É curioso o desplante e desfaçatez com que a classe politica trata os assuntos de estado. Demonstrando um total desrespeito pelos eleitores que os elegeram para servirem o país

.UTILIDADES


ARTE
Aguarelas de Turner
Elfwood
Fantasy art
Boris Vallejo
Gorodin
Imagenetion
Luis Royo
Soanala
Tendreams
Zindy

ROTEIROS e MAPAS
Atlas local
Autour du Monde
Rotas e Viagens
Maporama.com
Mapas.clix
Mapa Michelin
Planta lisboa

AMBIENTE
Fauna Ibérica
Quercus
Geota
Portal Ambiente Online

COISAS INTERESSANTES
"> Dicas
Portal Europeu da Mobilidade
Expresso Emprego
Lado Negro da WEB
O Império Romano
Revelar Lisboa
Portal da história
Covers
Clube internet
Terramoto 1755
Lyrics
Museu das mentiras
Todays front pages
Realidade oculta
Vatican the Holy See

METEOROLOGIA
Geocid
Instituto de Meteorologia
Previsão do Estado do Tempo
Weather.co.uk

RECEITAS de CULINÁRIA
Culinarias.NET
Gastronomia de Portugal
Gastronomia Tradicional Portuguesa
Petiscos
Receitas de Culinária Online
Receitas e menus
Receitas macrobiótica
Receitas, Refeições e Comida É aqui!
Serviço Português de Gastronomia e Hotelaria

INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA
Atlas Geográfico
Centro de Estudos Geográficos
Earth google
Guia Geográfico
Instituto Geo do Exército
Instituto Geo Português

INVESTIGAÇÃO ESPACIAL
Agencia espacial europeia
SPACE.com
Portal do astrónomo

TEMPLATES
^.^ COYSITAS II ^.^
Mudar o template
Templates by Maximus
Portal By Marina

WALLPAPER
Dave's Scenic Nature
Deviantart
Desktopia
Digital Blasphemy
PCparadise
SPACE
Webshots

CASAS ENGRAÇADAS
Cavalheiros do Apocalipse Diz Que Disse
Esta barra é azul!
Estranho mas verdade
O coiso
Frente de Libertação Caramela
História em Disparates
Macacos sem galho
O Bobo
O MANGALHO ANTÍ-STRESS
vitominas

MOTORES DE BUSCA
Clix
Descobre
Google
Guia gratis
Iol
O leme
O Mocho
Sapo
Tendencia.cc

ENCICLOPÉDIAS E DICIONÁRIOS
Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
corrector On-line
Dicionários
Tradutor
Wikipedia

JORNAIS DE PORTUGAL
Agencia financeira
Correio da Manhã
Diário digital
Diário económico
Diario de notícias
Expresso
Lusa
Jornal digital
Jornal de negócios
Jornal de notícias
Jornalismo & Comunicação
Mundo.pt
Sol
Publico
O 1º de Janeiro
Semanário

REVISTAS
Nova Vaga
Visão
Finisterra
National Geographic
Atlântico
Sabado

TV
TVI

Rádio

Telefonia do Alentejo
RR

JORNAIS REGIONAIS
ALGARVE

Jornal do Algarve
Jornal do sotavento
Região sul

ALTO ALENTEJO
Diário do Alentejo

BAIXO ALENTEJO
Moura digital

BEIRA ALTA
Diário regional Viseu
Nova Guarda

BEIRA BAIXA
Jornal do fundão
Reconquista
Gazeta do interior

BEIRA LITORAL
As Beiras
Diário de Coimbra
Diário de Aveiro
Diário de Leiria

DOURO LITORAL
Imediato

ESTREMADURA
Jornal da praceta
Região de Setubal
Voz do campo
O Setubalense

MINHO
Diário do Minho
Antena Minho-106.0 FM

RIBATEJO
O Mirante
O Ribatejo
Vida Ribatejana

TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO
Mensageiro de Bragança
Voz do nordeste

AÇORES
Azores.gov
Azores digital
Açoriano Oriental
A união

MADEIRA
Madeira.gov
DN da Madeira
Jornal da Madeira

COMUNIDADES PORTUGUESAS
Lusoamericano
Gazeta Lusófona
Jornal Portugal Ilustrado
Mundo-Luso
Portuguese times
Sol Português

ESTRANJA
ANGOLA
Angola Press

ARGENTINA
Clarin Digital
Pagina12

BRASIL
Correio da Bahia
Diario do Nordeste
Globo
News yahoo
Midia sem mascara
Gazeta online

CHILE
El Mercurio
El diario

ESPANHA
El País
El Mundo
abc
Andalucia
El Periodico
Minuto Digital

FRANÇA
Le Monde
Le Figaro

INGLESES
Guardian
The Herald
Financial Times

ITALIANOS
Corriere della Sera
La Repubblica

PORTO RICO
El Nuevo Día

USA
The New York Times
The Washington Post

Islão
Webislam

.posts recentes

. Oh Pedrinho, é feio andar...

. É curioso a frase.

. Para que serve um Ministr...

. Qual é imagem de marca de...

. Mário Viegas Manifesto An...

. O pior presidente de semp...

. Vale a pena ir votar?

. Um presidente um governo.

. O fulano Decidiu que não ...

. Porque se fazem eleições ...

. Porque incomoda a tanta g...

. Pergunta do dia

. Anda por ai uma direita d...

. Olha como está irritada

. Andam todos por ai assust...

. Afinal o ps não aprendeu ...

. Que democracia é esta

. Diz o povo na sua sabedor...

. Existe gente com uma pret...

. “Ajudemos o presidente a ...

. O governo não sabia da li...

. Tiques de ditador.

. Porque razão apresentou a...

. O homem ainda não morreu ...

. Ulrich: "Troika mandou-me...

. Tanto ruido.

. 'Swissleaks' e a xariá

. O EMIGRANTE

. Quando se entra em campan...

. O alarve

. É um conto de crianças.

. Quando os valores morais ...

. Os nossos amigos de turba...

. 10 minutos da vida dum tr...

. Uma ideia, um terrorismo....

. O Mário e gafes

. Mais uma aventura que vai...

. O ambiente cheira mal

. Quando a saúde não tem me...

. Ilhas selvagens portugues...

. Estou farto dos que dizem...

. Quantos pobres recebem “9...

. Grande golpe publicitário...

. Muito se tem falado e esc...

. Visita Guiada ao Museu Mi...

. Como lida a polícia no br...

. A TAP, e os palermas

. BEM-HAJA, Senhor Almirant...

. São noticias deste calibr...

. Não podia estar mais de a...

.tags

. “É para inglês ver”; insustentável; list

. “falta de carácter”

. “OBVIAMENTE

. "a voz do dono"

. "Não tenho andado por aqui"

. "o baqueiro do regime"

. "O insólito acontece "

. "reduzir salários"

. 10.8%;erro;grave;desemprego

. 14%; desemprego

. 150 bombeiros

. 150.000 entalhes.

. 25 abril

. 27º

. 4 Milhões

. «por que no te callas»

. a aldeia dos trafulhas.

. a arte de bem mentir.

. a culpa morre solteira

. a força

. a gamar é que esta o ganho

. A ministra? E os exames…

. a primeira baixa colateral

. a velha

. abertura

. acabou

. acepipe

. agentes políticos

. agressões

. aguenta

. ai

. ajuda

. al-zarqawi

. alcachofra

. alcatrão

. alemao

. alguem diferente

. alimentar

. almeida ao poder.

. amnistia

. amo-te

. ana politkovskaia

. anjos caídos

. aprender

. armadilha mortal

. arquivamento

. arredondamento; banco; roubo; arrogante

. Arriba Fóssil

. asneira; nuclear; falências; electricida

. asno

. asnos; governam

. assalto; banco

. assaltos

. assaltos violentos

. assistência

. avô cantigas

. azar; vai-te satanás

. balbúrdia

. baldas

. bancarrota; guerra-civíl

. bancos; depositos

. bancos; lucros

. bandeira

. bando de bestas

. banha da cobra

. bárbaros; império; reformas

. bes

. besta; muro

. bestas

. bestiais

. bicha popular

. bilderberg; foleiro

. bisonte;

. bloco central

. BMW; sumptuárias; encantar; défice

. bobo

. brasil

. briosa de luto

. bronco; sporting

. Buracos negros; pensões douradas; vidas

. burlesco; revolta; fora-da-lei

. burro

. burros e jumentos.

. c.g.d.

. cacto

. cada cavadela

. corrupção

. corruptos

. demagogia

. economia da ruína

. estupidez

. grécia

. incompetente

. militares

. oportunismo

. pedofilia

. ridículo

. roubo

. socialismo

. sons of anarchy

. todas as tags

.arquivos

. Junho 2017

. Outubro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Contadores

Quinta-feira, 20 de Julho de 2006

A fábula dos tempos modernos

É curioso o governo socialista em nome da redução da despesa gritou aos quatro ventos que na função pública existiam excedentários elegendo os funcionários públicos como o inimigo público Nº1. Gritaram pelo extermínio de 75.000 desses odiosos inimigos e assim foi parido um processo de despedimento. Em nome da sacrossanta redução da despesa e desses odiosos inimigos, foi criada a Lei da Mobilidade na Função Pública. Anunciaram e receberam o eco da aceitação de alguns iluminados que com eles fizeram eco, este ano 5 mil a 10 mil dos já existentes vão a caminho do despedimento. Porém o exército de odiosos inimigos da pátria é engrossado com mais 22.420. Engrossado? Sim, o argumento da entrada de um funcionário por cada dois que se reformam teria alguma lógica e até séria uma medida viável se o governo entretanto não tivesse tido a ideia peregrina de criar a Lei dos excedentários. É curioso que alguém compreenda a actuação do governo. Que lógica é esta, a de admitir funcionários e colocar outros numa lista de futuros desempregados. Que empregador no seu perfeito juízo admite funcionários antes de saber as necessidades reais da empresa que gere? Qual seria o resultado da empresa que admitindo funcionários colocasse outros em casa a receber o salário? Mesmo que reduzido. Qual seria o resultado do exame de sanidade a tal criatura.

Será que afinal não estão loucos, mas sim estes vários novos funcionários servem o objectivo obscuro de disfarçar o avanço galopante do desemprego? Depois da alteração da forma estatística criou-se a forma da criação de emprego transitório para excedentário?   
Daqui mando o repto – Existem funcionários públicos a mais ou não?
Funcionários talvez existam a mais e para eles os lugares são de menos… agora boys, existem a menos e sempre se arranja um lugarzinho para mais um.  
publicado por carlocos às 17:38
link do post | Arrifem comentários | favorito
|
8 comentários:
De Peixoto a 21 de Julho de 2006 às 13:49
Pelos vistos os 150 000 postos de emprego são para criar na Função Pública. Só visto...
De js a 21 de Julho de 2006 às 14:02
... perecbe-se perfeitamente a lógica... se é PS é para ser admitido ...se não é PS é excedentário...mais lógico do que isto não há...
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt
De Elise a 21 de Julho de 2006 às 15:30
Parabéns ao seu filho pelo cartoon!
De Desenhos & ideias a 21 de Julho de 2006 às 16:59
Muito obrigado.
De maria a 21 de Julho de 2006 às 22:55
se os políticos são funcionários públicos esses são excedentários seguramente.
tive o bom senso de me abster nas últimas eleições: venha o diabo e escolha.
resta-me o orgulho de ser portuguesa e a dor de não ver este país e povo com o bem estar que merece.
De AC a 22 de Julho de 2006 às 00:12
A situação que sofremos na pele é insustentável. A questão dos funcionários públicos, deverá, como alguém aqui já disse, resumir-se a enfiar na AP mais uns clientes PS e mandar para casa os de outras filiações. Como os funcionários públicos são um dos ódios de estimação dos estúpidos portugueses, este tipo de discurso, acaba sempre por render mais votos do que produzir perda de eleitorado.

E tudo isto é dito e feito como se não tivessem sido os sucessivos governos PS e PSD os responsáveis pela situação criada. Pelo discurso destes patetas, seríamos levados a pensar que os funcionários não foram admitidos por ninguém. Enfiaram-se na AP quando ninguém estava a ver.

Mas, caro amigo, um povo que dá maiorias a um gang que assalta o país há 30 anos, também não merece mais.
Cpts.
De touaqui a 22 de Julho de 2006 às 13:12
Eu não dei a maioria a ninguém e confesso que estou plenamente de acordo contigo, ninguém trata de resolver assuntos neste país, tratam sim de arranjar empregos para os amigalhaços, não vejo tambem que seja o PSD a resolver situações desta, lamentável que em 30 anos não se consiga colocar o país no lugar que merece, uma tristeza de politicos que não conseguem resolver seja o que for, só falam de gastar milhões, eu fiz e desfiz, mas no essencial zero.
De touaqui a 22 de Julho de 2006 às 13:06
Neste momento o se assiste é a ocupação de lugares considerádos chaves , pois este governo não sabe ou não saberá o tempo ilimitádo que poderá ocupar, o que espero seja breve, as reformas na função pública tinham um plano plano esse áh muito estudádo, só não via quem não queria , o preenchimento dos lugares por pessoal pertencente ao PS, basta ver a reacção da Srª.Ministra da Educação e agora vem a terreno alguém dizer que os exames do 12º. ano podem ser anuládos, bestial inacreditável.

Comentar post


referer referrer referers referrers http_referer

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.links

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds