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA
Atlas Geográfico
Centro de Estudos Geográficos
Earth google
Guia Geográfico
Instituto Geo do Exército
Instituto Geo Português

INVESTIGAÇÃO ESPACIAL
Agencia espacial europeia
SPACE.com
Portal do astrónomo

TEMPLATES
^.^ COYSITAS II ^.^
Mudar o template
Templates by Maximus
Portal By Marina

WALLPAPER
Dave's Scenic Nature
Deviantart
Desktopia
Digital Blasphemy
PCparadise
SPACE
Webshots

CASAS ENGRAÇADAS
Cavalheiros do Apocalipse Diz Que Disse
Esta barra é azul!
Estranho mas verdade
O coiso
Frente de Libertação Caramela
História em Disparates
Macacos sem galho
O Bobo
O MANGALHO ANTÍ-STRESS
vitominas

MOTORES DE BUSCA
Clix
Descobre
Google
Guia gratis
Iol
O leme
O Mocho
Sapo
Tendencia.cc

ENCICLOPÉDIAS E DICIONÁRIOS
Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
corrector On-line
Dicionários
Tradutor
Wikipedia

JORNAIS DE PORTUGAL
Agencia financeira
Correio da Manhã
Diário digital
Diário económico
Diario de notícias
Expresso
Lusa
Jornal digital
Jornal de negócios
Jornal de notícias
Jornalismo & Comunicação
Mundo.pt
Sol
Publico
O 1º de Janeiro
Semanário

REVISTAS
Nova Vaga
Visão
Finisterra
National Geographic
Atlântico
Sabado

TV
TVI

Rádio

Telefonia do Alentejo
RR

JORNAIS REGIONAIS
ALGARVE

Jornal do Algarve
Jornal do sotavento
Região sul

ALTO ALENTEJO
Diário do Alentejo

BAIXO ALENTEJO
Moura digital

BEIRA ALTA
Diário regional Viseu
Nova Guarda

BEIRA BAIXA
Jornal do fundão
Reconquista
Gazeta do interior

BEIRA LITORAL
As Beiras
Diário de Coimbra
Diário de Aveiro
Diário de Leiria

DOURO LITORAL
Imediato

ESTREMADURA
Jornal da praceta
Região de Setubal
Voz do campo
O Setubalense

MINHO
Diário do Minho
Antena Minho-106.0 FM

RIBATEJO
O Mirante
O Ribatejo
Vida Ribatejana

TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO
Mensageiro de Bragança
Voz do nordeste

AÇORES
Azores.gov
Azores digital
Açoriano Oriental
A união

MADEIRA
Madeira.gov
DN da Madeira
Jornal da Madeira

COMUNIDADES PORTUGUESAS
Lusoamericano
Gazeta Lusófona
Jornal Portugal Ilustrado
Mundo-Luso
Portuguese times
Sol Português

ESTRANJA
ANGOLA
Angola Press

ARGENTINA
Clarin Digital
Pagina12

BRASIL
Correio da Bahia
Diario do Nordeste
Globo
News yahoo
Midia sem mascara
Gazeta online

CHILE
El Mercurio
El diario

ESPANHA
El País
El Mundo
abc
Andalucia
El Periodico
Minuto Digital

FRANÇA
Le Monde
Le Figaro

INGLESES
Guardian
The Herald
Financial Times

ITALIANOS
Corriere della Sera
La Repubblica

PORTO RICO
El Nuevo Día

USA
The New York Times
The Washington Post

Islão
Webislam

.posts recentes

. É curioso a frase.

. Para que serve um Ministr...

. Qual é imagem de marca de...

. Mário Viegas Manifesto An...

. O pior presidente de semp...

. Vale a pena ir votar?

. Um presidente um governo.

. O fulano Decidiu que não ...

. Porque se fazem eleições ...

. Porque incomoda a tanta g...

. Pergunta do dia

. Anda por ai uma direita d...

. Olha como está irritada

. Andam todos por ai assust...

. Afinal o ps não aprendeu ...

. Que democracia é esta

. Diz o povo na sua sabedor...

. Existe gente com uma pret...

. “Ajudemos o presidente a ...

. O governo não sabia da li...

. Tiques de ditador.

. Porque razão apresentou a...

. O homem ainda não morreu ...

. Ulrich: "Troika mandou-me...

. Tanto ruido.

. 'Swissleaks' e a xariá

. O EMIGRANTE

. Quando se entra em campan...

. O alarve

. É um conto de crianças.

. Quando os valores morais ...

. Os nossos amigos de turba...

. 10 minutos da vida dum tr...

. Uma ideia, um terrorismo....

. O Mário e gafes

. Mais uma aventura que vai...

. O ambiente cheira mal

. Quando a saúde não tem me...

. Ilhas selvagens portugues...

. Estou farto dos que dizem...

. Quantos pobres recebem “9...

. Grande golpe publicitário...

. Muito se tem falado e esc...

. Visita Guiada ao Museu Mi...

. Como lida a polícia no br...

. A TAP, e os palermas

. BEM-HAJA, Senhor Almirant...

. São noticias deste calibr...

. Não podia estar mais de a...

. Luvas milionárias no caso...

.tags

. “É para inglês ver”; insustentável; list

. “falta de carácter”

. “OBVIAMENTE

. "a voz do dono"

. "Não tenho andado por aqui"

. "o baqueiro do regime"

. "O insólito acontece "

. "reduzir salários"

. 10.8%;erro;grave;desemprego

. 14%; desemprego

. 150 bombeiros

. 150.000 entalhes.

. 25 abril

. 27º

. 4 Milhões

. «por que no te callas»

. a aldeia dos trafulhas.

. a arte de bem mentir.

. a culpa morre solteira

. a força

. a gamar é que esta o ganho

. A ministra? E os exames…

. a primeira baixa colateral

. a velha

. abertura

. acabou

. acepipe

. agentes políticos

. agressões

. aguenta

. ai

. ajuda

. al-zarqawi

. alcachofra

. alcatrão

. alemao

. alguem diferente

. alimentar

. almeida ao poder.

. amnistia

. amo-te

. ana politkovskaia

. anjos caídos

. aprender

. armadilha mortal

. arquivamento

. arredondamento; banco; roubo; arrogante

. Arriba Fóssil

. asneira; nuclear; falências; electricida

. asno

. asnos; governam

. assalto; banco

. assaltos

. assaltos violentos

. assistência

. avô cantigas

. azar; vai-te satanás

. balbúrdia

. baldas

. bancarrota; guerra-civíl

. bancos; depositos

. bancos; lucros

. bandeira

. bando de bestas

. banha da cobra

. bárbaros; império; reformas

. bes

. besta; muro

. bestas

. bestiais

. bicha popular

. bilderberg; foleiro

. bisonte;

. bloco central

. BMW; sumptuárias; encantar; défice

. bobo

. brasil

. briosa de luto

. bronco; sporting

. Buracos negros; pensões douradas; vidas

. burlesco; revolta; fora-da-lei

. burro

. burros e jumentos.

. c.g.d.

. cacto

. cada cavadela

. corrupção

. corruptos

. demagogia

. economia da ruína

. estupidez

. grécia

. incompetente

. militares

. oportunismo

. pedofilia

. ridículo

. roubo

. socialismo

. sons of anarchy

. todas as tags

.arquivos

. Outubro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Contadores

Sexta-feira, 30 de Junho de 2006

Remodelação governamental

Com a saída de Amado da pasta da defesa para a dos negócios estrangeiros nada de positivo trará ao país. Se por um lado a defesa se vê livre de um mau ministro, não é com a entrada de Severiano que melhora a situação. Depois de uma passagem fugaz pela pasta da administração interna em tempo de governo lodaçal e onde nada de positivo fez. Não será na da defesa que veremos melhoras. Com a capacidade de concentrar sinergias em ambientes de pressão e oposição interna, que tão bem caracterizam o futuro ministro.
Nos negócios estrangeiros onde o anterior associou o actual presidente dos Estados Unidos da América ao Hitler mas que nem por isso evitou que aviões da CIA que transportavam prisioneiros fizessem escala por cá. Temos agora um ministro que de um mau trabalho na pasta da defesa tem a porta das necessidades aberta para transportar além fronteiras a sua primorosa actuação. E a oportunidade desejada para os contactos directos para a venda das fragatas e F16. 
publicado por carlocos às 23:47
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|

Freitas já não é ministro.

Por razões de saúde Freitas termina a sua actuação como ministro dos negócios estrangeiros. E termina mal sem chama e manchado pela vergonha das piadas de mau gosto do presidente do Irão.  
Afinal os acrobáticos saltos mortais trouxeram graves problemas de saúde para o ex-ministro. Três graves lesões na coluna estariam a provocar-lhe mal-estar agravando o estado de saúde. Ao ponto de ter que ser sujeito a intervenção cirurgia. Parece que a última cambalhota foi a mais grave. Quando passou do CDS para o PS. Provocou danos ainda piores que a de há uns anos a traz, quando passou de benjamim de Marcelo para democrata. Também contribuiu para o agravamento do estado de saúde ter apanhado a foto de presidente do CDS da vala comum para onde foi despejada depois de ter chegado ao largo do Rato.
Freitas leva no seu curriculum diplomático os elogios do presidente do Irão, um nazi. E a cambalhota de agraciar a governação americana com a designação de estrema direita e xenófoba, para depois ter contactos ao mais alto nível. Ao ponto da escala dos  aviões da CIA serem um caso menor.
O país só fica a ganhar com a saída de tão ridícula criatura. Bem sei que o governo perde um elemento da melhor qualidade e tão do agrado do actual PM que de qualidade estão bem um para o outro.
Que se vá e não volte mais. Para vergonha já chega o tempo que andou pelo ministério dos “negócios” estrangeiros.
publicado por carlocos às 23:43
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|

O destino.

Segundo Correia de Campos o feto que inaugurou a lista de mortes, da região de Elvas depois do fatídico encerramento da maternidade. Estava para acontecer. Assim estava escrito no livro dos mortos. Era visível para qualquer iluminado que estivesse em contacto com Deus. Por isso não se pode atribuir culpas a ninguém e muito menos a ele.
publicado por carlocos às 23:41
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Lisboa é futuro.

 
A câmara de Lisboa vive uma excelente situação financeira. A disponibilidade financeira permite o aluguer de 371 a 395 viaturas num valor superior a 4,5 milhões de euros. 75% Dessas viaturas são automóveis e serão utilizadas em prole da população lisboeta. O facto da câmara não ter pago as horas extraordinárias deste último mês aos funcionários. É uma situação de menor importância, o dia virá que não haverá dinheiro para os salários.
As viaturas são duma necessidade extrema para a acorrer aos compromissos que a edilidade tem para com os utentes. Sem estes automóveis ligeiros os piquetes não poderiam dar assistência numa qualquer emergência. Segundo uma fonte não oficial, esta em estudo uma linha telefónica azul, que qualquer idoso pode recorrer sempre que tenha uma torneira a pingar ou que o tareco fuja para cima de uma árvore.
Com estas viaturas de alta e média cilindrada a câmara comprometesse a atender num espaço curtíssimo de tempo qualquer chamada e o respectivo envio de homens de negro para valer na aflição qualquer idoso.
publicado por carlocos às 23:32
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (1) | favorito
|

Animais com mimetismos.

Foi descoberta nos pântanos da ilha de Bornéu, Indonésia, uma nova espécie de cobra que muda de cor. A capacidade de mudar de cor já era conhecida em outros animais, como alguns répteis e políticos. No caso dos répteis é bem conhecida capacidade de mudar de cor dos camaleões. Animais em tempos abundantes no sul do país e que de momento se encontram em franca recessão. É considerada espécie em risco, devido à pressão humana. Nalguns casos destruíram as suas zonas de habitat para ocupação da actividade dos patos bravos. A outra espécie com capacidade de mimetismo, os políticos é uma espécie em franca ascensão no topo da cadeia alimentar que se alimenta de impostos e regalias absurdas. Esgotando os recursos da região que exploram. Mantendo sob o seu manto protector um grupo de jobs for the boys e sugando todos os outros. Decretando regalias injustificadas e negando direitos aos outros que levam uma vida a ser parasitados. Desses há os que têm mais que uma reforma como se tivessem nalguns casos 2, 3 ou mais vidas. E para manter esse absurdo decretam o fim das, que só vivem uma vez. Alguns ainda perderam mandatos por faltas injustificadas. Mudaram de pele e acusaram outros de incumprimento. 
publicado por carlocos às 23:24
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Os professores foram a banhos para o lado da Avenida 5 de Outubro.

O dia estava invernoso a chuva caía diluviana e lá estavam os professores prontos a dar mais uma lição aos que os acusam de quererem um fim-de-semana prolongado.
A contestação era contra as declarações da ministra da educação e os professores exigiam um pedido de desculpas. Contrariamente a atitude da ministra o que move os professores é uma escola pública de qualidade e a construção de uma profissão decente e reconhecida. 
 
publicado por carlocos às 23:19
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Gorilas nas salas de aulas.

As escolas em meios considerados problemáticos e com problema de disciplina vão ter autonomia para escolher os professores. É "absurdo" e "irracional" o actual mecanismo de colocação de docentes nas escolas pelo tempo de serviço e notas. Devem ser dados prevalência as capacidades e perfil de determinado professor. Colocando-o no lugar onde o seu desempenho será melhor.
No caso das escolas problemáticas é de caras que não podemos colocar um professor mariquinhas temos que ter a frente de alunos problemáticos professores tipo gorila ou mais do género porta de disco. Só assim teremos uma escola segura e onde os professores não serão agredidos. As preocupações pedagógicas não são minimamente importantes. Um mau aluno, progredi de ano do mesmo modo que um bom aluno. Mas de forma mais divertida e bem melhor que um aluno de capacidade média.
publicado por carlocos às 23:08
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

O elixir do bisturi.

O líder parlamentar do CDS-PP, acusou o executivo governamental de ser «politicamente desonesto» neste sector da saúde. Não só na saúde como em todas as áreas o governo tem dado mostras de uma desonestidade exemplar. Mas em relação a saúde este executivo tem sido fabulástico. A anedota dos medicamentos mais baratos e do combate ao poderoso lobi farmacêutico já esta finalmente a ser desmistificado. Afinal de contas os medicamentos de venda livre estão mais caros. (Um pouco como aconteceu com os combustíveis) no caso da maternidade de Elvas tem uma morte já seu curriculum. No caso do bebé falecido em Badajoz então é sintomático dum governo que despreza os seus cidadãos e que tomou uma decisão sem avaliar o impacto. Numa qualquer situação seria incompetência. Ficamos ainda a saber pela boca do ministro que existe um «baixo nível de conflituosidade social» na área dele. Que «o facto de haver mais doentes em lista de espera pode ser bom (...) Significa que a procura aumentou porque sabe que há disponibilidade». Presumo que depois de resolver os problemas operatórios dos que têm menos recursos os mais abastados caíram em massa para fazer uma cirurgiazita. (Um pouco como se as dividas existissem porque estão pagas. Uma espécie de elixir do bisturi). E no seu sector não há conflituosidade? Se o ridículo matasse hoje estaria livres da pior e a mais frequentadora criatura do mistério da saúde dos últimos 30 anos. “Ou da Morte” como já é designado por muitos dos utentes o serviço nacional de saúde. Que o ministro teima em arruinar acabando o trabalho que havia iniciado das outras vezes que passou pela casa.
publicado por carlocos às 02:10
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

A verdadeira pandemia.

Entre 2002 e 2005 foram abertos 6976 inquéritos motivados por crimes económicos e financeiros. Desses 1251 estão em investigação de processo-crime e um terço são referentes a câmaras municipais. A pandemia que sagra em Portugal envolve num manto de corrupção todas as áreas da vida portuguesa onde é relevante a o que se passa «ao nível dos sectores intermédios da administração pública, desde os serviços centrais aos locais, mas com especial incidência nas câmaras municipais», mas também «em forças policiais e em instituições da justiça»
Durante as nossas vidas temos vindo a ser confrontados com a suspeita de actividade duvidosas de alguns intervenientes na vida pública. De suspeitas eternas a conclusões nenhumas. No entanto temos vindo a assistir ao enriquecimento de alguns. Ou ainda a casos mediáticos que se arrastam pelos tribunais e onde figuras de proa da actividade politica não se chegam a assentam no banco dos réus. Que para o cidadão comum é uma questão de justiça zarolha e não cega.
Interrogo-me se seria possível uma investigação em Portugal como a do GAL em Espanha ou a de agora e ainda a decorrer que envolve figuras do topo do governo autónomo das Canárias. Que nos levam a pensar que em Portugal o crime acaba por compensar. Desde que tenhamos um cartão que nos identifique por iniciais e então de forem duas a protecção esta garantida mesmo que estejamos envolvidos em abuso de menores.
publicado por carlocos às 01:55
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Quebra nas receitas sobre o combustível.

O consumo de combustível em Portugal esta em queda devido ao aumento dos preços. Esta é a conclusão retirada da análise da Autoridade da Concorrência. Os dados apresentados da forma como o organismo apresenta estão provavelmente certos. Porém o organismo erra completamente quando apresenta a razão da quebra do consumo pela poupança. Ainda erra na diferença percentual entre do preço do combustível entre Portugal e Espanha. Estes, senhores para perceberem o valor do seu erro bastaria visitar as gasolineiras em Espanha junto a fronteira para verem o corrupio de viaturas de matrícula portuguesa para atestar. Se tiverem cuidado e estiverem atentos poderiam conversar comigo frequentemente e entender que como eu muita gente não mudou os hábitos só porque esta a ser governado por um bando de estúpidos que querem através da sua ignorância contribuir para o orçamento de estado espanhol. O facto de a gasolina de 95 octanas estar a ser comercializada por lá a 1.045€ e por cá 1.346. Uma diferença de 0.301 é mais que atractiva. É ainda mais chocante quando somos confrontados com as diferenças salariais. Quanto a quebra do consumo junto à fronteira custa-me a crer que seja só de 70% a 80%.
Estas medidas peregrinas do aumento dos impostos serviram para que o comércio junto a fronteira se deslocasse para o país vizinho. E as mesmas medidas serviram por sua vez para reduzir as receitas deste lado. Se por um lado junto ao litoral o comércio esta a sentir uma retracção no consumo junto a raia sentiu a sua deslocação para território espanhol. Às ideias deste executivo governamental não sei o que chamar… Mas inteligentes não são de certeza!   
Já agora não me venham falar em patriotismo roubando-me.   
publicado por carlocos às 01:50
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Corram-nos à pedrada!

A sério corram-nos à pedrada não os inspectores do Ministério do Ambiente. Mas sim aqueles que se passeiam pelo país e estrangeiro à nossa custa. Os que têm mais que uma reforma. Os que têm reformas escandalosas. Os que dizem que a segurança social esta falida, mas se riem dos outros do alto das suas reformas, dos seus direitos adquiridos. Que dizem que num futuro não há dinheiro para pagar as reformas porque eles estão a sugar o dinheiro das nossas com 2; 5; 6 e no melhor dos casos com 12 anos de descontos. Para os outros 35% durante 40 anos não chegam para eles e os seus direitos adquiridos 5% durante 2 anos foi mais que suficiente. Não se esqueçam e corram com essa corja. Uma pedra tumular e o país séria mais solidário. Eles até de falcon vão ver a bola.
publicado por carlocos às 01:45
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Listas, para quê?

Porque não lhes vão ao bolso? Em vez de andarem para aqui com paneleirices de listas. Se o governo sabe quem deve e o que deve, que faça o que lhe compete, que cobre e acabe com a mama.
Quer-me parecer que o governo não esta muito interessado na cobrança. Porque se o tivesse fazia a cobrança e deixava-se de espectáculos de circo. Em que eles são os palhaços ricos, nós os pobres e os devedores os espectadores que gozam o prato.
publicado por carlocos às 01:23
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Terça-feira, 27 de Junho de 2006

Antigos combatentes.

Este bando de palermas sempre se deu mal e sempre atacou aqueles a que foi retirado o direito de trabalhar e dar o contributo para o sustento da família. Muitos dos que foram enviados para as antigas colónias para combater em nome da pátria e que nunca mais foram os mesmos. Eram a juventude de então e a mão-de-obra deste país. Muitos eram a base do sustento das suas famílias.

Numa sociedade pobre em que o papel da mulher estava destinado a dona de casa. Salários baixos, famílias ainda numerosas, saúde precária ao nível do pior que hoje temos. Era esta a juventude de então que ficou destroçada por uma guerra. A mesma juventude que com o seu parco salário ou a força de braço na lavoura familiar, muito contribuía para o sustento da família. E o estado, A Bem da Nação determinou que os anos de oiro das suas vidas seriam perdidos nuns terrenos esquecidos de África. Muitos por lá ficaram. Percas irremediáveis para uma nação. Muitos meninos de sua mãe não regressaram. Muitos regressaram; trazendo maleitas no corpo que continuaram e continuam ainda para toda a vida. Para eles e as suas companheiras. A guerra nunca é fácil!... Só assim pensam os cobardes e os canalhas que fugiram. No lugar deles foram outros. Já no fim e no tempo dos “democratas” no lugar de um desses foi um irmão meu. Que não regressou para o seio de sua mãe.

Foi tempo de serviço dado à nação, tempo que o salário que era pago pelas suas vidas não chegava para as passagens da ida a casa no fim-de-semana. Foi tempo que saíram para lutar e abriram a porta à fome em casa. Por isso é da maior justeza que a nação que tanto exigiu deles, hoje os compense com algum pouco que nunca pagará a perca que tiveram.

publicado por carlocos às 00:36
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (5) | favorito
|

O que esperamos do Alqueva?

Desde sempre foi discutida a qualidade da água que iria encher a barragem do Alqueva. Muito foi discutido sobre o impacto ambiental de tal empreendimento. Várias vozes se elevaram contra a sua construção. Afinal sempre começou e finalmente numa Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2002 as comportas encerraram. E a destruição de vários habitats se iniciou. Nada resistiu incluindo todo o património arqueológico da área do regolfo. Nem os 1800 milhões de euros estimados inicialmente. Dossiers do Jornal Público.
Inicialmente havia o propósito de criar um sistema 110 mil hectares de perímetros de rega, pareciam indicar que se iria transformar o Alentejo, que as vastas regiões áridas compostas por xistos e calcários se transformariam numa zona altamente produtiva, que a tendência para a desertificação do interior meridional de Portugal seria finalmente erradicada. Uma autêntica miragem.
Afinal parece que o objectivo da agricultura não tem pernas para andar e sim os campos de golfe serão os grandes vencedores. Do projecto inicial de 400 camas passou-se para um megalómano projecto de 24000. Esquecendo que a qualidade da água que abastece a albufeira não tem as mínimas condições para banhos. E só pode ser utilizada para consumo humano depois de um rigoroso tratamento. Depois das últimas notícias sobre a interdição de banhos em toda a albufeira derivado a concentração de coliformes fecais. Não me parece que alguém no seu perfeito juízo invista em hotéis naquele lugar com perspectiva do aproveitamento de águas contaminadas. Mas quem sabe?
publicado por carlocos às 00:31
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (1) | favorito
|

Supranumerários?

Caso estranhíssimo ou tal não. Supranumerários são nomeados para cargos de director-geral. Esta situação não me surpreende nem pode surpreender ninguém. Surpresa seria se um funcionário de escalão inferior ao de detentor de cartão do partido não aqueça os fundilhos na cadeira dos supranumerários.
publicado por carlocos às 00:29
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Não custa viver. Custa sim saber viver.

Um trabalhador foi assaltado duas vezes pelo mesmo cidadão exemplar no espaço de três meses. O primeiro assalto rendeu 650€ o salário de um mês de trabalho da vitima e ainda tabaco e isqueiro. A vítima foi duas vezes assaltada nesse dia em que o criminoso lhe levou o salário. Já antes tinha sido assaltado quando lhe descontaram do vencimento 35% para uma possível reforma que não lhe vão pagar quando chegar a sua vez. Isto porque membros deste governo já usufruem de reformas vitalícias. Como é o caso de Mário Lino, ministro das Obras Públicas uma das reformas é proveniente de um fundo privado, do extinto IPE, estaleiro para politico incompetente a espera de tacho. E mais uma pensão de reforma da Segurança Social. O pior é que casos deste não são únicos, nem o ministro é ave rara. A espécie não esta em vias de extinção muito pelo contrario. Políticos com várias subvenções vitalícias de reforma acumuladas. E que dizer os que vêm as suas reformas reduzidas no futuro e o acautelar das dos políticos. Exemplos dos 12 anos parlamentares para eles e a preocupação com os autarcas. Falam de coragem. “O povo diz com papas e bolos se enganam os tolos”.
publicado por carlocos às 00:13
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Junho de 2006

Férias

De chuva. Mas são sempre férias.
Aqui vós deixo como sugestão decorativa. Uma verdadeira obra de arte.
publicado por carlocos às 17:39
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (7) | favorito
|

O regabofe continua.

É curioso, quinze governadores civis dos dezoito que foram nomeados para cumprir e fazer cumprir as leis. Não cumprem a lei da entrega da declaração de rendimentos no Tribunal Constitucional. (Notícia do Correia da Manhã Aqui). As desculpas são as mais variadas e disparatadas. O desconhecimento da lei. A lei é absurda.
Sim é verdade há muitas leis absurdas, começando pela dos governos civis. Aquela que sustenta o cargo. A nova lei dos seguros então é estúpida. E outras tantas que por ai andam e só servem para atrapalhar. Mas, temos que cumprir.
Afinal até não são os únicos que não cumprem, dizemos... Que diremos dos secretários de estado que também não entregaram a declaração de rendimentos (notícia da agencia financeira aqui). E do ministro das finanças (notícia da RR aqui) já agora então o candidato derrotado ás presidenciais Mário Soares também teve um lapso e esqueceu-se de entregar a dita. (notícia da RR aqui). Pois é são sempre os mesmos. Alguma coisa estaria mal se acabassem estes casos pouco claros que envolvem os benditos políticos que servimos. Caso isso alguma vez aconteça, logo uma questão se põe… Estaremos em Portugal? Evidentemente que não…
publicado por carlocos às 12:18
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (4) | favorito
|

A primeira baixa colateral.

Num pais onde a natalidade é preocupante uma grávida perde o filho depois de ser transferida para um hospital a 60 km de distância. É possível que a transferência não tenha sido a causa da morte do feto. É possível que o stress da deslocação não tenha contribuído para mais uma morte. É possível que se a maternidade de Elvas não estivesse sido encerrada, a jovem de 21 anos que esperava um filho o tivesse ainda mesmo assim perdido. Ses, sempre os ses. Mas, a verdade é que se a maternidade não estivesse sido encerrada. Só um se, se ponha. Ou talvez não! A jovem futura mãe teria perdido o Bebé ou não? Provavelmente não. E se esse encerramento foi o factor decisivo?
É curioso na notícia no Correio da Manhã o ministério da saúde “ (ou da Morte) ” é rapido a descartar a responsabilidade do encerramento da maternidade, argumentando que o processo de aborto já se tinha iniciado. Não parece ter sido essa a conclusão do corpo clínico que lidou com a grávida e por isso a transferiram para Portalegre e não para Badajoz. Em caso de risco é para Badajoz que as grávidas devem ser transferidas. Não é difícil depreender que aqui alguém mente. É evidente o resultado negativo do encerramento da maternidade.
É evidente que ontem alguém garantiu o seu lugar no inferno. Contribuindo para a infelicidade de uma mãe. Essa mãe sempre que vir o rosto do ministro que dirá?...
publicado por carlocos às 10:21
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (13) | favorito
|

Estúpida lei.

É curioso mais uma lei em defesa das companhias de seguros e que prejudicam o Zé pagante.
Um governo serve para governar a bem da causa comum e os tribunais servem para defender os fracos e oprimidos da prepotência dos ricos e poderosos. Para isso é que são as leis e que devem regular o direito, serem justas e terem equidade.
Por isso não queria querer no que ouvi ontem durante o telejornal. “Está em discussão uma lei na assembleia que dá poder ás companhias de seguros para mandar um segurado do ramo automóvel para o caneco em caso de prejuízo”. A estúpida lei rege mais ao menos assim: uma seguradora só é obrigada a reparar uma viatura até ao valor comercial da mesma. O que é que isto quer dizer? Muito simples; quer dizer que as seguradoras não pagam os estragos causados a terceiros superiores ao valor comercial da viatura. Então porque somos obrigados a ter seguro. Porque andamos a encher os cofres a uma cambada de oportunistas. Esta é mais uma lei bem ao nível deste partido fascista que esta no poder.
É claro que para os ricos e essa cambada que declara de salário o mínimo mas que faz gladio da viatura topo de gama como se do prepúcio se tratasse. Este não é um problema, têm a possibilidade de trocar de carro todos os anos e a desvalorização da viatura não é assunto. Mas para quem a aquisição de uma viatura é feita com alguma dificuldade esse problema já se põe… Ou não?

Ainda sobre esses tais que companhias de seguros temos mais uma brilhante actuação Como não havia sinais de arrombamento, recusaram pagar” foi a forma que a seguradora em questão utilizou para não indemnizar as vítimas daquele assalto. Deste modo ficamos na dúvida se para um segurado seja compensado em parte dos prejuízos, poderá estar vivo?

publicado por carlocos às 09:38
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (5) | favorito
|

referer referrer referers referrers http_referer

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.links

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds