É curioso o desplante e desfaçatez com que a classe politica trata os assuntos de estado. Demonstrando um total desrespeito pelos eleitores que os elegeram para servirem o país

.UTILIDADES


ARTE
Aguarelas de Turner
Elfwood
Fantasy art
Boris Vallejo
Gorodin
Imagenetion
Luis Royo
Soanala
Tendreams
Zindy

ROTEIROS e MAPAS
Atlas local
Autour du Monde
Rotas e Viagens
Maporama.com
Mapas.clix
Mapa Michelin
Planta lisboa

AMBIENTE
Fauna Ibérica
Quercus
Geota
Portal Ambiente Online

COISAS INTERESSANTES
"> Dicas
Portal Europeu da Mobilidade
Expresso Emprego
Lado Negro da WEB
O Império Romano
Revelar Lisboa
Portal da história
Covers
Clube internet
Terramoto 1755
Lyrics
Museu das mentiras
Todays front pages
Realidade oculta
Vatican the Holy See

METEOROLOGIA
Geocid
Instituto de Meteorologia
Previsão do Estado do Tempo
Weather.co.uk

RECEITAS de CULINÁRIA
Culinarias.NET
Gastronomia de Portugal
Gastronomia Tradicional Portuguesa
Petiscos
Receitas de Culinária Online
Receitas e menus
Receitas macrobiótica
Receitas, Refeições e Comida É aqui!
Serviço Português de Gastronomia e Hotelaria

INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA
Atlas Geográfico
Centro de Estudos Geográficos
Earth google
Guia Geográfico
Instituto Geo do Exército
Instituto Geo Português

INVESTIGAÇÃO ESPACIAL
Agencia espacial europeia
SPACE.com
Portal do astrónomo

TEMPLATES
^.^ COYSITAS II ^.^
Mudar o template
Templates by Maximus
Portal By Marina

WALLPAPER
Dave's Scenic Nature
Deviantart
Desktopia
Digital Blasphemy
PCparadise
SPACE
Webshots

CASAS ENGRAÇADAS
Cavalheiros do Apocalipse Diz Que Disse
Esta barra é azul!
Estranho mas verdade
O coiso
Frente de Libertação Caramela
História em Disparates
Macacos sem galho
O Bobo
O MANGALHO ANTÍ-STRESS
vitominas

MOTORES DE BUSCA
Clix
Descobre
Google
Guia gratis
Iol
O leme
O Mocho
Sapo
Tendencia.cc

ENCICLOPÉDIAS E DICIONÁRIOS
Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
corrector On-line
Dicionários
Tradutor
Wikipedia

JORNAIS DE PORTUGAL
Agencia financeira
Correio da Manhã
Diário digital
Diário económico
Diario de notícias
Expresso
Lusa
Jornal digital
Jornal de negócios
Jornal de notícias
Jornalismo & Comunicação
Mundo.pt
Sol
Publico
O 1º de Janeiro
Semanário

REVISTAS
Nova Vaga
Visão
Finisterra
National Geographic
Atlântico
Sabado

TV
TVI

Rádio

Telefonia do Alentejo
RR

JORNAIS REGIONAIS
ALGARVE

Jornal do Algarve
Jornal do sotavento
Região sul

ALTO ALENTEJO
Diário do Alentejo

BAIXO ALENTEJO
Moura digital

BEIRA ALTA
Diário regional Viseu
Nova Guarda

BEIRA BAIXA
Jornal do fundão
Reconquista
Gazeta do interior

BEIRA LITORAL
As Beiras
Diário de Coimbra
Diário de Aveiro
Diário de Leiria

DOURO LITORAL
Imediato

ESTREMADURA
Jornal da praceta
Região de Setubal
Voz do campo
O Setubalense

MINHO
Diário do Minho
Antena Minho-106.0 FM

RIBATEJO
O Mirante
O Ribatejo
Vida Ribatejana

TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO
Mensageiro de Bragança
Voz do nordeste

AÇORES
Azores.gov
Azores digital
Açoriano Oriental
A união

MADEIRA
Madeira.gov
DN da Madeira
Jornal da Madeira

COMUNIDADES PORTUGUESAS
Lusoamericano
Gazeta Lusófona
Jornal Portugal Ilustrado
Mundo-Luso
Portuguese times
Sol Português

ESTRANJA
ANGOLA
Angola Press

ARGENTINA
Clarin Digital
Pagina12

BRASIL
Correio da Bahia
Diario do Nordeste
Globo
News yahoo
Midia sem mascara
Gazeta online

CHILE
El Mercurio
El diario

ESPANHA
El País
El Mundo
abc
Andalucia
El Periodico
Minuto Digital

FRANÇA
Le Monde
Le Figaro

INGLESES
Guardian
The Herald
Financial Times

ITALIANOS
Corriere della Sera
La Repubblica

PORTO RICO
El Nuevo Día

USA
The New York Times
The Washington Post

Islão
Webislam

.posts recentes

. Uma desparasitação delici...

. Oh Pedrinho, é feio andar...

. É curioso a frase.

. Para que serve um Ministr...

. Qual é imagem de marca de...

. Mário Viegas Manifesto An...

. O pior presidente de semp...

. Vale a pena ir votar?

. Um presidente um governo.

. O fulano Decidiu que não ...

. Porque se fazem eleições ...

. Porque incomoda a tanta g...

. Pergunta do dia

. Anda por ai uma direita d...

. Olha como está irritada

. Andam todos por ai assust...

. Afinal o ps não aprendeu ...

. Que democracia é esta

. Diz o povo na sua sabedor...

. Existe gente com uma pret...

. “Ajudemos o presidente a ...

. O governo não sabia da li...

. Tiques de ditador.

. Porque razão apresentou a...

. O homem ainda não morreu ...

. Ulrich: "Troika mandou-me...

. Tanto ruido.

. 'Swissleaks' e a xariá

. O EMIGRANTE

. Quando se entra em campan...

. O alarve

. É um conto de crianças.

. Quando os valores morais ...

. Os nossos amigos de turba...

. 10 minutos da vida dum tr...

. Uma ideia, um terrorismo....

. O Mário e gafes

. Mais uma aventura que vai...

. O ambiente cheira mal

. Quando a saúde não tem me...

. Ilhas selvagens portugues...

. Estou farto dos que dizem...

. Quantos pobres recebem “9...

. Grande golpe publicitário...

. Muito se tem falado e esc...

. Visita Guiada ao Museu Mi...

. Como lida a polícia no br...

. A TAP, e os palermas

. BEM-HAJA, Senhor Almirant...

. São noticias deste calibr...

.tags

. “É para inglês ver”; insustentável; list

. “falta de carácter”

. “OBVIAMENTE

. "a voz do dono"

. "Não tenho andado por aqui"

. "o baqueiro do regime"

. "O insólito acontece "

. "reduzir salários"

. 10.8%;erro;grave;desemprego

. 14%; desemprego

. 150 bombeiros

. 150.000 entalhes.

. 25 abril

. 27º

. 4 Milhões

. «por que no te callas»

. a aldeia dos trafulhas.

. a arte de bem mentir.

. a culpa morre solteira

. a força

. a gamar é que esta o ganho

. A ministra? E os exames…

. a primeira baixa colateral

. a velha

. abertura

. acabou

. acepipe

. agentes políticos

. agressões

. aguenta

. ai

. ajuda

. al-zarqawi

. alcachofra

. alcatrão

. alemao

. alguem diferente

. alimentar

. almeida ao poder.

. amnistia

. amo-te

. ana politkovskaia

. anjos caídos

. aprender

. armadilha mortal

. arquivamento

. arredondamento; banco; roubo; arrogante

. Arriba Fóssil

. asneira; nuclear; falências; electricida

. asno

. asnos; governam

. assalto; banco

. assaltos

. assaltos violentos

. assistência

. avô cantigas

. azar; vai-te satanás

. balbúrdia

. baldas

. bancarrota; guerra-civíl

. bancos; depositos

. bancos; lucros

. bandeira

. bando de bestas

. banha da cobra

. bárbaros; império; reformas

. bes

. besta; muro

. bestas

. bestiais

. bicha popular

. bilderberg; foleiro

. bisonte;

. bloco central

. BMW; sumptuárias; encantar; défice

. bobo

. brasil

. briosa de luto

. bronco; sporting

. Buracos negros; pensões douradas; vidas

. burlesco; revolta; fora-da-lei

. burro

. burros e jumentos.

. c.g.d.

. cacto

. cada cavadela

. corrupção

. corruptos

. demagogia

. economia da ruína

. estupidez

. grécia

. incompetente

. militares

. oportunismo

. pedofilia

. ridículo

. roubo

. socialismo

. sons of anarchy

. todas as tags

.arquivos

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Outubro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Contadores

Domingo, 14 de Outubro de 2007

Curioso estas noticias

Quem se dá ao trabalho de ler os jornais dá com notícias curiosas e até um pouco estranhas.

Se não vejamos: Segundo a opinião de Manuel Ferreira dos Anjos, director da Escola Superior das Actividades Imobiliárias (ESAI), segundo um estudo deste organismo em colaboração com a Eurosondagens esta a fazer uma sondagem sobre a casa ideal para os portugueses. Segundo ainda este senhor em Portugal constrói-se «com muita qualidade, mas a preços muito baratos».

É bem provável que seja verdade. Que se construa de qualidade e barato em Portugal e assim parece e em conformidade com esta noticia, «uma procura habitacional especialmente forte nos segmentos mais elevados do mercado» o que vem confirmar ou talvez não a noticia seguinte «Preços em Lisboa e Algarve continuam a subir». Se em Lisboa não é referido por quem é a procura e a sustentabilidade do crescimento dos valores por m2 no caso do Algarve é maioritariamente feita pela procura de 2º habitação e direccionado preferencialmente a estrangeiros.

A mesma notícia refere a crise no sector da construção. Diz ainda que os preços se mantêm estáveis desde há quatro anos para cá. Segundo nalguns casos casas novas mais baratas que usadas.

Na mesma linha de notícias continuam outras a referir a crise que sagra nas famílias. Que tudo isto nada mais é que a crise nos menos favorecidos. A bem do estado socialista a classe privilegiada de alguns mantêm-se desafogadamente navegando em águas calmas e de excelente liquidez financeira.

Mas em compensação temos outros a quem o futuro não parece tão risonho ou talvez esteja enganado e o facto de ano para ano estarem a ir a leilão cada vez mais habitações e que T2 e a preferia de Lisboa e Porto como a zona referida, talvez nada queira dizer e que o regresso dos bairros de lata ás portas de Lisboa seja um passado recente e um futuro próximo.

Como no dia a dia a versão do sobreendividamento das famílias é das mesmas, que não têm Juízo e compram bens como casas que não podem pagar. Isto como se um mísero T2 fosse habitação de um esbanjador.

Ou seja “Cada um tem aquilo que merece” é esta a forma de justificarmos e aliviarmos a nossa consciência enquanto o que acontece aos outros não acontece a nós.

Mas para termos uma melhor visão do assunto ainda anda por lá uma outra notícia. Parece demonstrar que o parque habitacional afinal não é tão favorável como querem fazer parecer. Mais de meio milhão de famílias vive em Portugal em habitações demasiado pequenas face ao número de pessoas do agregado familiar. Afinal parece que a crise continua a ser para uns e não para outros. Ou de outro modo a crise chega sempre aos que menos têm e o governo sempre esta a fazer um esforço igualitário, reduzindo isto a duas classes, ricos e pobres.

publicado por carlocos às 21:02
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
1 comentário:
De MASTERWINSTON a 23 de Outubro de 2007 às 22:42
Tudo isto que proferes é real, e comprovado tal como é teu costume e uso corrente, certo é também, na minha opinião, que não focas os verdadeiros problemas fulcrais nestes assuntos que abordas, falas aqui subentendidamente do custo «da habitação», custo do imóvel, rendas, impostos, despesas de necessidades como luz, agua e afins, para as diferentes famílias e como elas são diferentes na sua capacidade de fazer frente a determinados custos, falas também que a construção em duas zonas do país, «Lisboa e Algarve» são especialmente e propositadamente dirigidas aos estrangeiros, é também verdade, nesta parte dos estrangeiros é fácil explicar porquê, são eles que têm dinheiro para pagar o preço que se faz, só te esqueces, neste ponto, que a razão que eu invoco que ainda não a explicitei, é exactamente a mesma e essa razão prende-se com a possibilidade louca de qualquer um fazer o seu preço, hoje em dia o que se passa no mercado imobiliário, é sensivelmente isto «tem dinheiro para pagar aquilo (aquilo = imóvel sobreavaliadissimo) então é aquilo que se pede por aquilo (imóvel) ou mais um pouco para nos ganharmos mais dinheiro ainda nas comissões», quando se trabalha assim num pais como o nosso, ou seja, num pais que está a saque…, e depois sempre que existe algo de superior ou inovador noutro imóvel, seja mais caro dentro do custo de construção ou não, eleva-se sempre o preço e assim vai subindo o custo das «habitações», não esquecendo tudo o que faz subir também o preço de construção, subida de impostos, aumentos necessários nos salários dos trabalhadores, o que encarece tudo.
Mas sinceramente, o que realmente me preocupa é a não existência de uma «tabela de preços para determinado valor de construção», é isso que permite a verdadeira especulação, isso e não só, o «pagar certas campanhas, dá muito jeito a certas e determinadas pessoas, pessoas essas que têm a obrigação de criação dessa «tabela» em que falo que tão pouco interessa ao mercado imobiliário.
Acerca do que falas em que a crise só chega a uns e nunca a outros devido ao esforço do governo, tenho a dizer-te que o governa aí acaba por não ser o problema, fundamento este meu pensamento na veia ou ideologia comunista que defende que «tudo deveria ser igual para todos», isso ate dava jeito, mas era «fruta de pouca dura», supõe tu que eu ou mesmo tu te tornavas o «manda-chuva» do país e dividias todos os bens por todos, é certo que os «ricos» não iriam achar muita graça, iriam praguejar e fazer «trinta por uma linha» para essa tua ideia não ir «a vante», mas conseguias na mesma que tudo fosse igual por uns tempos, durante segundos, era tudo um mar de rosas, assim que houvesse interacção monetária entre quem quer que seja, haveria logo uma disparidade, digo isto porque assente na nossa «historia como povo português», «os intrujas», «os espertalhões», «os trapaceiros», isso nunca funcionaría, havería meio país a tentar enganar o outro, teriam sempre de existir patrões, gerentes, engenheiros…, todos esses amigos seriam sempre melhor pagos que outros…
As classes que falas no teu texto, «rico e pobres», são inevitabilidades que existem quase no nosso «organismo» na nossa «natureza», penso que não seja necessário lembrar-te as nossas colónias, as riquezas que de lá saiam e o que os nossos «nobres» da altura faziam, outro aspecto mais comtemporâneo, foi a aplicação de fundos da união europeia em Portugal e muitas outras coisas de que já tantas vezes falámos e tantas vezes eu te disse que essa conversa é «SEXO DOS ANJOS», é como gastar saliva sem necessidade com assuntos que nos interessa tanto mas de nada serve enquanto continuarmos a viver neste país.
Tu chamas-me de resignado ou mesmo conformado, é verdade, sim sou mesmo, porque eu e mais uns largos milhões nos nossos «vulgo 10000000 de habitantes» são exactamente assim como eu e tu, pobres, limitados economicamente por estes «amigos» que mandam em nós economicamente e que não nos deixam evoluir, não deixam que nos aumente os ordenados, fazem com que não possamos pagar as nossas rendas, com que tenhamos de viver em casas pequenas, tal como tu propiro afirmas.

Comentar post


referer referrer referers referrers http_referer

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.links

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds