É curioso o desplante e desfaçatez com que a classe politica trata os assuntos de estado. Demonstrando um total desrespeito pelos eleitores que os elegeram para servirem o país

.UTILIDADES


ARTE
Aguarelas de Turner
Elfwood
Fantasy art
Boris Vallejo
Gorodin
Imagenetion
Luis Royo
Soanala
Tendreams
Zindy

ROTEIROS e MAPAS
Atlas local
Autour du Monde
Rotas e Viagens
Maporama.com
Mapas.clix
Mapa Michelin
Planta lisboa

AMBIENTE
Fauna Ibérica
Quercus
Geota
Portal Ambiente Online

COISAS INTERESSANTES
"> Dicas
Portal Europeu da Mobilidade
Expresso Emprego
Lado Negro da WEB
O Império Romano
Revelar Lisboa
Portal da história
Covers
Clube internet
Terramoto 1755
Lyrics
Museu das mentiras
Todays front pages
Realidade oculta
Vatican the Holy See

METEOROLOGIA
Geocid
Instituto de Meteorologia
Previsão do Estado do Tempo
Weather.co.uk

RECEITAS de CULINÁRIA
Culinarias.NET
Gastronomia de Portugal
Gastronomia Tradicional Portuguesa
Petiscos
Receitas de Culinária Online
Receitas e menus
Receitas macrobiótica
Receitas, Refeições e Comida É aqui!
Serviço Português de Gastronomia e Hotelaria

INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA
Atlas Geográfico
Centro de Estudos Geográficos
Earth google
Guia Geográfico
Instituto Geo do Exército
Instituto Geo Português

INVESTIGAÇÃO ESPACIAL
Agencia espacial europeia
SPACE.com
Portal do astrónomo

TEMPLATES
^.^ COYSITAS II ^.^
Mudar o template
Templates by Maximus
Portal By Marina

WALLPAPER
Dave's Scenic Nature
Deviantart
Desktopia
Digital Blasphemy
PCparadise
SPACE
Webshots

CASAS ENGRAÇADAS
Cavalheiros do Apocalipse Diz Que Disse
Esta barra é azul!
Estranho mas verdade
O coiso
Frente de Libertação Caramela
História em Disparates
Macacos sem galho
O Bobo
O MANGALHO ANTÍ-STRESS
vitominas

MOTORES DE BUSCA
Clix
Descobre
Google
Guia gratis
Iol
O leme
O Mocho
Sapo
Tendencia.cc

ENCICLOPÉDIAS E DICIONÁRIOS
Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
corrector On-line
Dicionários
Tradutor
Wikipedia

JORNAIS DE PORTUGAL
Agencia financeira
Correio da Manhã
Diário digital
Diário económico
Diario de notícias
Expresso
Lusa
Jornal digital
Jornal de negócios
Jornal de notícias
Jornalismo & Comunicação
Mundo.pt
Sol
Publico
O 1º de Janeiro
Semanário

REVISTAS
Nova Vaga
Visão
Finisterra
National Geographic
Atlântico
Sabado

TV
TVI

Rádio

Telefonia do Alentejo
RR

JORNAIS REGIONAIS
ALGARVE

Jornal do Algarve
Jornal do sotavento
Região sul

ALTO ALENTEJO
Diário do Alentejo

BAIXO ALENTEJO
Moura digital

BEIRA ALTA
Diário regional Viseu
Nova Guarda

BEIRA BAIXA
Jornal do fundão
Reconquista
Gazeta do interior

BEIRA LITORAL
As Beiras
Diário de Coimbra
Diário de Aveiro
Diário de Leiria

DOURO LITORAL
Imediato

ESTREMADURA
Jornal da praceta
Região de Setubal
Voz do campo
O Setubalense

MINHO
Diário do Minho
Antena Minho-106.0 FM

RIBATEJO
O Mirante
O Ribatejo
Vida Ribatejana

TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO
Mensageiro de Bragança
Voz do nordeste

AÇORES
Azores.gov
Azores digital
Açoriano Oriental
A união

MADEIRA
Madeira.gov
DN da Madeira
Jornal da Madeira

COMUNIDADES PORTUGUESAS
Lusoamericano
Gazeta Lusófona
Jornal Portugal Ilustrado
Mundo-Luso
Portuguese times
Sol Português

ESTRANJA
ANGOLA
Angola Press

ARGENTINA
Clarin Digital
Pagina12

BRASIL
Correio da Bahia
Diario do Nordeste
Globo
News yahoo
Midia sem mascara
Gazeta online

CHILE
El Mercurio
El diario

ESPANHA
El País
El Mundo
abc
Andalucia
El Periodico
Minuto Digital

FRANÇA
Le Monde
Le Figaro

INGLESES
Guardian
The Herald
Financial Times

ITALIANOS
Corriere della Sera
La Repubblica

PORTO RICO
El Nuevo Día

USA
The New York Times
The Washington Post

Islão
Webislam

.posts recentes

. É curioso a frase.

. Para que serve um Ministr...

. Qual é imagem de marca de...

. Mário Viegas Manifesto An...

. O pior presidente de semp...

. Vale a pena ir votar?

. Um presidente um governo.

. O fulano Decidiu que não ...

. Porque se fazem eleições ...

. Porque incomoda a tanta g...

. Pergunta do dia

. Anda por ai uma direita d...

. Olha como está irritada

. Andam todos por ai assust...

. Afinal o ps não aprendeu ...

. Que democracia é esta

. Diz o povo na sua sabedor...

. Existe gente com uma pret...

. “Ajudemos o presidente a ...

. O governo não sabia da li...

. Tiques de ditador.

. Porque razão apresentou a...

. O homem ainda não morreu ...

. Ulrich: "Troika mandou-me...

. Tanto ruido.

. 'Swissleaks' e a xariá

. O EMIGRANTE

. Quando se entra em campan...

. O alarve

. É um conto de crianças.

. Quando os valores morais ...

. Os nossos amigos de turba...

. 10 minutos da vida dum tr...

. Uma ideia, um terrorismo....

. O Mário e gafes

. Mais uma aventura que vai...

. O ambiente cheira mal

. Quando a saúde não tem me...

. Ilhas selvagens portugues...

. Estou farto dos que dizem...

. Quantos pobres recebem “9...

. Grande golpe publicitário...

. Muito se tem falado e esc...

. Visita Guiada ao Museu Mi...

. Como lida a polícia no br...

. A TAP, e os palermas

. BEM-HAJA, Senhor Almirant...

. São noticias deste calibr...

. Não podia estar mais de a...

. Luvas milionárias no caso...

.tags

. “É para inglês ver”; insustentável; list

. “falta de carácter”

. “OBVIAMENTE

. "a voz do dono"

. "Não tenho andado por aqui"

. "o baqueiro do regime"

. "O insólito acontece "

. "reduzir salários"

. 10.8%;erro;grave;desemprego

. 14%; desemprego

. 150 bombeiros

. 150.000 entalhes.

. 25 abril

. 27º

. 4 Milhões

. «por que no te callas»

. a aldeia dos trafulhas.

. a arte de bem mentir.

. a culpa morre solteira

. a força

. a gamar é que esta o ganho

. A ministra? E os exames…

. a primeira baixa colateral

. a velha

. abertura

. acabou

. acepipe

. agentes políticos

. agressões

. aguenta

. ai

. ajuda

. al-zarqawi

. alcachofra

. alcatrão

. alemao

. alguem diferente

. alimentar

. almeida ao poder.

. amnistia

. amo-te

. ana politkovskaia

. anjos caídos

. aprender

. armadilha mortal

. arquivamento

. arredondamento; banco; roubo; arrogante

. Arriba Fóssil

. asneira; nuclear; falências; electricida

. asno

. asnos; governam

. assalto; banco

. assaltos

. assaltos violentos

. assistência

. avô cantigas

. azar; vai-te satanás

. balbúrdia

. baldas

. bancarrota; guerra-civíl

. bancos; depositos

. bancos; lucros

. bandeira

. bando de bestas

. banha da cobra

. bárbaros; império; reformas

. bes

. besta; muro

. bestas

. bestiais

. bicha popular

. bilderberg; foleiro

. bisonte;

. bloco central

. BMW; sumptuárias; encantar; défice

. bobo

. brasil

. briosa de luto

. bronco; sporting

. Buracos negros; pensões douradas; vidas

. burlesco; revolta; fora-da-lei

. burro

. burros e jumentos.

. c.g.d.

. cacto

. cada cavadela

. corrupção

. corruptos

. demagogia

. economia da ruína

. estupidez

. grécia

. incompetente

. militares

. oportunismo

. pedofilia

. ridículo

. roubo

. socialismo

. sons of anarchy

. todas as tags

.arquivos

. Outubro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Contadores

Segunda-feira, 28 de Novembro de 2005

Artista

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] (hspace>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<IMG style="FLOAT: left" height=360 alt="faltas injustificadas Valter Lemos.jpg" src="http://ecurioso.blogs.sapo.pt/arquivo/faltas injustificadas Valter Lemos.jpg" width=234 border=0 ) (hspace="10"> 
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN style="COLOR: blue">A notícia tem a força que se queira dar e será dada em relação à cor partidária. Os socialistas dirão que não tem importância, o outro pessoal de esquerda tentará minimizar ao máximo o acontecimento e o outro pessoal dirá; esta é a moral de esquerda. <?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /><o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN style="COLOR: blue">Do grupelho do Anacleto volta e meia aparecem notícias interessantes e bem oportunas esta é mais uma. Obrigado Sr. Louçã pôr nós recordar e dizer alto e bom som qual é a personalidade destes socialistas portugueses. <o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt"><B style="mso-bidi-font-weight: normal"><SPAN style="COLOR: purple"><A href="http://www.sprc.pt/paginas/Novidades/nov_valter.html"><SPAN style="COLOR: purple">A notícia segue por aqui</A><o:p></o:p></SPAN></B></P>
publicado por carlocos às 18:55
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 27 de Novembro de 2005

Qual crise?

Enquanto o governo cria uma disjunção entre os portugueses e convence alguns da justeza das medidas em prole do deficit. A outros distribui dinheiro como quem dá milho aos pombos. (continua aqui)


Uma medida justa em prole da saúde das contas públicas seria acabar com os institutos públicos, reduzindo de uma vez por todas a barafunda que existe neste assunto.


Mas, tudo se mantém na mesma ou nalguns casos a situação piorou. Criação do governo Guterres têm sido utilizados para colocar as criaturas mais perniciosas que a nossa classe politica nos tem brindado. E é neste contexto que vamos assistindo que os institutos têm funcionado como a parafernais dos governos após Guterres. Tanto se falou em tempos da redução destes já que muitos duplicavam funções. Mas que vemos, afinal não passou de uma ideia de pernas curtas que não levou a lado nenhum.


Com a extinção dos sorvedouros e inúteis institutos, seria decerto por aqui o caminho correcto para o equilíbrio das contas públicas. Mas que vemos? Em vez de os extinguir ficamos com a ideia que eles pululam por ai quais ervas daninhas, sorvendo o dinheiro dos impostos, que depois não chega para pagar reformas condignas.

publicado por carlocos às 16:01
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 22 de Novembro de 2005

Os que ficam por cá nunca os esquecem

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] (hspace>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><B style="mso-bidi-font-weight: normal"><FONT size=4><FONT face=arial><IMG style="FLOAT: left" height=281 alt="cerimonia funebre.jpg" src="http://ecurioso.blogs.sapo.pt/arquivo/cerimonia%20funebre.jpg" width=400 border=0 ) (hspace="10">Já vai longínquo o ano de 1975 aquando da cerimónia fúnebre pelo meu irmão morto em Angola. Tinha eu então 13 anos e acreditava que nunca mais assistiria a uma cerimónia tão carregada de simbolismo e amargura.<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /><o:p></o:p></FONT></FONT></B></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><B style="mso-bidi-font-weight: normal"><FONT size=4><FONT face=arial>Mas hoje todo o passado voltou e a tristeza também. <SPAN style="mso-spacerun: yes"> </SPAN></FONT></FONT><o:p></o:p></B></P>
publicado por carlocos às 23:46
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (11) | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Novembro de 2005

Candidatos a presidente

Vários são os candidatos que se perfilam na corrida ao cargo tão almejados. De cinco sabemos alguma coisa e intenções. Dos outros e são em maior número, pouco ou nada sabemos deles e suas intenções. Quer seja pelo pouco mediatismo das figuras quer seja pelo interesse ou oportunidade que lhes a concebida pelos médias.


O único cargo politico que é eleito por voto directo e consequentemente o único democrático. Deveria ter um tratamento mais aberto; democrático. Mas como tudo, é o aparelho partidário que com a sua forma se impõe.


Dos cinco mais mediáticos sabemos as intenções e razões das suas candidaturas. O Cavaco e os quatro Anti-Cavaco (quais cavaleiros do apocalipse). De todos o que mais se sobressai é Mário Soares, não pelas ideias ou objectivo para o país. Nesse assunto é bem conhecido – descolonização fundações, maçonaria, viagens, comitivas, banquetes e outras questões estranhas e muito mal explicadas. Mas, sim pelos ataques pessoais a Cavaco. Vociferando amiúde umas pérolas como o candidato esfinge, esquecendo ele, o candidato múmia. Mário não resiste atacando Cavaco em todas as oportunidades que se lhe deparam. Demonstrando comportamento digno de assíduo frequentador do consultório de um psicanalista. E nunca de um futuro presidente da republica.


Com o candidato socialista em Belém por cinco ou mais anos, teria muita dificuldade de dormir descansado. Seriam mais um longo e difícil período de esbanjamento de dinheiros públicos. Seria o regresso das passeatas presidenciais as imensas e faustosas comitivas. Interrogo-me quantas voltas ao mundo seriam dadas desta vez. E no final seriam com certeza de novo criadas mais umas fundaçõezitas, à custa do tão depauperado honorário público.


O ex-presidente é um bem sucedido político profissional. É um representante da classe politico-profissional que tão desagrada e é desprezada pela maioria dos portugueses. Quando olho para Mário Soares e o comparo com o país não posso desassociar o estado das finanças públicas e a situação económica duma larga franja da sociedade. Sem dúvida que enquanto a vida lhe sorriu e o bafejou com a abundância. O oposto foi o fado da maioria dos portugueses. Sempre lutaram e foram penosamente pagando os seus impostos para uma melhor distribuição da riqueza. Que no final se encontra nas mãos de alguns. Políticos e gestores públicos principescamente bem pagos.


Cavaco, pertence a uma classe de políticos (creio quase extinta) que não enriqueceram com a política. Parece pertencer ao grupo quase extinto da classe média. Os seus adversários por muitos defeitos que lhe apontem não o podem desassociar de algumas virtudes; a honestidade e competência. Nem tão pouco podem negar que não enriqueceu. O que não se pode dizer deles.  


Em quem irei votar ainda estou um pouco indeciso. Mas porém; Soares é o rosto dos políticos que desprezo. Por isso nunca terá o meu voto.  

publicado por carlocos às 00:51
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (8) | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Novembro de 2005

Assim vai a redução da despesa pública


A Administração do Porto de Lisboa (APL) tem nos seus quadros mais vinte chefias do que em 2004.
Assim funciona o mundo socialista. Quando falam que existem quadros excedentários na função publica. Organismos titulados pelo estado admitem 20 quadros superiores e 20 funcionários administrativos.
Então vá lá; acabem com o pessoal a mais e empoleirem só chefes duma vez por todas.

publicado por carlocos às 17:22
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (3) | favorito
|

Parabéns Sr. Ministro.

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] (hspace>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<IMG style="FLOAT: left" height=200 alt=vieira.jpg src="http://ecurioso.blogs.sapo.pt/arquivo/vieira.jpg" width=150 border=0 ) (hspace="10"> 
<P style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; LINE-HEIGHT: 12pt"><B style="mso-bidi-font-weight: normal"><SPAN style="FONT-SIZE: 9pt; COLOR: purple; FONT-FAMILY: Arial"><A href="http://www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=181396&amp;idselect=11&amp;idCanal=11&amp;p=94"><SPAN style="COLOR: purple">«Segundo o indicador nacional, existem assim 430 mil desempregados no País. Porém, ontem, também o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) divulgou os seus dados mensais, segundo os quais se registou em Outubro um aumento de 3,6 por cento de desempregados inscritos nos centros de emprego, o que significa 484 mil indivíduos sem emprego.
Os dados do INE revelam que, comparando o terceiros trimestre de 2004 com o de 2005, o número de desempregados cresceu 14,4 por cento».</A><?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /><o:p></o:p></SPAN></B></P>
publicado por carlocos às 16:56
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Reflexo

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] (hspace>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN style="COLOR: blue"><IMG style="FLOAT: left" height=150 alt=ROBINOQUIO.jpg src="http://ecurioso.blogs.sapo.pt/arquivo/ROBINOQUIO.jpg" width=160 border=0 ) (hspace="10">No fim do segundo trimestre ROBINÓQUIO anunciou que o país estava a crescer. Resultado da corrida ao consumo de forma a antecipar o assalto ás carteiras dos cidadãos pelo aumento do IVA. <?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /><o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN style="COLOR: blue">Quando o crescimento do consumo interno se saldava em 1.4% e o crescimento do PIB nuns meros 0.5%, foi anunciado com pompa e circunstancia que era um sinal elucidativo da excelência da sua politica. Portugal crescia mesmo com a crise instalada na Europa.<o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN style="COLOR: blue">Hoje sabemos que no último trimestre; durante e resultado da incompetente politica financeira do governo o país não só cresceu menos. E os iniciais 0.5% estão agora nuns insignificantes 03%. Em resultado disso estamos cada vez mais longe da média europeia.<o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN style="COLOR: blue">Sabemos ainda que durante o verão, (tradicionalmente um período de emprego estival) a taxa de desempregados aumentou substancialmente 16,6% em </SPAN><SPAN class=a1><SPAN style="COLOR: blue"><FONT face=Arial>termos homólogos</FONT></SPAN></SPAN><SPAN style="COLOR: blue">. Contrariando o que até este governo vinha acontecendo. <o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN style="COLOR: blue">Este resultado só pode antever para 2006, um aumento do desemprego e a degradação das condições de vida dos portugueses. Apesar de todos os sinais insistentemente indicarem que as politicas económicas seguidas por este governo são desastrosas, não se deslumbra mudanças na política de ruína.<o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN style="COLOR: blue">Estamos cada vez mais perto de uma recessão. Mas, continuamos num louvor à estupidez e a pobreza de espírito caminhando para a ruína. <o:p></o:p></SPAN></P>
publicado por carlocos às 16:48
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Então SR. Ministro, distracção?

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] (hspace>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN style="COLOR: red"><IMG style="FLOAT: left" height=180 alt="correia campos.jpg" src="http://ecurioso.blogs.sapo.pt/arquivo/correia%20campos.jpg" width=200 border=0 ) (hspace="10">Numa entrevista à SIC Notícias, na quarta-feira à noite, Correia de Campos considerou uma «<B style="mso-bidi-font-weight: normal"><U>vergonha nacional</U></B>» haver 59 oftalmologista no Hospital dos Capuchos, em Lisboa, «e no entanto se se quiser uma consulta não se consegue».<B style="mso-bidi-font-weight: normal"><?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /><o:p></o:p></B></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN style="COLOR: red">«Em número total temos apenas 30 médicos, dos quais 24 especialistas e seis internos em formação. <B style="mso-bidi-font-weight: normal"><U>Não sei onde é que o senhor ministro arranjou 59 médicos</U></B>. No serviço só há muitos, muitos anos esse número podia estar correcto», afirmou à TSF.<o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN style="COLOR: blue">Tudo serve para atacar os profissionais. Tudo serve para colocar uma maioria contra o povo. Tudo serve para virar uns contra os outros. Enfim, ainda há por ai quem dê credito… <o:p></o:p></SPAN></P>
publicado por carlocos às 16:39
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|

Contradições ou resultado duma politica criminosa.

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] (hspace>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<P><SPAN style="FONT-SIZE: 12pt; COLOR: purple; FONT-FAMILY: 'Times New Roman'; mso-fareast-font-family: 'Times New Roman'; mso-ansi-language: PT; mso-fareast-language: PT; mso-bidi-language: AR-SA"><IMG style="FLOAT: left" height=86 alt=ROBINOQUIO.jpg src="http://ecurioso.blogs.sapo.pt/arquivo/ROBINOQUIO.jpg" width=92 border=0 (hspace="10" )><A href="http://www.elmundo.es/mundodinero/2005/11/17/portada/1132220446.html"><STRONG><SPAN style="COLOR: red">La Comisión Europea ha revisado hoy al alza su previsión de crecimiento para España al 3,4% en 2005 y al 3,2% en 2006, desde el 2,7% calculado anteriormente para los dos ejercicios. Sin embargo, la Comisión ha reiterado las advertencias sobre el talón de Aquiles del crecimiento español: el constante aumento del desequilibrio exterior y el consecuente deterioro de la competitividad. El comisario incidió en que este año España crecerá casi tres veces más que la media de la zona euro (1,3%), en la misma línea que los últimos años, pero consideró que ese diferencial se irá reduciendo, dada la prevista recuperación de la zona euro (crecerá el 1,9% en 2006 y el 2,1% en 2007) y el "agotamiento" de la economía española. </A></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><B style="mso-bidi-font-weight: normal"><SPAN style="COLOR: purple">Portugal</SPAN></B></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><B style="mso-bidi-font-weight: normal"><SPAN style="COLOR: purple"><A href="http://www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=181277&amp;idselect=11&amp;idCanal=11&amp;p=94"><SPAN lang=ES style="COLOR: #339966; mso-ansi-language: ES">As exportações sobem 0,7 por cento (contra os 2,7 inicialmente previstos) e o investimento produtivo cai 2,8 por cento (previa-se uma descida de 1,5 por cento). O que sobe? As despesas com pensões (8,3 por cento no regime geral e 8,8 por cento no funcionalismo público), os custos com pessoal (mais 3,7 por cento), o endividamento das famílias (mais seis pontos percentuais ‘comidos’ aos rendimentos disponíveis) e o desemprego (7,4 por cento). Face a esta avaliação, assumem especial relevância as críticas feitas aos números constantes no Orçamento de Estado para 2006 e que pressupõem um aumento das exportações de 5,7 por cento. </A></SPAN></B><B style="mso-bidi-font-weight: normal"><SPAN lang=ES style="COLOR: purple; mso-ansi-language: ES"><?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /><o:p></o:p></SPAN></B></P></SPAN></STRONG></SPAN>
publicado por carlocos às 16:05
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
Terça-feira, 15 de Novembro de 2005

Crime de opinião

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] (hspace>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><B style="mso-bidi-font-weight: normal"><SPAN style="COLOR: purple; FONT-FAMILY: Arial"><IMG style="FLOAT: left" height=289 alt="inativacao mergulhadores da armada.jpg" src="http://ecurioso.blogs.sapo.pt/arquivo/inativacao%20mergulhadores%20da%20armada.jpg" width=222 border=0 ) (hspace="10"><A href="http://www.publico.clix.pt/shownews.asp?id=1238865&amp;idCanal=30"><SPAN style="COLOR: purple">O presidente da Associação de Praças da Armada iniciou hoje o cumprimento da pena imposta por crime de opinião.</A></SPAN><SPAN style="COLOR: purple"><?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /><o:p></o:p></SPAN></B></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN style="COLOR: blue; FONT-FAMILY: Arial">A pena com que foi condenado foi a de três dias de prisão. Sim, de prisão! Que outra coisa é uma pena de privação de saída? <o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN style="COLOR: blue; FONT-FAMILY: Arial">Assim são os privilégios dos militares. Assim são tratados os militares como qualquer criminoso. Não lhes é permitido manifestarem-se, não podem dizer a verdade que são perseguidos e castigados. Ainda alguém refere privilégios! … Que outro grupo de profissionais esta sujeito à obrigatoriedade do silencio? <o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN style="COLOR: blue; FONT-FAMILY: Arial">Que moralidade pode haver numa pena imposta pelos mesmos. Os que acusam, julgam e são carrascos. <o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN style="COLOR: blue; FONT-FAMILY: Arial">Que triste me senti quando vi um “grou” comentar os deveres que se imponham mas nunca, o vi ou ouvi defender os direitos dos seus subalternos. <o:p></o:p></SPAN></P>
publicado por carlocos às 14:34
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Novembro de 2005

SENSACIONAL**

Enfim uma notícia para alegrar muita gente:


Um dos nossos deputados contraiu gripe das aves, portanto, vai ter que se abater todo o bando.


 


Bom fim-de-semana

publicado por carlocos às 20:56
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (1) | favorito
|

Nova pitonisa

Qual pitonisa de Delfos, envolta numa névoa de estranhos vapores e cálida sapiência. Ana Gomes profetiza no Causa-nossa que um dia «Tomem nota: Paulo Pedroso vai ser um dia Primeiro Ministro de Portugal.» E assim, o destino de Portugal fica traçado.


Qual D. Sebastião virá um dia envolto não em nevoeiro, mas sim num vapor vulcânico e pestilento. Qual continuador da obra de Sócrates, que nos levará ah destruição final.

publicado por carlocos às 20:54
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (6) | favorito
|

Relatório apontava irregularidades

O relatório preliminar enviado pela IGAT apontava alegadas irregularidades na atribuição de subsídios no valor de 32 mil contos (160 mil euros) à Fundação Soares durante o mandato de João Soares. "A atribuição de subsídios anuais à Fundação partiu de uma deliberação camarária tomada em Novembro de 1995, altura em que a autarquia aprovou um protocolo com a Fundação Mário Soares", disse Margarida Magalhães.
Por seu lado, o ex-presidente da Câmara de Lisboa João Soares afirmou à Lusa desconhecer o relatório e disse nunca ter participado em deliberações sobre as atribuições financeiras à Fundação Soares. "Nunca participei em nenhuma deliberação sobre atribuições à Fundação. Não sei de nada, ninguém me deu qualquer conhecimento sobre isso. Não me lembro de nada disso", assegurou João Soares.
Mas afinal; João Soares era presidente da câmara e não sabia de nada? Não entendo!...

publicado por carlocos às 20:51
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|

Rica fundação

«O CM apurou, através de uma pesquisa no Diário da República, que a instituição ligada ao ex-Presidente da República recebeu, entre Fevereiro de 2002 e Julho de 2005, 867 055,94 euros dos ministérios da Defesa, da Cultura, da Administração Interna, através do Governo Civil do Distrito de Leiria, das Actividades Económicas e do Trabalho, através do Instituto do Emprego e Formação Profissional, e da Presidência do Conselho de Ministros».


«Ligada ao ex-Presidente da República, Mário Soares, em 1997 o Governo socialista de António Guterres disponibilizou, segundo o jornal ‘Expresso’, 500 mil contos para a criação de um auditório, uma biblioteca e um arquivo num edifício cedido pela Câmara de Lisboa, presidida na altura pelo seu filho João Soares».


«A Câmara de Leiria paga por mês 3740 euros à Fundação Mário Soares para “apoiar o funcionamento” da Casa-Museu João Soares, que se situa na freguesia das Cortes, concelho de Leiria, e faz parte da Fundação. Esta verba consta de um protocolo assinado entre a autarquia e a Fundação nos anos 90. Segundo a Câmara, o valor inicial era de 2500 euros e foi actualizado para 3750 euros, em Setembro de 1997, no mandato do socialista Lemos Proença, que em Dezembro de 97 perdeu a autarquia para Isabel Damasceno».


Leiria a cidade do estádio sem utilidade.

publicado por carlocos às 20:49
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Sindicato nas Forças Armadas

Concordo com as associações e com o comportamento respeitoso e honesto com que se têm comportado.
Têm dado uma lição a muitas outras organizações de comportamento e dignidade. Têm-se pautado por um comportamento irrepreensível.
São perseguidos pela tutela e pelos políticos. Sem dúvida, nada mais seria de esperar. Quem não esta habituado a comportamentos dignos e honestos não se sente à vontade lidando com estas pessoas.
Apesar destas contingências não vejo necessidade de um sindicato nem advogo tal necessidade.

publicado por carlocos às 20:47
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Militares e coesão

O governo civil de Lisboa proibiu a realização de uma reunião de militares, invocando ameaças à "coesão e disciplina" nas Forças Armadas. O Governo Civil, afirma que a reunião teve parecer negativo do Conselho de Chefes de Estado-Maior, "a natureza da manifestação é susceptível de pôr em risco a coesão e a disciplina das Forças Armadas". Estão redondamente enganados o que esta a minar a coesão e disciplina nas forças armadas não são as reuniões dos militares. São casos como a actual situação na armada, em que um oficial general depois de ser promovido é dado logo como futuro CEMA. Ultrapassando vários camaradas de armas.


É a politização das forças armadas, que minam a disciplina e a coesão da instituição.

publicado por carlocos às 20:42
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Na zona dos ministérios

Os amigos do alheio tiveram uma madrugada rentável na baixa pombalina. Já algum tempo para cá que as zona da baixa é uma coutada de caça para os tais incivilizados. Nem mesmo a proximidade de uns ministérios tais como o da Administração Interna torna a zona mais segura e menos apetecível.

publicado por carlocos às 20:40
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Metade dos crimes sem investigação

“Há muito crime que não é investigado. Mais de metade dos casos são deixados de lado. Os mais graves devem ter tratamento prioritário”


E a outra metade, se for como Felgueiras, Paulo Pedroso e tantos outros.


Receio que com esta nova orientação a justiça seja finalmente politizada de vez.

publicado por carlocos às 20:38
link do post | Arrifem comentários | ver comentários (2) | favorito
|

Orçamento de estado

Seis gabinetes ministeriais vão ter mais 12,6% em media para gastar no próximo ano com os salários dos governantes, seus adjuntos e secretariado, além de ajudas de custo e representação e outras despesas (quais) das entidades que tutelam.

publicado por carlocos às 20:35
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

Tremendo erro de avaliação do governante.

O ministro do Ensino Superior Mariano Gago em entrevista ao programa “Diga Lá Excelência” afirmou que tinha pedido uma investigação criminal à Procuradoria-Geral da República resultado de carta recebida de uma aluna a queixar-se.


Segundo José Adriano, director da Escola Superior de Tecnologia e Gestão, do Instituto Politécnico de Bragança, a aluna disse que a missiva ao ministro é mais um manifesto antipraxe e não uma queixa.


Mas em que ficamos: é uma queixa, um namorado ciumento, um manifesto ou um problema de iliteracia.

publicado por carlocos às 20:33
link do post | Arrifem comentários | favorito
|

referer referrer referers referrers http_referer

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.links

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds